CITROEN_SUV_C4_CACTUS_GRIP_CONTROL_0

Citroën lança C4 Cactus com preços entre R$ 68.9 mil e R$ 98.9 mil

Citroën C4 Cactus 2019 chega ao mercado em três versões com duas opções de motores: 1.6 16V FlexStart e 1.6 16V THP
CITROEN_SUV_C4_CACTUS_GRIP_CONTROL_0

Marca francesa lança seu mais importante modelo no Brasil nos últimos tempos: o C4 Cactus. O utilitário-esportivo é fundamental na tentativa de aumentar as vendas da marca, que tem apenas 0,92% de participação de mercado entre os automóveis de passeio, de janeiro a julho de 2018.

O Citroën C4 Cactus 2019  chega ao mercado em três versões, dois motores e duas transmissões. Os preços estão competitivos e partem de  R$ 68.990 e chegam aos R$ 98.990. São três versões no total: Live, Feel e Shine.

O comprimento do carro é de 4,17 metros por 1,97 m de largura e 1,56 m de altura. A distância entre eixos é de 2,60 m enquanto o porta-malas tem  320 litros.

NOVO_SUV_CITROËN_C4_CACTUS_1_bx

Entre os  equipamentos, o Citroën C4 Cactus 2019 oferece de série, desde a versão de entrada,  direção elétrica, ar-condicionado digital com função A/C Max, Radio com tela touch de 7’’ + Bluetooth + 6  alto-falantes e vidros elétricos nas quatro  portas.  Tem ainda assinatura luminosa com DRL em LED, Barras de teto e isofix.

Itens como controles de tração e estabilidade e assistente de partida em rampa só estão disponíveis como equipamentos de série a partir da opção Feel equipada com transmissão automática.  Airbags laterais? A  partir da versão Shine 1.6 FlexStart.

NOVO_SUV_CITROËN_C4_CACTUS_3_bx

Motores

O Citroën C4 Cactus 2019 tem como opção de entrada o motor 1.6 Flex com 122 cavalos com câmbio manual e 118 cv com caixa automática. A transmissão pode ser manual de cinco marchas ou automática de seis. Nas versões mais completas, o C4 Cactus vem com tradicional motor turbo 1.6 THP flex com 173 cavalos, sempre acoplado com transmissão automática.

Tabela de preços do Citroën C4 Cactus 2019
C4 Cactus 1.6 Live (manual) – R$ 68.990
C4 Cactus 1.6 Feel (manual) – R$ 73.490
C4 Cactus 1.6 Feel (automático) – R$ 79.990
C4 Cactus 1.6 Feel Pack (automático) – R$ 84.990
C4 Cactus 1.6 THP Shine (automático) – R$ 94.990
C4 Cactus 1.6 THP Shine Pack (automático) – R$ 98.990

C4 Cactus possui equipamentos avançados de segurança, mas apenas como opcionais.
C4 Cactus possui equipamentos avançados de segurança, mas apenas como opcionais.

Principais itens de Série – Citroën C4 Cactus 2019

  • Live

A versão Live traz de série: Direção elétrica, Ar-condicionado manual digital e integrado à central multimídia, Assinatura luminosa com DRL em LED, Barras de teto, Rodas 16” com pneus 205/60 R16 e calota, Painel de instrumentos 100% digital, Volante de espuma com regulagem de altura e profundidade com comandos integrados, Citroën Connect Radio com tela touch de 7’’ + Bluetooth + 6  alto-falantes + Tomada USB + 12V, comandos dos vidros e retrovisor elétricos, travamento centralizado das portas e porta-malas com Plip + travamento do carro ao andar + abertura da porta do reservatório de gasolina sem chave, assentos dianteiros reguláveis em altura, Console alto com porta-objetos fechado + porta-copos, Assentos traseiros com três apoios de cabeça e ISOFIX, Cintos de segurança traseiros de três pontos, Airbags frontais duplos + barras de proteção laterais, ABS + REF, entre outros.

CITROEN_SUV_C4_CACTUS_0

 

  • Feel

A versão Feel traz de série (a mais que a Live): Faróis de neblina, Câmera de ré, Rodas de alumínio de 17” e pneus 205/55 R17, Eco-coaching, Alarme perimétrico, Quatro vidros One-touch, Piloto automático e Cruise control e, para as versões automáticas, ESP + DSGi + HillAssist. Como opcional: Acendimento automático dos faróis, Limpadores de para-brisa automático, Ar-condicionado digital automático + ADML, Volante de couro, Alarme volumétrico, Airbag lateral, Barras de teto tipo “flutuantes”, Rodas Roby One de 17” alumínio diamantado e Teto de duas cores.

 

  • Shine

Já a versão Shine traz de série (a mais que a Feel): Barra de teto “flutuante”, Ar-condicionado digital automático, ADML dianteira, Rodas de 17” de alumínio diamantado com pneus 205/55 R17, Painel de bordo com revestimento soft-touch, Acendimento automático dos faróis + Limpador de para-brisa automático, Volante e Bancos em couro, Airbag lateral, Grip Control (THP) e Alarme perimétrico + volumétrico.

Como opcional: Sistema de frenagem automática, Alerta de colisão, Alerta de atenção ao condutor, Alerta de saída de faixa, Indicador de descanso, Retrovisor eletrocrômico, Airbag de cortina e, ainda, carroceria de duas cores.

DIMEN_V2.294511.70

NOVO_SUV_CITROËN_C4_CACTUS_2_bx

 

Hyundai-Creta-Sport-2018-13

Teste | Hyundai Creta Sport 2018: bonito, mas consumo é exagerado

SUV coreano ficou ainda mais bonito com a versão com apelo esportivo. Hyundai Creta Sport tem motor 2.0 com 166 cavalos e transmissão automática

Hyundai-Creta-Sport--2019
Por Thiago Ventura

SUV compacto coreano ganhou nova versão com apelo esportivo. O Hyundai Creta Sport é a opção mais em conta da gama com motor 2.0 e câmbio automático. Espaço interno e design agradam, mas o consumo poderia ser melhor.

Um dos destaques no exterior do SUV compacto é o pacote Black Design, que “pinta” de preto brilhante detalhes que fazem a diferença. O kit traz para-choque frontal com contorno da grade hexagonal em preto brilhante e, no mesmo acabamento, barras de teto longitudinais, retrovisores com luz indicadora de direção, protetores de para-choque dianteiro e traseiro, além de faróis com projetor e luz diurna DRL de LED com marcação em preto no interior. Carro possui ainda rodas de liga leve diamantadas de 17 polegadas.

A diferença entre a unidade avaliada, modelo 2018,  e o SUV que está em oferta, ano/modelo 2019, está em alguns detalhes visuais: moldura em preto brilhante na tampa do porta-malas e emblema “Sport” no revestimento das portas dianteiras.

Hyundai-Creta-Sport-2018-36

Tabela de preços *linha 2019

Hyundai Creta Attitude 1.6 6MT – R$ 77.890
Hyundai Creta Pulse Plus 1.6 6AT – R$ 91.890
Hyundai Creta Sport 2.0 6AT – R$ 97.890
Hyundai Creta Prestige 2.0 6AT – R$ 103.990

Hyundai-Creta-Sport-2018-43
Completam o pacote sistema Start/Stop de parada do motor, vidros elétricos dianteiros e traseiros com função one-touch (descida) para motorista, assento do motorista regulável, volante com regulagem de altura e profundidade, piloto automático, chave canivete, espelhos retrovisores e maçanetas na cor do veículo, proteção plástica do para-choque na cor preta e maçanetas internas também em preto.

 A linha Hyundai Creta 2019 está disponível em oito cores: as tradicionais Branco Polar e Preto Onix, os tons metálicos Prata Metal, Prata Sand, Cinza Titanium e Bronze Terra, e as pinturas perolizadas Verde Forest e Vermelho Chilli.

Hyundai-Creta-Sport-2018-47

Hyundai-Creta-Sport-2018-64

Hyundai-Creta-Sport-2018-57

Hyundai-Creta-Sport-2018-1

Ficha Técnica Hyundai Creta Sport

Motor: Dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, 16V, comando duplo variável, flex
Capacidade: 1.999 cm³
Potência: 166/156 cv a 6.200 rpm
Torque: 20,5/19,1 kgfm a 4.700 rpm
Câmbio: Automático de seis marchas, tração dianteira
Direção: Elétrica
Suspensão: Independente McPherson (dianteira) e eixo de torção (traseira)
Freios: Discos ventilados (dianteira) e tambores (traseira)
Pneus: 215/60 R17
Dimensões
Comprimento: 4,27 m
Largura: 1,78 m
Altura: 1,63 m
Entre-eixos: 2,59 m
Tanque: 55 litros
Porta-malas: 431 litros (fabricante)
Peso: 1.399 kg
Consumo (Conpet):
Urbano: 6,9 km/l / 10 km/l (etanol/gasolina)
Rodoviário: 8,2 km/l / 11,4 km/l (etanol/gasolina)

Conceito Taigun será inspiração para o modelo compacto global.

Volkswagen deverá produzir novo compacto global no Brasil

Presidente mundial da Volkswagen visitou o Brasil e fez reunião para acertar acordo com funcionários. Marca planeja um mini-suv para mercados emergentes

 

Novo modelo compacto global terá visual de SUV.
Novo modelo compacto global terá visual de SUV.

 

Por Thiago Ventura

Durante visita relâmpago ao Brasil nessa terça-feira (14), o presidente mundial da Volkswagen, dr. Herbert Diess revelou que o país  deverá desenvolver um novo modelo compacto global da marca, com lançamento previsto para 2020. A novidade faz parte do plano  que prevê R$ 7 bilhões e o lançamento de 20 modelos.

O executivo, óbvio, não revelou exatamente qual produto global será produzido no Brasil. Contudo, temos nossa aposta:  a Volkswagen vai desenvolver um subcompacto com pegada de utilitário esportivo, baseado no conceito Taigun.

Durante a visita que durou pouco mais de 12 horas à unidade de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, Diess se reuniu com a direção local da empresa, concessionários e dirigentes sindicais. Na conversa com os sindicalistas, o presidente deixou claro que precisa da contribuição de todos para que o projeto seja economicamente viável. “A fábrica precisa ser muito competitiva”, afirmou Diess.

Volkswagen-Taigun_Concept-2012-1600-11

Essa informação vai de encontro com que apuramos em abril deste ano, quando o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC aprovou acordo firmado com a Volkswagen. Em 2012, com o anúncio do fim da produção da Kombi e do Gol geração 4, metalúrgicos da planta Anchieta ficaram com os empregos ameaçados. Em 2015, dentro do acordo que reverteu 800 demissões anunciadas pela empresa, foi assegurada a vinda de uma plataforma mundial. Assim, a aprovação do novo modelo  pelos funcionários faz parte do trâmite do acordo sindical. A vinda de dr. Diess para encontrar lideranças sindicais consolida o acordo. Em nome da manutenção dos empregos, os funcionários acertaram abrir mão de reajustes salariais e, por um tempo, aceitaram trabalhar com jornadas e salários reduzidos.

O modelo é o quinto SUV que a Volkswagen vai lançar no Brasil e será a opção mais barata. O projeto é conhecido pelo codinome ‘A0 CUV’ e vai concorrer com Renault Kwid e outros semelhantes. Ele deverá ter um pouco do conceito Taigun, revelado em 2014. Criado na plataforma do up!, a Volks tinha desistido do projeto, mas pelo visto será retomado, dessa vez com uma versão reduzida da plataforma MQB (a mesma do Polo). Será um modelo global, mas voltado para mercados emergentes.

Conceito Taigun será inspiração para o modelo compacto global.
Conceito Taigun será inspiração para o modelo compacto global.

Investimentos

O plano de investimento para o período de 2017 a 2020, de R$ 7 bilhões, não inclui aumento de capacidade. Prevê modernização das fábricas e 20 lançamentos, dos quais faltam dez. O foco principal são os utilitários-esportivos, segmento que mais cresce em vendas no País e do qual a marca não participa com produtos locais. Serão cinco novos SUVs. Um deles, o T-Cross, será produzido na unidade de São José dos Pinhais (PR) no fim do ano para início de vendas no primeiro semestre de 2019. Uma nova picape também será apresentada em novembro.

Dr. Herbert Diess, presidente mundial da Volkswagen.
Dr. Herbert Diess, presidente mundial da Volkswagen.

Lucro da Volks

Embora a Volkswagen registre prejuízo na América do Sul, a operação global da Volkswagen registrou lucro de € 9,8 bilhões no primeiro semestre, cifra quase 10% acima do resultado de igual período de 2017, mesmo com o escândalo conhecido como Dieselgate que levou a empresa a perder participação de mercado em sua casa, a Alemanha.

A companhia vendeu globalmente 11 milhões de veículos com um sistema que fraudava a medição de emissões de poluentes, o que lhe rendeu prejuízos de ¤ 25 bilhões, boa parte em ações judiciais. Só no primeiro semestre foi pago ¤ 1,6 bilhão a clientes que foram à Justiça. (Com informações da Agência Estado)

Volkswagen-Taigun_Concept-2012-1600-0c

 

Mercedes-Benz-Programa-de-Estagio

Mercedes-Benz abre vagas de estágio para Engenharia em SP e MG

São mais de 100 vagas para áreas de Engenharia, Recursos Humanos, Marketing, Vendas e Tecnologia da Informação, dentre outras

Mercedes-Benz-Programa-de-Estagio

A Mercedes-Benz do Brasil está com inscrições abertas, entre 1º de agosto e 15 de outubro, para o Programa de Estágio 2019. A montadora alemã oferece 130 vagas para as unidades de São Bernardo do Campo, Campinas e Iracemápolis, no Estado de São Paulo, Juiz de Fora, em Minas Gerais, e também para os escritórios de vendas em Mauá, região metropolitana de São Paulo, e de Betim, cidade mineira.

Para estagiar na maior fabricante de todos os segmentos de veículos da América Latina (Caminhões, Ônibus, Comerciais Leves e Automóveis), o candidato deve estar cursando o penúltimo ou último ano de graduação em cursos que envolvam as áreas de Engenharia, Pesquisa e Desenvolvimento; Produção e áreas correlatas; Recursos Humanos; Compras; Vendas & Marketing; Finanças & Controlling e Tecnologia da Informação. Também é necessário inglês nível intermediário e desejável conhecimento em alemão e/ou espanhol.

Os candidatos deverão se inscrever pelo site www.vagas.com.br/mercedesbenz. Após a seleção de currículos, os selecionados passarão por testes online de conhecimentos gerais e de inglês, testes presenciais de inglês e redação, dinâmica de grupo e entrevista individual.

Como benefício aos estagiários contratados, a Mercedes-Benz oferece bolsa auxílio, auxílio transporte, ônibus fretado, restaurante no local, assistência médica gratuita, seguro de acidentes pessoais e o Clube Estrelas de Vantagens (desconto em diversas instituições de ensino parceiras).

 

77

Volkswagen Gol e Voyage ganham opção de câmbio automático

Modelos têm motor 1.6 de 120 cv e preços a partir de R$ 54,5 mil para o hatch e R$ 59,9 mil para o sedã

77

Por Thiago Ventura

Tchau iMotion! Marca alemã lança no mercado a opção automática para a linha Gol e Voyage 2019.  É a primeira vez que a dupla de modelos compactos recebe esse tipo de transmissão.  Os carros já haviam sido equipados com câmbio automatizado i-Motion, mas esse tipo de opção já saiu do gosto do consumidor há um bom tempo!

Voyage e Gol chegam disponíveis em versão única de acabamento. Assim, a Linha 2019 oferece três opções de motor e duas de câmbio: 1.0 (84 cv) e 1.6 (104 cv) com transmissão manual de cinco marchas e 1.6 MSI (120 cv) com transmissão automática.

44

As configurações com transmissão automática chegam para atender a várias demandas de mercado, que vão desde clientes que procuram ótima relação custo-benefício e conforto a frotistas e pessoas com deficiência (PCD). As versões automáticas são sempre acopladas com o 1.6 de 120 cv (88 kW) com etanol e 110 cv (81 kW) com gasolina a 5.750 rpm, com torque máximo de 165 Nm (16,8 kgfm) com etanol e 155 Nm (15,8 kgfm) com gasolina, ambos a 4.000 rpm.

22

Com esse motor, o Gol acelera de 0 a 100 km/h em 10,1 segundos e atinge 185 km/h de velocidade máxima (etanol). O Voyage, com o mesmo conjunto, acelera de 0 a 100 km/h em 10,2 segundos e atinge 190 km/h de velocidade máxima (etanol). A transmissão oferece a opção de trocas manuais sequenciais Tiptronic – por meio da alavanca de câmbio ou pelas aletas atrás do volante multifuncional (opcional) – e também conta com o modo de acionamento esportivo (posição “S”), que altera os momentos das trocas de marchas para rotações mais elevadas.

Os modelos têm três anos de garantia de fábrica sem limite de quilometragem e são oferecidos em cinco cores: três sólidas (Branco Cristal, Preto Ninja e Vermelho Flash) e duas metálicas (Prata Sirius e Cinza Platinum).

33

Tabela de preços

Gol MSI AT6: R$ 54.580
Voyage MSI AT6: R$ 59.990

 

Pacotes de opcionais

O pacote “Urban Completo” acrescenta aos modelos itens visuais e funcionais como rodas de liga leve de 15”, alarme keyless, chave tipo “canivete” com controle remoto, retrovisores e maçanetas pintados na cor do veículo, grade do radiador pintada em preto ninja e espelhos retrovisores externos com ajuste elétrico, função tilt down (lado direito) e luzes indicadoras de direção integradas.

A função “tilt down”, uma exclusividade dos modelos Volkswagen em suas categorias, está presente em modelos como Golf e Jetta. Esse recurso regula automaticamente o espelho retrovisor do lado do passageiro, apontando para o meio-fio toda vez que a marcha à ré é engatada. Ao desengatar a marcha à ré, o espelho retorna exatamente à posição que estava ajustado previamente. O “tilt down” ainda permite que o motorista ajuste o quanto deseja que o espelho seja rebaixado ao ser acionado, melhorando o campo de visão do meio-fio.

66

Complementam o pacote “Urban Completo” sensor de estacionamento traseiro, vidros elétricos dianteiros e traseiros, destravamento elétrico da tampa traseira com controle remoto, travamento elétrico das portas com controle remoto, para-sol com espelho iluminado, faróis duplos (exclusividade na categoria), farol de neblina, lanterna traseira escurecida, 2 luzes de leitura dianteiras e 2 traseiras, alças de segurança no teto e coluna de direção com ajuste de altura e distância.

Outro opcional disponível para os modelos Gol e Voyage 2019 é o “Interatividade Composition Touch” que traz o sistema de Infotainment com 4 alto-falantes, 2 tweeters e “I-System com Eco-Comfort” – computador de bordo e volante multifuncional com comando de sistema de som e do “I-System”.

55

O sistema Composition Touch conta ainda com entradas USB e para SD-card, conexão Bluetooth e permite conectividade por meio do App-connect (Android Auto, Apple CarPlay e Mirrorlink).

Como ação especial para o lançamento da linha 2019, os modelos Gol e Voyage também terão como opcional o pacote “Interatividade Discover Media”, que traz o sistema mais tecnológico do grupo Volkswagen – a um preço atrativo.

O sistema ‘Discover Media’ permite conectividade avançada com os smartphones por meio do App-Connect (Android Auto, Apple CarPlay e Mirrorlink). Com tela colorida sensível ao toque (touchscreen) com sensor de aproximação, oferece ampla interatividade, com várias opções de informação e entretenimento, além de visual moderno e tecnológico. Permite conexão Bluetooth para até dois celulares e possui uma entrada USB. Esse sistema de infotainment traz adicionalmente recurso de navegação que se destaca pela facilidade de uso e interatividade com o painel de instrumentos, possibilitando uma condução mais segura e confortável. Esse sistema também contempla o “MapCare”, que permite a atualização periódica gratuita da base de mapas durante toda a vida do veículo. Fotos, vídeos e músicas em diversos formatos são alguns exemplos de mídias que podem ser “lidas”.

99

88

Ka 2018-4379press (1)

Ford Ka 2019 reestilizado chega ao mercado de R$ 45,4 mil a R$ 70,9 mil

Compacto americano exibe nova dianteira e oferece opção de câmbio automático de seis marchas com motor 1.5. Ford Ka 2019 tem ainda novo sistema Sync  3 nas versões top


Por Thiago Ventura

Modelo reestilizado chega ao mercado nesta semana. O #ka2019 ganhou mudanças no para-choques, grade e lanternas. Além disso ganhou duas novas versões: FreeStyle hatch e Titanium, para hatch e sedã. Também perdeu o ‘+’: Ka+ agora é Ka Sedan. No interior, o sistema multimídia Sync 3, atualizado, com tela touch flutuante de 6,5 polegadas, passou a equipar as versões mais caras.

Carro tem opção de motor 1.5 3 cilindros de 128 (G)/136 (E) cv de potência e 152/157 Nm de torque. Há o 1.0 também de três cilindros de 80/85 cv e 100/105 Nm. Transmissão manual de seis marchas ou automática de seis.

Ka 2019 ganhou reforços estruturais na carroceria e mais itens de segurança. Com isso, o fabricante tenta corrigir o mau resultado do Ka no crash test do Latin NCAP: avaliado em dezembro de 2017, o modelo tirou nota zero!

Confira os preços:

Ka hatch S 1.0: R$ 45.490
Ka hatch SE 1.0: R$ 45.990
Ka hatch SE 1.5: R$ 51.990
Ka hatch SE 1.5 automático: R$ 56.490
Ka hatch SE Plus: 1.0: R$ 48.490
Ka hatch SE 1.5: R$ 54.490
Ka hatch SE 1.5 automático: R$ 58.990
Ka hatch FreeStyle 1.5 manual: R$ 63.490
Ka hatch FreeStyle 1.5 automático: R$ 67.990
Ka hatch Titanium 1.5 automático: R$ 68.990

Ka sedã SE 1.0: R$ 49.490
Ka sedã SE 1.5: R$ 55.490
Ka sedã SE 1.5 automático: R$ 59.990
Ka sedã SE Plus 1.0: R$ 51.990
Ka sedã SE Plus 1.5: R$ 57.990
Ka sedã SE Plus 1.5 automático: R$ 62.490
Ka sedã SEL 1.5: R$ 65.990
Ka sedã Titanium 1.5 automático: R$ 70.990