Blogs DIREITO / EXAME DA OAB

Exame OAB: Peça Prático Profissional

15/04/2015 12:51:18

exame_ordem-pec3a7a-pratico-profissional-oab

A primeira grande dúvida que surge quando o examinando começa a se preparar para a segunda etapa do Exame de Ordem, é justamente qual a peça prática profissional que será cobrada. Essa pergunta escuto rotineiramente pelos corredores!

Confesso aos leitores desse blog que de certa forma é uma tarefa ingrata, até mesmo porque não se trata de um presságio, uma tarefa de adivinhação!  Apontar qual será a petição cobrada é um risco muito grande, até mesmo porque se trata de uma aposta, e por mais criteriosa que seja a avaliação do que foi arguido em exames anteriores, a possibilidade de  não ser aquilo apontado por mim ou por qualquer professor é grande.

Vale dizer que em alguns casos determinadas disciplinas como por exemplo Direito Penal, repetem as peças com uma certa frequência,  outras, como Direito Empresarial sempre trazem novidades.

Basta observar o que foi cobrado nos últimos exames, como se pode ver logo abaixo e já apresentado em posts anteriores:

Direito Penal

XV Exame de Ordem – Queixa Crime.

XIV Exame de Ordem – Memoriais (Art. 403, §º do CPP)

XIII Exame de Ordem – Recurso de Apelação, com fundamento no art. 593, I do CPP

XII Exame de Ordem – Apelação – 593, I do CPP

XI Exame de Ordem – Recurso em Sentido Estrito

X Exame de Ordem – Revisão Criminal e Justificação

IX Exame de Ordem – Memoriais

VIII Exame de Ordem – Resposta à Acusação, prevista no art. 396 do CPP

VII Exame de Ordem – Apelação como Assistente da Acusação

VI Exame de Ordem – Petição de Relaxamento de Prisão, fundamentado no art. 5º, LXV, da CRFB /88, ou art. 310, I, do CPP

V Exame de Ordem – Apelação, com fundamento do art. 593, I, do CPP

Direito do Trabalho

XV – Exame de Ordem – Recurso Ordinário

XIV Exame de Ordem – Reclamação Trabalhista

XIII Exame de Ordem – Embargos de Terceiros e Embargos à Execução

XII Exame de Ordem – Reclamação Trabalhista

XI Exame de Ordem – Contestação

X Exame de Ordem – Ação de Consignação em Pagamento

IX Exame de Ordem – Recurso Ordinário

VIII Exame de Ordem – Contestação

VII Exame de Ordem – Recurso Ordinário

VI Exame de Ordem – Contestação

V Exame de Ordem – Contestação

Direito Civil

XV Exame de Ordem – Recurso Especial

XIV Exame de Ordem – Agravo de Instrumento do art. 522 do CPC

XIII Exame de Ordem – Ação de Obrigação de Fazer com Pedido de Tutela Antecipada

XII Exame de Ordem – Ação de Interdição com Pedido de Antecipação de Tutela

XI Exame de Ordem – Ação de Despejo com Pedido de Antecipação de Tutela

X Exame de Ordem – Ação de Embargos de Terceiros

IX Exame de Ordem – Ação de Alimentos Gravídicos

VIII Exame de Ordem – Ação de Usucapião Especial Urbano

VII Exame de Ordem – Ação Declaratória de Inexistência de Débito c/c Obrigação de Fazer e Indenização por Danos Morais

VI Exame de Ordem – Ação Cautelar de Busca e Apreensão de Pessoa ou Ação Ordinária com Pedido de Tutela Antecipada

V Exame de Ordem – Cautelar Preparatória com Pedido de Concessão de Medida Liminar ou Ação de Conhecimento com Pedido de Concessão dos Efeitos da Tutela

Direito Administrativo

XV Exame de Ordem – Ação Popular

XIV Exame de Ordem – Mandado de Segurança com Pedido de Liminar

XIII Exame de Ordem – Apelação

XII Exame de Ordem – Recurso Ordinário Constitucional e Apelação

XI Exame de Ordem – Petição Inicial de Ação de Rito Ordinário

X Exame de Ordem – Contestação

IX Exame de Ordem – Ação Ordinária com Pedido de Reintegração do Servidor

VIII Exame de Ordem – Agravo de Instrumento

VII Exame de Ordem – Ação Popular

VI Exame de Ordem – Ação de Desapropriação Indireta ou Ação Ordinária de Indenização por Apossamento Administrativo

V Exame de Ordem – Mandado de Segurança Contra Ato do Governador

Direito Constitucional

XV Exame de Ordem – Mandado de Segurança

XIV Exame de Ordem – Recurso Ordinário em MS para o STF

XIII Exame de Ordem – Adin

XII Exame de Ordem – Recurso Extraordinário

XI Exame de Ordem – Mandado de Segurança

X Exame de Ordem – Recurso Extraordinário

IX Exame de Ordem – Ação Ordinária (Mandado de Segurança)

VIII Exame de Ordem – Recurso Extraordinário

VII Exame de Ordem – Ação Direta de Inconstitucionalidade

VI Exame de Ordem – Ação Popular

V Exame de Ordem – Ação Ordinária com Pedido de Tutela Antecipada ou Mandado de Segurança com Pedido de Liminar

Direito Tributário

XV Exame de Ordem – Exceção de Pré-Executividade

XIV Exame de Ordem – Mandado de Segurança com Pedido de Liminar

XIII Exame de Ordem – Exceção de Pré-Executividade

XII Exame de Ordem – Agravo de Instrumento

XI Exame de Ordem – Mandado de Segurança com Pedido de Liminar

X Exame de Ordem – Agravo de Instrumento, Apelação, Recurso Inominado, Ação de Repetição de Indébito, Mandado de Segurança com Pedido Liminar, Ação Anulatória e Ação Declaratória de Inexistência de Relação Jurídica (*)

IX Exame de Ordem – Mandado de Segurança

VIII Exame de Ordem – Agravo de Instrumento

VII Exame de Ordem – Mandado de Segurança com Pedido de Liminar

VI Exame de Ordem – Ação de Repetição de Indébito

V Exame de Ordem – Ação de Consignação em Pagamento com Previsão no art. 164, I, do CNT

Direito Empresarial

XV Exame de Ordem – Ação de Prestação de Contas

XIV Exame de Ordem – Ação de Execução por Quantia Certa Fundada em Título Executivo Extrajudicial

XIII Exame de Ordem – Contestação ao Requerimento de Falência

XII Exame de Ordem – Ação de Dissolução Parcial de Sociedade

XI Exame de Ordem – Recurso Especial

X Exame de Ordem – Ação de Restituição

IX Exame de Ordem – Agravo de Instrumento

VIII Exame de Ordem – Habilitação de Crédito Retardatária, com Fundamento no art. 10, caput, da Lei 11.101/05 ou Impugnação à Relação de Credores

VII Exame de Ordem – Execução de Título Judicial

VI Exame de Ordem – Contestação

V Exame de Ordem – Réplica

 (*) Caso incomum!

É fato que os examinandos se mostrem muito mais ansiosos na segunda etapa do que na primeira,  e esta ansiedade é muito prejudicial, isto porque a preocupação em acertar a peça se torna o maior de seus anseios.

Para  combater a ansiedade, o que é normal, recomendo que a preparação para 2ª fase deve ser sistemática e ampla, observando:

1- o que já foi cobrado,

2- com melhor atenção, o que já foi cobrado mais de uma vez, e

3- prestar atenção naquelas que nunca foram cobrados, pois a banca poderá inovar.

Mas lembre-se, é um grande equívoco apostar em qual peça será cobrada à mercê de uma longa lista de opções, isto porque poderá criar expectativas falsas ao examinando, sobretudo, criando uma expectativa que os estudos estarão bem encaminhados em um número reduzido de opções jurídicas.

O examinando deve lembrar que é uma prova que tem um conteúdo programático, portanto, aproveitam em conhecer bem o que está previsto no edital, estude, faça simulados, pelo menos 5 a 7 petições por semana, e lembre-se o importante não é “adivinhar” a peça, mas saber fazer qualquer uma que seja cobrada.

Comentários