07 Mai 2018 | domtotal.com

Meta no Brasileirão é ter 24 pontos até a Copa


O Palmeiras campeão de Róger Guedes em 2016 teve média de 2,10 pontos por jogo.
O Palmeiras campeão de Róger Guedes em 2016 teve média de 2,10 pontos por jogo. (FERNANDO DANTAS / Gazeta Press)

Por Juliano Paiva

Um time para faturar o título do Campeonato Brasileiro deve ter como meta uma média de dois pontos a cada partida disputada. Passadas quatro rodadas, somente duas equipes preenchem esse requisito: o líder Flamengo, com 10 pontos (média de 2,5), e o segundo colocado Palmeiras, com 8 (média de 2). 

Como até a Copa do Mundo teremos 12 rodadas, o clube que conseguir 24 ou mais pontos estará muito bem na tabela. Neste momento, outras seis equipes aparecem com pontuação “insuficiente”, mas na briga. Corinthians, Vasco, Grêmio, Atlético, Fluminense e Sport tem 7 pontos (média de 1,75). 

Do sexteto acima, Corinthians e Grêmio devem lutar pela taça até o fim, enquanto o Atlético se dará por satisfeito, tendo em vista o elenco atual, se conseguir vaga na Libertadores 2019. Vasco, Fluminense e Sport no máximo beliscam uma vaga na próxima Copa Sul-Americana. 

É evidente que essa é uma análise fria, do momento atual. Como futebol é dinâmico, muita coisa pode mudar daqui até o final do ano. Os times terão a pausa da Copa do Mundo para se reforçar e treinar. E, claro, descansar. O ritmo frenético pós-Copa promete lesões das mais variadas. Eis o nosso calendário! 

Outro candidato à taça

Na parte inferior da tabela neste momento – chegou até a ser vice lanterna –, o Cruzeiro certamente irá melhorar sua pontuação daqui até o fim do ano e também deve brigar pelo título graças ao seu bom elenco. Hoje, a Raposa tem apenas 4 pontos (média de 1 por jogo).  

Campeões que não cumpriram a meta

Desde 2006, quando o Brasileirão passou a ser disputado por 20 cubes, em cinco edições o campeão não teve média de 2 pontos por partida. Confira abaixo a média dos últimos campeões:

2017 – Corinthians – 72 pontos (1,89 por jogo)
2016 – Palmeiras – 80 pontos (2,10 por jogo)
2015 – Corinthians – 81 pontos (2,13 por jogo)
2014 – Cruzeiro – 80 pontos (2,10 por jogo)
2013 – Cruzeiro – 76 pontos (2.00 por jogo)
2012 – Fluminense – 77 pontos (2.02 por jogo)
2011 – Corinthians – 71 pontos (1,86 por jogo)
2010 – Fluminense – 71 pontos (1,86 por jogo)
2009 – Flamengo – 67 pontos (1,66 por jogo)
2008 – São Paulo – 75 pontos (1,97 por jogo)
2007 – São Paulo – 77 pontos (2,02 por jogo)
2006 – São Paulo – 78 pontos (2,05 por jogo)

Juliano Paiva
é jornalista formado na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Atualmente editor do Dom Total, Paiva trabalhou nos jornais O Tempo, Hoje em Dia e no extinto Diário da Tarde, tradicional periódico de Belo horizonte fechado pelos Associados Minas em julho de 2007. No DT, começou como repórter da editoria Cidades, mas, na época do fechamento do jornal, fazia cobertura esportiva. Também foi responsável pela cobertura de jogos do Campeonato Brasileiro para a Folha de São Paulo no segundo semestre de 2007.
Comentários
+ Artigos
Instituições Conveniadas