09 Ago 2018 | domtotal.com

Cruzeiro pode ser bi da 'tríplice coroa'


Cruzeiro conta com jogadores decisivos, como Arrascaeta
Cruzeiro conta com jogadores decisivos, como Arrascaeta (Bruno Haddad/Cruzeiro E.C.)

Por Rômulo Ávila

O Cruzeiro caminha para conquistar o bicampeonato da 'tríplice coroa’. E dessa vez ela viria com a cereja do bolo: a Copa Libertadores. Campeão Mineiro, o Cruzeiro é, sem dúvida, um dos favoritos a ficar com os títulos das copas do Brasil e Libertadores. Sei que o caminho é longo, mas ele está desenhado. Não há como negar.

A vitória convincente sobre o Flamengo, por 2 a 0, mostrou a força do time de Mano Menezes. No futebol tudo é possível, mas me arrisco a dizer sem medo de errar que o Cruzeiro já está nas quartas de final da Libertadores (e, provavelmente, enfrentará o Boca Juniors). 

Ao contrário da Raposa, o Flamengo é limitado, desorganizado e sem força ofensiva. Não sei como conseguiu ficar na liderança do Brasileirão por tanto tempo. O Flamengo tem muito mais badalação (e torcida) da imprensa do que futebol. Jogadores que podem fazer a diferença, como Éverton Ribeiro e Diego, não conseguem assumir o papel de protagonista que sobra no lado azul. Arrascaeta é exemplo. 

Além de ter um elenco forte, o Cruzeiro de Mano sabe como disputar um mata-mata. Foi assim que o clube venceu a Copa do Brasil no ano passado. 

É claro que não há como cravar quem será campeão, mas o Cruzeiro reúne requisitos para chegar longe: defesa sólida; atletas experientes e decisivos; treinador que sabe como vencer uma competição mata-mata; e uma torcida mobilizada.  O time só precisa manter o foco e a humildade. Combinando tudo isso, o ‘bi da tríplice coroa’ ficará cada vez mais perto.

Rômulo Ávila
É jornalista formado pela Newton Paiva. Foi repórter esportivo durante dois anos do extinto Diário da Tarde (tradicional periódico de BH fechado pelos Associados Minas em julho de 2007). Atualmente é repórter do Portal DomTotal. Antes de cursar comunicação, foi jogador de futebol profissional. Começou no Villa Nova-MG e passou pelo futebol paulista e nordestino.
Comentários
+ Artigos
Instituições Conveniadas