Blogs CULTURA
Carlos Ávila
É poeta e jornalista. Publicou, entre outros, Bissexto Sentido e Área de Risco (poesia); Poesia Pensada (crítica) e Bri Bri no canto do parque (infantil). Foi, por quatro anos (1995/98), editor do “Suplemento Literário de Minas Gerais”. Trabalhou também na Rede Minas de Televisão e foi editor do caderno de cultura do jornal “Hoje em Dia”. Participou de mais de vinte antologias no país e no exterior.

O versátil Guilherme Mansur

28/11/2014 06:00:26

Por Carlos Ávila O ouro-pretano Guilherme Mansur tem várias facetas; ele é, simultaneamente, poeta, tipógrafo/editor, artista gráfico e/ou plástico e ainda designer virtual. Um craque que joga em várias posições, Guilherme, na verdade, é um inventor livre que, independente de suportes ou materiais – indo do papel à pedra, signo máximo de sua barroca cidade […]

Leia Mais...




Os poetas escrevem para crianças

26/11/2014 06:00:20

Por Carlos Ávila “Aprendi com meu filho de dez anos/que a poesia é a descoberta/das coisas que eu nunca vi” – escreveu Oswald de Andrade, em poema curtíssimo do seu livro “Pau Brasil”, editado em 1925. Aprende-se muito com as crianças. Os poetas, particularmente, costumam manter sempre viva (e presente) uma espécie de percepção infantil. […]

Leia Mais...




Zapeando por Barthes

21/11/2014 06:00:39

Por Carlos Ávila À leitura linear, página após página, alguns preferem a leitura “saltada”, que vai e vem por entre as folhas (isso se dá, principalmente, no caso de livros de poemas, ensaios e até mesmo biografias; quanto à ficção, com um enredo ou narrativa sequenciada, a coisa fica mais difícil – a não ser […]

Leia Mais...




Torquato

19/11/2014 06:00:50

Por Carlos Ávila Ele completaria 70 anos em 2014 se estivesse vivo, mas tinha pressa. Em 10 de novembro de 1972, abriu o gás e se mandou, com apenas 28 anos. Desespero de fio a pavio. E o pavio era curto. Deu em curto-circuito. O anjo torto, muito louco, o vampiro lírico da Tropicália se […]

Leia Mais...




A sempre viva Pagu

14/11/2014 06:00:05

Por Carlos Ávila É muito bem-vinda a reedição, revista e ampliada, de “Pagu: vida-obra”, com organização, seleção de textos, notas e roteiro biográfico de Augusto de Campos (pela Companhia das Letras); a primeira edição saiu em 1982. O poeta, tradutor e ensaísta foi responsável pelas “re-visões” do maranhense Sousândrade (1833/1902) – um poeta que vai […]

Leia Mais...




O bardo bêbado

12/11/2014 06:00:07

Por Carlos Ávila O centenário do poeta Dylan Thomas (1914/1953) – nascido no País de Gales, na cidade de Swansea –, um dos maiores em língua inglesa no século 20, passou em brancas nuvens no Brasil. Não fosse a coluna do jornalista Sérgio Augusto no “Estadão” – “Hi, Dylan!” (1/11/14) – e nada teria sido […]

Leia Mais...




Versos, brilhos

07/11/2014 06:00:19

Por Carlos Ávila “Avec une seule caresse/je te fais brîller de tout son éclat” (Com uma só carícia/ te faço brilhar em todo o seu esplendor) – estes bonitos versos do poeta francês Paul Éluard (1895/1952) fazem pensar nos versos que ficam na nossa memória, que volta e meia ecoam no nosso pensamento. Versos que […]

Leia Mais...




Sambistas e chorões

05/11/2014 06:00:18

Por Carlos Ávila Ele foi um dos primeiros a escrever sobre jazz no Brasil; um crítico e estudioso pioneiro (os outros dois foram o milionário e bon vivant Jorge Guinle e o “poetinha” Vinicius de Moraes). Mas entendia mesmo, como ninguém, era de música popular brasileira; no jazz, embora fosse profundo conhecedor, tinha suas idiossincrasias: […]

Leia Mais...