Blogs CULTURA
Carlos Ávila
É poeta e jornalista. Publicou, entre outros, Bissexto Sentido e Área de Risco (poesia); Poesia Pensada (crítica) e Bri Bri no canto do parque (infantil). Foi, por quatro anos (1995/98), editor do “Suplemento Literário de Minas Gerais”. Trabalhou também na Rede Minas de Televisão e foi editor do caderno de cultura do jornal “Hoje em Dia”. Participou de mais de vinte antologias no país e no exterior.

A música sempre nova de Gilberto

26/09/2014 06:00:40

Todos conhecem Caetano, Gil, Milton, Chico e Roberto Carlos. Nossa música popular é conhecida e respeitada mundialmente. Mas quem conhece Gilberto Mendes? Com mais de 90 anos, ele é um dos mais importantes compositores da “música impopular brasileira”, ou seja, da chamada música erudita (clássica ou “de concerto”, se preferirem) no país. Faz parte de […]

Leia Mais...




O Murilo experimental

24/09/2014 06:00:27

Por Carlos Ávila “O menino experimental futuro inquisidor devora o livro e soletra o serrote”. O verbo vertiginoso do mineiro Murilo Mendes (1901/1975) volta à cena: todos os seus livros estão sendo reeditados pela Ed. Cosac Naify. Bem-vinda reedição de uma obra importante, destacada no último fim de semana, muito merecidamente, por todos os cadernos […]

Leia Mais...




Ouvindo rádio

19/09/2014 06:00:38

Por Carlos Ávila Uma das grandes vantagens do rádio, como meio de comunicação, é o fato de uma pessoa poder fazer qualquer atividade (dirigir um carro, cozinhar ou ainda tomar banho, por exemplo) e simultaneamente ouvir notícia, música ou um jogo de futebol. O som entra pelos nossos ouvidos e não mobiliza mais nenhum sentido. […]

Leia Mais...




Cantigas de Alfonso, o Sábio

17/09/2014 06:00:14

Por Carlos Ávila “Santa Maria,/Strela do dia/mostra-nos via/pera Deus e nos guia…” (Santa Maria,/Estrela do dia,/ mostra-nos o caminho/até Deus, e guia-nos). Assim começa uma das mais belas Cantigas de Alfonso X, o Sábio – o rei-poeta que compilou perto de 400 cantigas (de louvor à Virgem), durante a segunda metade do século XIII, e […]

Leia Mais...




Glauber na terra do sol

12/09/2014 06:00:20

Por Carlos Ávila “Mais fortes são os poderes do povo!” – grita o bravo cangaceiro caindo morto, depois de girar alucinadamente. Corisco lutou até o fim, até o filme de Glauber terminar na tela, com a bela tomada da fuga desesperada pelo sertão até a beira-mar. “O sertão vai virar mar/e o mar vai virar […]

Leia Mais...




Franceses em tradução

10/09/2014 06:00:08

Por Carlos Ávila Se a poesia brasileira vive atualmente um período de baixa criatividade (faltam ideias novas!), as áreas do ensaio (principalmente em âmbito acadêmico) e da tradução, ao contrário, vão muito bem. Evoluíram bastante desde o final dos anos 1960 até os dias atuais. A tradução, particularmente, é sempre um trabalho importante para a […]

Leia Mais...




O boêmio Lupicínio

05/09/2014 06:00:07

Por Carlos Ávila “E assim esta bola achatada/ que chamam de mundo/prossegue a rodar/e o amor continua um mistério/que nem a ciência/consegue explicar”. Versos de Lupicínio Rodrigues (1914/1974). Um compositor que a ciência também não consegue explicar: não tocava um único instrumento! Criava suas canções “batucando na caixinha de fósforo” (às vezes, com a ajuda […]

Leia Mais...




A reedição dos suplementos

03/09/2014 06:00:00

Por Carlos Ávila Nota recente na imprensa fala na reunião e reedição de números do extinto suplemento cultural “Nicolau”, de saudosa memória. O jornal, em formato tabloide, era editado pela Secretaria de Cultura do Paraná. A reedição, ainda segundo a nota, traz os 60 exemplares lançados entre 1987 e 1996, período em que o jornal […]

Leia Mais...