07 Mar 2017 | domtotal.com

Fantasma assombra o Galo na Libertadores


Campeão da Libertadores em 2013, fazendo inclusive o gol do título, Leonardo Silva segue sendo o melhor zagueiro do Atlético.
Campeão da Libertadores em 2013, fazendo inclusive o gol do título, Leonardo Silva segue sendo o melhor zagueiro do Atlético.

Por Juliano Paiva

O Atlético tem o segundo elenco mais caro da Taça Libertadores 2017. Estimado em 65 milhões de euros (R$ 212,7 milhões), o Galo só perde para o River Plate que vale 72,7 milhões de euros (R$ 237,9 milhões). Isso é garantia de título? Claro que não. Pior: pode significar que o dinheiro foi mal gasto. 

É sabido que o grande problema atleticano desde o ano passado está na defesa. O Atlético passou vergonha em alguns momentos de 2016. Levou de quatro do Tricordiano em pleno Independência no Estadual e incríveis 53 gols no Campeonato Brasileiro. 

No Nacional 2016, a defesa do Atlético só foi melhor do que a de quatro times: Sport (55 gols sofridos), Chapecoense (56) e os rebaixadíssimos América (58) e Santa Cruz (69). A defesa campeã, a do Palmeiras, só teve as redes balançadas 32 vezes. 

E esse fantasma assombra o Galo de novo às vésperas de mais uma Libertadores. O gol marcado pelo Villa Nova na vitória atleticana por 2 a 1 é prova disso. Lula, sem ser incomodado, desvia a bola para Felipe Augusto que, completamente sozinho, manda para as redes sem sequer precisar pular para cabecear. 

Todos estão vendo que a defesa melhorou em relação à temporada passada. Foram somente quatro gols sofridos nos seis jogos do Mineiro. Mas ainda faltam jogadores de qualidade na defesa para a disputa da Libertadores e do Campeonato Brasileiro, torneios bem mais complicados e difíceis do que o Estadual. 

A zaga atualmente titular é a melhor: Leonardo Silva e Gabriel. E se o Leo machuca? E se Gabriel leva o terceiro amarelo? Vai entrar Felipe Santana? Vai! E vai matar o atleticano de raiva. Não podemos cobrar dos jovens Rodrigão e Jesiel e Erazo está no departamento médico faz tempo tratando do joelho. 

Eu imagino que a diretoria está em busca de um zagueiro top, capaz de chegar e assumir a titularidade sem contestação, seja da mídia ou da torcida. Não faz o menor sentido abrir a boca para dizer que vai brigar por títulos importantes se seu elenco, apesar de caro, é deficiente. 
 
Por curiosidade, vale relembrar os zagueiros do Galo nas últimas Libertadores:
 

2013
Gilberto Silva, Leonardo Silva, Rafael Marques, Réver e Sidimar. 

2014
Leonardo Silva, Réver, Edcarlos, Nicolás Otamendi e Jemerson. 

2015
Leonardo Silva, Jemerson, Edcarlos, Jemerson e Tiago. 

2016
Leonardo Silva, Erazo, Edcarlos, Gabriel e Tiago. 

2017
Leonardo Silva, Erazo, Gabriel, Felipe Santana, Rodrigão e Jesiel. 

Bom, se não agir rápido e se reforçar com pelo menos um excelente zagueiro, o Atlético passará mais um ano na fila do Campeonato Brasileiro e sua melhor lembrança da Libertadores será o fato de ter disputado o torneio continental pelo quinto ano seguido. 

Juliano Paiva
é jornalista formado na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Atualmente editor do Dom Total, Paiva trabalhou nos jornais O Tempo, Hoje em Dia e no extinto Diário da Tarde, tradicional periódico de Belo horizonte fechado pelos Associados Minas em julho de 2007. No DT, começou como repórter da editoria Cidades, mas, na época do fechamento do jornal, fazia cobertura esportiva. Também foi responsável pela cobertura de jogos do Campeonato Brasileiro para a Folha de São Paulo no segundo semestre de 2007.
Comentários
+ Artigos