12 Jul 2017 | domtotal.com

Okja

São os animais que sustentam a grande indústria alimentícia.

São os animais que sustentam a grande indústria alimentícia.
São os animais que sustentam a grande indústria alimentícia. (Divulgação)

Por Charles Mascarenhas

Apesar dos grandes avanços dos meios de comunicação (que também dão acessibilidade ao conhecimento), ainda pouco se sabe sobre o procedimento de produção de alimentos pela indústria alimentícia.

Ou se sabe muito bem de todo esse processo, mas o consumismo já virou uma questão de necessidade, ainda mais que a larga produção embaratece os bens de consumo.

No mercado capitalista está evidente que o seu foco está apenas em produzir e vender, nem que para isso haja a exploração do outro. E o “outro”, no caso da indústria de alimentos pode ser os animais, os quais são submetidos a sistemas intensivos de produção, trabalhando como máquinas.

Esse tipo de discussão precisa ser levantada nos mais diversos ambientes, pois não só entra em jogo a saúde dos animais, como a de quem os consomem.

Neste sentido, esse assunto foi abordado, e aplaudido de pé no Festival de Cannes, com o filme Okja, do sul-coreano Bong Joon-Ho.
O filme se passa na Coréia do Sul e nos Estados Unidos, e gira em torno de Mija, uma menina sul-coreana, que vive em meio ao verde das montanhas, apenas com o avô e a super porca, Okja.

No entanto, Mija não imagina, que o seu animal de estimação foi desenvolvido em um laboratório e faz parte de um projeto americano para superar a escassez de carne no mundo.

A super porca é uma das 26 da espécie desenvolvida, que foi acomodada em um dos 26 países durante 10 anos, para se ver em qual lugar os animais se desenvolveriam melhor. Ao final desse período, todos os super porcos seriam levados para os Estados Unidos para serem premiados, e depois encaminhados para o abate.

A ideia de desenvolver um filme que mostre o sentimento e a dor de um animal vem dialogar diretamente com o público sobre o que é ter compaixão.

O cartaz que acompanha o filme tem a imagem de Okja com uma fábrica em suas costas, mostrando que os animais sustentam a grande indústria alimentícia.

Okja é um filme de produção da Netflix e já está disponível no site.

Charles Mascarenhas
Charles Mascarenhas é estudante de Comunicação Social em Cinema pela Puc-Minas, onde tem se dedicado à pesquisa sobre cinema.
Comentários
+ Artigos
Instituições Conveniadas