Honda-Civic-SI-Coupe-2017

Honda Civic Si: confirmado para o Brasil!

Modelo será equipado com bloco 1.5 turbo com injeção direta, duplo comando de válvulas variáveis no cabeçote (Dual VTC) de 208 cv

Honda-Civic-SI-Coupe-2017

Por Thiago Ventura
Portal DomTotal

Marca japonesa confirmou a comercialização do novo Honda Civic Si no Brasil. O modelo será oferecido na versão cupê de duas portas, desenvolvida para os entusiastas do dia a dia. As vendas do modelo terão início em 2018.

Modelo será equipado com bloco 1.5 turbo com injeção direta, duplo comando de válvulas variáveis no cabeçote (Dual VTC) e quatro cilindros. Combinado com uma transmissão manual de seis velocidades, tem potência máxima de 208 cv que surge aos 1.300 rpm e torque de 26,5 kgf.m aparece aos 2.300 rpm.

Os modelos Si trazem uma dianteira agressiva com friso frontal preto e largas tomadas de ar. Rodas de liga leve de 18 polegadas, com dez raios e acabamento exclusivo em dois tons, usam pneus 235/40 R18.

Honda-Civic-SI-Coupe-2017-2

O Civic Si tem direção elétrica de duplo pinhão adaptativa com relação variável, suspensão com acerto esportivo, amortecedores adaptativos e diferencial com deslizamento limitado.

O preço ainda não foi revelado

Honda-Civic-SI-Coupe-2017-3

Ford Ka Crash Test

Ford Ka leva nota zero em crash test do LatinNCAP

Compacto fabricado no Brasil foi reprovado no impacto lateral e apresenta segurança pior do que veículos de 20 anos atrás na Europa.

Ford Ka Crash Test

Por Thiago Ventura
Portal DomTotal

Mais um mau resultado para o consumidor brasileiro no quesito segurança veicular. O Programa de Avaliação de Veículos Novos para a América Latina e o Caribe, o LatinNCAP, revelou nessa quarta-feira que o Ford Ka recebeu zero estrela de cinco possíveis no tocante à proteção ao passageiros adultos. Já na Proteção do Ocupante Infantil, foram três estrelas.

Em 2015 o carro foi avaliado com quatro estrelas. No entanto, agora com o teste de impacto lateral e com os novos protocolos de segurança, a nova nota foi bem pior, mesmo com airbag duplo.

O Ka apresentou um desempenho pobre no teste de impacto lateral, mostrando níveis altos de lesões no peito do ocupante adulto, penetração profunda do pilar B no habitáculo e abertura da porta. O Ka não proporciona dispositivos de absorção de energia de impacto lateral em sua estrutura nem no painel interior nas portas.

Assista ao vídeo:

Levando em conta os resultados dos testes, o Ka não foi aprovado conforme a norma básica de proteção contra impactos laterais das Nações Unidas (UN95), obrigatória na Europa desde 1995. Ou seja, apesar de regular dentro das normas brasileiras, mostra-se mais inseguro que um carro europeu de 20 anos atrás.

A proteção infantil foi aceitável no teste de batida. Contudo, o modelo não oferece cintos de três pontos em todas as posições, a sinalização de ancoragens ISOFIX é deficiente e não conta com a possibilidade de desligar o airbag do passageiro na hora de instalar um Sistema de Retenção Infantil (SRI) olhando para trás, motivos adicionais para a redução da pontuação. A porta traseira direita foi aberta no teste de impacto lateral, expondo os passageiros crianças a riscos maiores.