Blog CULTURA

Carlos Ávila

É poeta e jornalista. Publicou, entre outros, Bissexto Sentido e Área de Risco (poesia); Poesia Pensada (crítica) e Bri Bri no canto do parque (infantil). Foi, por quatro anos (1995/98), editor do “Suplemento Literário de Minas Gerais”. Trabalhou também na Rede Minas de Televisão e foi editor do caderno de cultura do jornal “Hoje em Dia”. Participou de mais de vinte antologias no país e no exterior.

últimos Posts

31/10 2014

Por Carlos Ávila “Será que é a força poética da obra de um artista que suscita belos textos? Ou seria a afinidade entre autor e artista?” – pergunta Célia Euvaldo na apresentação de um pequeno livro, traduzido por ela, com textos do filósofo Jean-Paul Sartre (1905/1980) sobre o artista ítalo-suíço Alberto Giacometti (1905/1980). A força […]

Leia Mais...
29/10 2014

Por Carlos Ávila Citações com preciosos toques. Cortes e recortes críticos de alguns dos nossos mestres modernistas – Carlos Drummond de Andrade (1902/1987), Cecília Meireles (1901/1964) e Murilo Mendes (1902/1975) – responsáveis, no século 20, pela elevação do padrão de nossa poesia (e também de nossa prosa e de nosso ensaio). E também uma frase […]

Leia Mais...
24/10 2014

Por Carlos Ávila “Veja que beleza/em diversas cores/veja que beleza/em vários sabores/a burrice está na mesa”. Assim começa uma canção de Tom Zé, feroz e ferina, embalada por um arranjo propositalmente “caipira” (aliás, o compositor baiano faz a diferença até hoje, continua fiel ao espírito crítico tropicalista). “Sabor de burrice”, título da música, registrada no […]

Leia Mais...
22/10 2014

Por Carlos Ávila Folhear uma velha edição de Omar Khayyam (“Rubaiyat”, em tradução de Octavio Tarquínio de Sousa, publicada pela Ed. José Olympio, em 1948) e ali redescobrir a sabedoria, na voz e nas palavras do grande poeta persa – que foi também matemático e astrônomo. O título – “Rubaiyat” – é o plural da […]

Leia Mais...
17/10 2014

Por Carlos Ávila Os quadrinhos (comics, nos EUA; bande dessinée, na França; fumetti, na Itália, historieta, na América latina…) são um fenômeno de massa que teve grande presença e alcance no século 20; trata-se de uma arte de consumo assim como o cinema e as canções pops. Os comics ainda continuam presentes, embora tenham se […]

Leia Mais...
15/10 2014

A tragédia que foi a Segunda Guerra Mundial, particularmente na Europa (com nações invadidas e campos de extermínio de judeus), proporcionou ao Brasil, pelo menos, receber algumas figuras ímpares, na área da cultura; fugidas do nazismo acabaram se radicando por aqui. No campo da literatura, três nomes vêm imediatamente à cabeça: o alemão Anatol Rosenfeld […]

Leia Mais...
10/10 2014

Por Carlos Ávila Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim, conhecido por todos como Tom Jobim (1927/1994), nos deixou há vinte anos. O “maestro soberano” faz falta. Nossa música popular não é mais a mesma sem ele, sem a sua criatividade e a sua competência, sem a sua classe e a sua joie de vivre tipicamente […]

Leia Mais...
08/10 2014

Por Carlos Ávila “A cidade imita em papelão uma cidade de pórfiro. Caravanas de montanhas acampam nos arredores. O Pão de Açúcar basta para adoçar a baía inteira… O Pão de Açúcar e seu teleférico que há de perder o equilíbrio por não usar uma sombrinha de papel”. Assim começa um dos “20 poemas para […]

Leia Mais...
03/10 2014

Por Carlos Ávila “Pariso/novayorquizo/moscoviteio/sem sair do bar//só não levanto e vou embora/porque tem países/que eu nem chego a Madagascar”. Versos de Paulo Leminski (1944/1989), poeta que era chegado ao álcool (e a otras cositas más) e que fazia do bar seu lar. Nascido em Curitiba, se estivesse vivo teria completado 70 anos este ano. Poeta, […]

Leia Mais...
01/10 2014

Por Carlos Ávila “No apartamento azul/do nosso coração/há rosas de Istambul/e jarros do Japão//É um sonho oriental/de mágico esplendor/a aurora boreal/na aurora de um amor…”. A voz de Carlos Galhardo (1913/1985) sai dos sulcos de um velho 78 rotações (hoje reproduzido em CD do selo Revivendo). Os versos são da canção “Cortina de Veludo”, de […]

Leia Mais...