13 Jul 2017 | domtotal.com

Timão campeão, Galo morto no Horto e Raposa no G-4


Impecável, Corinthians está cada vez mais perto de conquistar mais um título nacional
Impecável, Corinthians está cada vez mais perto de conquistar mais um título nacional ((Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)

Por Rômulo Ávila

Com apenas 13 rodadas disputadas, o Campeonato Brasileiro 2017 já tem o virtual campeão. Com incríveis 90% de aproveitamento, o Corinthians precisa apenas vencer metade dos 25 jogos restantes para confirmar o título. Ou seja, mesmo se o atual aproveitamento caísse para 50%, o time do Parque São Jorge ficaria, merecidamente, com o caneco. 

Dos 75 pontos  restantes, basta ao Timão conseguir 38, número que pode ser alcançado apenas se vencer as 12 partidas como mandante. Feito isso, chegará a 72 pontos, número suficiente para garantir mais um título nacional.  

O mais intrigante de tudo é que a equipe paulista iniciou a competição fora de qualquer lista de favoritos. E precisou de apenas 13 rodadas para disparar e atingir o melhor aproveitamento da história dos pontos corridos, com 12 pontos de frente para o vice-líder. 

Enquanto o caminho do título está escancarado para o Timão, o Atlético, apontado como um dos favoritos, faz o caminho inverso e decepciona no Brasileirão.

Nem mesmo o mais pessimista atleticano poderia imaginar que o time perderia a força como mandante. São apenas duas vitórias em sete jogos no Horto. Perdeu outros três e empatou duas vezes. Frustração total.

Com apenas 17 pontos, o Atlético não sabe se olha para o G-4 ou se preocupa com o Z-4. A verdade é que o sonho do Brasileirão 2017 já era para o Atlético. Neste momento, é trabalhar para eliminar o risco de rebaixamento e focar na Libertadores e Copa do Brasil. No entanto, é necessário um fato novo com força para balançar o acomodado elenco: trocar de treinador. Roger Machado, que tanto defendi neste espaço, não tem mais condição de conduzir o time nas decisões que estão por vir.  Se nada for feito neste sentido, corre sério risco de sofrer dupla eliminação e jogar o ano para o buraco.

G-4

Na briga pelo que resta no Brasileirão, vejo o Cruzeiro com boas possibilidades de ficar com uma vaga na Libertadores 2018. O elenco celeste tem opções interessantes, especialmente no ataque. Apesar de não concordar com algumas decisões do técnico Mano Menezes, acho que o time celeste tem potencial para se sustentar nas primeiras posições.

Rômulo Ávila
É jornalista formado pela Newton Paiva. Foi repórter esportivo durante dois anos do extinto Diário da Tarde (tradicional periódico de BH fechado pelos Associados Minas em julho de 2007). Atualmente é repórter do Portal DomTotal. Antes de cursar comunicação, foi jogador de futebol profissional. Começou no Villa Nova-MG e passou pelo futebol paulista e nordestino.
Comentários
+ Artigos
Instituições Conveniadas