24 Set 2018 | domtotal.com

Atlético estaciona na tabela e vê Taça Libertadores 2019 ameaçada


Time de Thiago Larghi erra demais e vê vaga na Libertadores claramente ameaçada.
Time de Thiago Larghi erra demais e vê vaga na Libertadores claramente ameaçada. (Bruno Cantini / Atlético)

Por Juliano Paiva

Internacional e São Paulo alternam a liderança do Campeonato Brasileiro há algum tempo. Mas ambos tropeçaram nas duas últimas rodadas abrindo brecha para a aproximação de seus adversários. O time paulista somou dois pontos contra Santos e América-MG, enquanto o gaúcho ganhou apenas um dos seis possíveis diante da Chapecoense, ao ser derrotado, e Corinthians. 

Dos clubes do G6, que garantem vaga na Copa Libertadores 2019, apenas o Atlético não aproveitou a “derrapada” de colorados e tricolores e estacionou no 6º lugar. O Galo também só ganhou um ponto nas duas últimas rodadas por empatar com o Cruzeiro e perder para o Flamengo. 

Já o Grêmio conseguiu seis pontos – vitórias sobre Paraná e Ceará –, enquanto Palmeiras e Mengo obtiveram um triunfo e um empate. Os alviverdes empataram com o Bahia e venceram o Sport e os rubro-negros ficaram na igualdade com o Vasco e ganharam do próprio Alvinegro de Minas. 

A situação liga o sinal de alerta na Cidade do Galo. Além de ver o G4, com vaga direta no torneio continental, mais distante, o Atlético permitiu a aproximação de Cruzeiro, Corinthians, Atlético-PR e Santos. O Peixe, inclusive, tem um jogo a menos neste momento.  

Apesar do apoio maciço da torcida que esgota os ingressos nas partidas no Independência, o Atlético decepciona quando joga fora de casa. Longe da Massa, o Galo tem se mostrado desatento, com muitos erros na saída de bola e no ataque. Os jogadores de frente perdem bolas que proporcionam contra-ataques perigosos como o que originou o segundo gol do Flamengo no domingo. Ricardo Oliveira deu um passe para o jogador do Fla. Literalmente! 

Ao longo do campeonato o Galo perdeu muitos pontos pela desatenção. O ataque também precisa voltar a balançar as redes. Nas duas últimas rodadas, o Atlético marcou apenas um gol; e com o zagueiro, Leonardo Silva.  

Na reta final do Brasileirão – faltam apenas 12 jogos – será necessário melhorar neste dois pontos: atenção e eficiência do ataque. Se não acordar, o Galo vai penar em 2019 sem Libertadores pelo segundo ano consecutivo.  

Juliano Paiva
é jornalista formado na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Atualmente editor do Dom Total, Paiva trabalhou nos jornais O Tempo, Hoje em Dia e no extinto Diário da Tarde, tradicional periódico de Belo horizonte fechado pelos Associados Minas em julho de 2007. No DT, começou como repórter da editoria Cidades, mas, na época do fechamento do jornal, fazia cobertura esportiva. Também foi responsável pela cobertura de jogos do Campeonato Brasileiro para a Folha de São Paulo no segundo semestre de 2007.
Comentários
+ Artigos
Instituições Conveniadas