09 Fev 2017 | domtotal.com

Atlético acerta ao vender Pratto; erro foi trazer Fred


Argentino Lucas Pratto vai deixar saudades na torcida atleticana
Argentino Lucas Pratto vai deixar saudades na torcida atleticana

Por Rômulo Ávila

A diretoria do Atlético está certa ao negociar o centroavante Lucas Pratto. A ideia era vender o argentino para o futebol chinês, mas Pratto não aceitou. O certo é que não tem como manter em um elenco dois jogadores como Fred e Pratto. São caros demais. Não tem folha salarial que aguente.

Acho Pratto melhor que Fred. Além disso, é um cara de grupo e comprometido.Talvez por isso, ao contrário de Fred, ele tenha tanto mercado. Tal situação justifica a venda do argentino. Qual clube investiria um valor elevado em Fred?!

O único problema é que a negociação envolve um clube do Brasil, que concorrerá com o Atlético em competições como a Copa do Brasil e o Brasileirão. Mesmo assim, a diretoria alvinegra não tinha como segurar. Além do lado financeiro do clube, tem a questão do atleta.

Pratto tem o sonho de disputar a Copa do Mundo da Rússia. E para isso precisa jogar, marcar gols. No Atlético, ele dividiria espaço com Fred, que não aceita a reserva. Sempre disse que o erro da diretoria foi ter contratado o Fred.

Entendo a decepção da torcida. Pratto tem a cara do Atlético e encarna como poucos o espirito de Galo Forte Vingador. É incansável em campo. Não desiste nunca. Respeitou o Atlético e a torcida. Não reclamou e nem fez corpo mole quando perdeu a titularidade injustamente para o Fred. 

Mas Pratto pode ajudar o Atlético mesmo defendendo o São Paulo. Parte dos milhões que  o clube alvinegro vai embolsar com a sua negociação pode ser usada para reforçar o desequilibrado elenco do Atlético. Já disse antes e não canso de repetir: o Galo precisa de um zagueiro de primeiro nível, de um camisa 10 de ponta, de mais um volante e de um atacante de velocidade (antigo ponta).  Até o Pratto deve saber disso. Alguém precisa avisa o Nepomuceno.

Rômulo Ávila
É jornalista formado pela Newton Paiva. Foi repórter esportivo durante dois anos do extinto Diário da Tarde (tradicional periódico de BH fechado pelos Associados Minas em julho de 2007). Atualmente é repórter do Portal DomTotal. Antes de cursar comunicação, foi jogador de futebol profissional. Começou no Villa Nova-MG e passou pelo futebol paulista e nordestino.
Comentários
+ Artigos
Instituições Conveniadas