16 Jun 2017 | domtotal.com

É hora de cobrar do presidente 


Roger não é o único culpado pela fase ruim do Atlético
Roger não é o único culpado pela fase ruim do Atlético

Por Rômulo Ávila

Muita gente já está pedindo a cabeça do técnico Roger Machado. O futebol é assim. Quando conquistou o título sobre o Cruzeiro, no começo de Maio, o treinador foi considerado um estrategista.  O time alvinegro ainda terminou com a melhor campanha da fase de grupos da Libertadores. Estava tudo certo. Nunca empolguei com a fase boa, pois as vitórias não apagaram os problemas do time, especialmente na defesa. Em vários artigos destaquei que o Atlético precisava contratar zagueiros de peso, além de buscar jogadores de velocidade para opção de ataque.

O Brasileirão começou e as deficiências do time apareceram mais do que nunca. Logo, a culpa é do treinador. Vejo de outra maneira: o trabalho de Roger está abaixo das expectativas, mas a culpa não é somente dele. O Brasileirão mostra que o Atlético precisa urgentemente de pelo menos um zagueiro de ponta.  

Não vou nem entrar na questão do Felipe Santana. Aliás, um dos erros de Roger é insistir na escalação do defensor. Zagueiro pode ser ruim, mas tem que passar confiança, jogar sério, feio. Como dizia Fernando Sasso, ‘Bola pro mato que o jogo é de campeonato!’. Santana é ruim, mas acha que é bom. O resultado os torcedores do Atlético sabem de cor e salteado. 

O risco maior do Atlético não é no Brasileirão. O problema está na Copa do Brasil e na Libertadores, competições que não permitem erros. Vacilos como os cometidos por Felipe Santana são fatais, sem tempo para recuperar.   Portanto, a era é esquecer um pouco do treinador e passar a cobrar do presidente Daniel Nepomuceno.

Rômulo Ávila
É jornalista formado pela Newton Paiva. Foi repórter esportivo durante dois anos do extinto Diário da Tarde (tradicional periódico de BH fechado pelos Associados Minas em julho de 2007). Atualmente é repórter do Portal DomTotal. Antes de cursar comunicação, foi jogador de futebol profissional. Começou no Villa Nova-MG e passou pelo futebol paulista e nordestino.
Comentários
+ Artigos
Instituições Conveniadas