14 Nov 2017 | domtotal.com

Seletiva para Libertadores


Atlético e São Paulo estão na briga por um lugar na Taça Libertadores 2018.
Atlético e São Paulo estão na briga por um lugar na Taça Libertadores 2018. (Bruno Cantini/Atlético-MG)

Por Juliano Paiva

Quinze times disputando uma vaga na Taça Libertadores! Não se trata do Campeonato Brasileiro deste ano. O cenário remete a 1999 quando a CBF criou a “Seletiva para Libertadores”.
 
No fim da temporada daquele ano, a Conmebol aumentou o número de participantes de 24 para 32 na edição de 2000. Brasil e Argentina passaram a ter quatro vagas cada um. O campeão e vice do Brasileiro, Corinthians e Atlético, o campeão da Copa do Brasil, Juventude, já estavam garantidos.
 
O quarto representante brasileiro seria o campeão da Seletiva. Palmeiras, que levou a Taça Libertadores de 1999, também disputou o torneio do ano seguinte por ser o atual campeão.
 
Participantes
 
Todos os times que não tinham possibilidade de chegar à final do Campeonato Brasileiro de 1999 participaram da Seletiva: Atlético-PR, Botafogo, Coritiba, Cruzeiro e Flamengo; Grêmio, Guarani, Internacional, Ponte Preta, Portuguesa e Santos; São Paulo, Sport, Vasco e Vitória.
 
Goleada do campeão
 
A seletiva foi disputada em sistema eliminatório e o campeão foi o Atlético-PR. Na época, o Furacão perdeu o primeiro jogo da final para o Cruzeiro, no Mineirão, por 2 a 1, e goleou no segundo, por 3 a 0, na Arena da Baixada.
 
Foi o segundo trauma celeste naquele ano de 1999. Depois de se classificar para as quartas de final do Brasileirão com a segunda melhor campanha, o Cruzeiro foi eliminado pelo Atlético, 7º colocado, mesmo tendo a vantagem no playoff.
 
O Galo goleou no jogo de ida, 4 a 2, e venceu a segunda partida, de virada, 3 a 2, com um gol de peito de Guilherme, diante de um Mineirão empanturrado com as duas torcidas.
 
A Seletiva 2017
 
A Seletiva atual, claro, não leva esse nome e é disputada dentro do próprio Brasileirão. Via Campeonato Brasileiro, o único com a vaga garantida é o Corinthians. Grêmio, Santos e Palmeiras têm mais de 99% de chances de disputar a Libertadores.
 
Então podemos dizer que restam apenas duas vagas que são disputadas por sete times nesta reta final: Botafogo (51 pontos), Flamengo (50), Vasco (49), Bahia (46), Atlético (46), São Paulo (45) e Atlético-PR (45).
 
G7, G8 ou G9?
 
Como via Campeonato Brasileiro há seis vagas e o Cruzeiro, atual campeão da Copa do Brasil, está na 5ª colocação, terá lugar na próxima Libertadores os times que estiverem no G7. A média para se terminar em 7º lugar no Brasileiro, entre 2006 e 2016, foi de 57 pontos.
 
Para termos um G8, Grêmio ou Flamengo precisam levar a Libertadores ou a Sul-Americana para Porto Alegre ou Rio de Janeiro. A média de pontos do 8º lugar foi de 55 pontos.
 
Já para haver um G9 no Brasileirão, Imortal e Rubro-Negro precisam ser campeões. A média de pontos para se chegar ao 9º lugar foi de 53 pontos.

Juliano Paiva
é jornalista formado na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Atualmente editor do Dom Total, Paiva trabalhou nos jornais O Tempo, Hoje em Dia e no extinto Diário da Tarde, tradicional periódico de Belo horizonte fechado pelos Associados Minas em julho de 2007. No DT, começou como repórter da editoria Cidades, mas, na época do fechamento do jornal, fazia cobertura esportiva. Também foi responsável pela cobertura de jogos do Campeonato Brasileiro para a Folha de São Paulo no segundo semestre de 2007.
Comentários
+ Artigos
Instituições Conveniadas