08 Nov 2018 | domtotal.com

'Uma vez até morrer'

Diante do Palmeiras, neste domingo, o Atlético terá que ser Davi para derrubar Golias.

'Clube Atlético Mineiro... Uma vez até morrer’. 
'Clube Atlético Mineiro... Uma vez até morrer’.  (Pedro Souza / Atlético)

Por Rômulo Ávila

Apesar de atravessar a pior fase da temporada, o Atlético ainda tem uma chance de virar o jogo e não deixar escapar a vaga na Libertadores 2019: vencer o invicto, líder e todo poderoso Palmeiras no próximo domingo, no Independência. 

Na minha modesta opinião, empate ou derrota para o time de Felipão significará a última pá de cal no 2018 trágico para o alvinegro. Por outro lado, sou capaz de apostar que um triunfo levará o Atlético à Libertadores 2019.

Mas como acreditar em um time que não vence há cinco jogos, está com salário atrasado, sem confiança e sofre com pressão da torcida e da imprensa? E justamente contra o líder e virtual campeão, invicto há 17 partidas!? É a hora de a mística atleticana entrar em campo, de a massa torcer contra o vento, de ir na base do ‘eu acredito’ e de o time, dentro de campo, fazer valer o hino do clube: ‘Lutar, lutar, lutar com toda nossa raça pra vencer... Clube Atlético Mineiro... Uma vez até morrer’. 

Não disputar a Libertadores 2019 será uma tragédia para o Atlético nesta temporada e, principalmente, no ano que vem. A esperança de montar um time mais competitivo cairá por terra. 

Diante do Palmeiras, neste domingo, o Atlético terá que ser Davi para derrubar Golias.  
 

Rômulo Ávila
É jornalista formado pela Newton Paiva. Foi repórter esportivo durante dois anos do extinto Diário da Tarde (tradicional periódico de BH fechado pelos Associados Minas em julho de 2007). Atualmente é repórter do Portal DomTotal. Antes de cursar comunicação, foi jogador de futebol profissional. Começou no Villa Nova-MG e passou pelo futebol paulista e nordestino.
Comentários
+ Artigos
Instituições Conveniadas