Blog CULTURA

Carlos Ávila

É poeta e jornalista. Publicou, entre outros, Bissexto Sentido e Área de Risco (poesia); Poesia Pensada (crítica) e Bri Bri no canto do parque (infantil). Foi, por quatro anos (1995/98), editor do “Suplemento Literário de Minas Gerais”. Trabalhou também na Rede Minas de Televisão e foi editor do caderno de cultura do jornal “Hoje em Dia”. Participou de mais de vinte antologias no país e no exterior.

últimos Posts

31/07 2015

Por Carlos Ávila “Este é o País das Gerais./Não veio das estradas do Sul,/Nem se formou no Setentrião./Quando Maçaranduva se engravidou,/Entre rosas e flores nas rochas,/O peito da terra empolou,/E rios subiram e não desceram./Desde então, o País das Gerais,/Que era manso e tranquilo/Como um leito, se tornou severo/E duro como um cepo” – verbo […]

Leia Mais...
29/07 2015

Por Carlos Ávila Partiu cedo Max Blecher (1909/1938) – romeno e judeu como o dadaísta Tristan Tzara –, mas, como afirmou, em seu leito de morte, “viveu em 29 anos mais do que muitos outros em 100”; deixou obra pequena (um livro de poemas + três de prosa), mas densa, escrita sob o signo do […]

Leia Mais...
24/07 2015

Por Carlos Ávila “O meu ofício é escrever histórias, coisas inventadas ou coisas que não têm a ver com a cultura, mas somente com a memória e a fantasia. Este é o meu ofício, e eu o farei até a morte. Estou muito contente com este ofício e não o trocaria por nada no mundo” […]

Leia Mais...
22/07 2015

Por Carlos Ávila Quando Marshall McLuhan (1911/1980) foi introduzido no Brasil, no final dos anos 1960, a universidade chiou. O criativo, inquieto e provocador poeta/ensaísta Décio Pignatari (1927/2012) foi seu primeiro tradutor por aqui; verteu do original em inglês (mais de 400 páginas!) o essencial “Understanding Media – the extensions of man”. Os esquerdofrênicos viam […]

Leia Mais...
17/07 2015

Por Carlos Ávila Pouquíssima gente conhece ou já ouviu falar em Erthos Albino de Souza (1932/2000); os mais chegados à poesia experimental (ou de vanguarda) já ouviram, certamente, falar nele. Erthos nasceu em Ubá (MG), mas radicou-se na Bahia, onde trabalhou por longos anos como engenheiro da Petrobrás. Erthos foi um pioneiro nas pesquisas e […]

Leia Mais...
15/07 2015

Por Carlos Ávila Um dos poucos espaços onde ainda se vê alguma qualidade musical em nossa TV é no Canal Brasil. Desde julho de 2007 está no ar na emissora o programa “O som do vinil” – com apresentação, direção e pesquisa de Charles Gavin (ex-baterista dos Titãs). Nos anos 1960/70, a MPB recebeu um […]

Leia Mais...
10/07 2015

Por Carlos Ávila Poucos o conhecem ou já leram seus poemas – em geral, sátiras e epigramas: Correia de Almeida (1820/1905); o poeta nasceu e viveu em Barbacena, onde estudou letras, latim e música (ordenou-se padre em 1844). A publicação de sua obra teve início em 1854 com “Sátiras, epigramas e outras poesias”; editou vários […]

Leia Mais...
08/07 2015

Por Carlos Ávila Elias Canetti (1905/1994) – um dos mais importantes escritores europeus do século 20, autor do romance “Auto-de-fé”; dos ensaios “Massa e poder” e “A língua absolvida”; Prêmio Nobel em 1981 – tem alguns breves e provocantes textos sobre os poetas; aforismos/anotações literárias de lucidez e atualidade impressionantes, que valem a pena ser […]

Leia Mais...
03/07 2015

Por Carlos Ávila Segundo o grande saxofonista Charlie Parker, o blues é a base do jazz, ou seja, o seu “núcleo”; “o blues é tanto um estado de espírito quanto um sentimento” e também uma forma musical ou linguagem, na definição do historiador Eric Hobsbawn, autor da fundamental “História social do jazz” – livro de […]

Leia Mais...
01/07 2015

Por Carlos Ávila “Eu sei o que é ser feliz na vida – e a dádiva da existência, o gosto da hora que passa e das coisas que estão em torno, ainda que imóveis, a dádiva de amá-las, as coisas, fumando, e uma mulher dentro delas”. Assim se inicia o fluente texto de Elio Vittorini […]

Leia Mais...