Fiat Cronos

Fiat Cronos: reveladas primeiras imagens do novo sedã

Produzido na Argentina, Fiat Cronos chegará ao Brasil no começo de 2018 com motores 1.3 Firefly três cilindros e 1.8 e.TorQ Evo.

Fiat Cronos
Por Thiago Ventura
Portal DomTotal

A  Fiat revelou as primeiras imagens oficiais de seu novo sedã, o Cronos,  com visual derivado do Argo O modelo será vendido com duas opções de  motores, 1.3 FireFly e 1.8 e.TorQ. O lançamento no mercado está previsto  para o primeiro trimestre de 2018, junto com o rival Volkswagen Virtus.

O  Fiat Cronos é baseado na nova plataforma MP-S (Modular Platform Sedan),  concebida exclusivamente para o modelo e destinada à produção na  Argentina. A plataforma foi desenvolvida para responder às exigências  dinâmicas e construtivas de um automóvel três volumes.

O  novo modelo tem para-choque e grade exclusivos em relação ao Argo. Na  grade, o Cronos vem com uma filete horizontal cromado e padrão de  colmeia ao fundo.

Fiat Cronos 2

Na parte posterior, o sedã tem traseira  curta com lanternas horizontais que invadem as laterais. Esse recurso de  design serve para dar um aspecto mais esportivo ao carro em relação ao  sedã tradicional. As dimensões não foram reveladas, mas pelas imagens o  Cronos terá distância entre-eixos e volume de porta malas bem superior  ao Argo.

Motores

O novo  carro não terá opção de motor 1.0. O Cronos será disponível com o motor  1.3 Firefly com 101(g)/109 (e) cv e torque de 134/139 Nm com opção de  transmissão manual de cinco marchas ou automatizada GSR, também com  cinco marchas.

Nas versões superiores, terá o bloco  1.8 E.torQ  de 135/139 cv e torque de 184/189 Nm. Com esse motor, o  Cronos terá opção de câmbio manual de cinco marchas ou automático de  seis velocidades.

Renault Kwid Crash Test

Renault Kwid consegue três estrelas no Latin NCAP

Modelo fabricado no Brasil pode não ser o mais seguro, mas está melhor que Onix e Ka. Renault Kwid vem de série com quatro airbags e Isofix.

Renault Kwid Crash Test

Por Thiago Ventura
Portal DomTotal

Subcompacto  francês fabricado no Brasil mostrou-se mais seguro que o indiano e  recebeu três estrelas das cinco possíveis na proteção para adultos e  três para crianças, segundo teste feito pelo Programa de Avaliação de  Veículos Novos para a América Latina e o Caribe, o Latin NCAP. No ano passado, o Renault Kwid fabricado na Índia foi reprovado com zero estrela.

O  modelo foi avaliado em configurações de batida de impacto frontal e  lateral. O Kwid mostrou uma proteção frontal adequada e proteção  marginal contra impactos laterais com uma proteção fraca no peito do  adulto, porém suficiente para alcançar as três estrelas sólidas na  proteção deste ocupante.

No impacto lateral, a  estrutura do Kwid evitou atravessar, de forma excessiva, a barreira de  impacto lateral que, combinado com o airbag do tórax lateral, conseguiu  manter as lesões dos adultos por baixo da alta probabilidade de risco de  vida. Os ocupantes crianças mostraram uma proteção adequada e boa nos  testes de impacto frontal e lateral, pois possui Isofix de série.  Vem ainda com quatro airbags.

“É alentador ver os fabricantes respondendo aos testes do Latin NCAP e do  Global NCAP, bem como às preferências dos consumidores por uma maior  segurança, mesmo nos modelos mais acessíveis”, disse Alejandro Furas,  Secretário Geral do Latin NCAP.

O Kwid pode não ser o mais seguro, mas está melhor que Onix e Ka! Esses modelos receberam zero estrela de proteção para adultos. E sem falar no Fiat Mobi, com apenas uma estrela.