Blog DIREITO / EXAME DA OAB

Exame de Ordem: Duas semanas!

31/08/2015 20:42:39

 

o-tempo-voa

Faltando duas semanas para a segunda etapa do XVII  Exame de Ordem, prevista para o dia 14 de setembro, o momento é de reforçar os estudos, aproveitando inclusive esse feriado do dia 07 de setembro, até mesmo porque sei que muitos dos examinandos trabalham, então a ordem é otimizar todo o tempo possível.

Vale lembrar que a segunda etapa da prova da OAB traz aos candidatos quatro questões discursivas e uma peça profissional para fazer.

As questões serão na área que o candidato escolheu no ato da inscrição: direito administrativo, direito civil, direito constitucional, direito empresarial, direito penal, direito do trabalho e direito tributário.

A peça tem o valor de cinco pontos e as quatro questões juntas também valem cinco pontos. Para passar, o examinando precisa fazer seis pontos. 

Visando um melhor aproveitamento nesta reta final de preparação e também para o dia da prova há algumas dicas que certamente irão ajudar e em muito os examinandos.

Na hora de estudar:

1 Além de estudar a peça, pratique a resolução das questões

Muitos examinandos fimam tão preocupados com a peça e negligenciam o estudo das questões, assim, além de estudar as peças, é preciso treinar a resolução de questões. Vale lembrar se o candidato zerar as questões ele não passa no exame, assim como se ele zerar na peça. Dessa forma estude questões antigas, busque aquelas que já foram cobradas e treine, treine muito.

2 Aposte no material mais atualizado

A OAB pode cobrar súmulas dos tribunais que saíram até a publicação do edital.  Por isso, o candidato deve estar bastante atento à atualização do seu material.  É necessário investir na atualização dos códigos e coleções.

3 Habitue-se ao material que terá no dia da prova

Estar totalmente familiarizado com o material de consulta para a prova é essencial. No exame  o candidato pode apenas usar o código, a legislação seca, sem anotações. O uso do índice remissivo das coleções Vade Mecum e dos códigos é o primeiro passo.

4 Faça simulados para treinar o gerenciamento do tempo

Por ter um tempo exíguo, resolva provas anteriores e fique de olho no relógio. Assim é possível ter a noção de gerenciamento do tempo, fundamental para conseguir fazer a peça e resolver as questões a tempo.

5 Crie condições semelhantes às da prova

Nada de digitar texto. No dia da prova o candidato é obrigado a escrever a mão, portanto deve treinar este tipo de escrita. As pessoas não têm mais costume de escrever, então também devem tomar cuidado com a letra. Lembre-se, o examinador não terá toda a disposição do mundo para decifrar o que está escrito, caso esteja ilegível.

O tamanho da letra também deve ser observado.  Vale lembrar que o edital prevê que  não serão aceitas respostas que não estejam dentro dos limites da folha.

6 Descanse na noite anterior

A prova é longa e exige máxima concentração. Por isso, perder horas de sono na véspera pode comprometer o desempenho do candidato mais cansado. A dica é descansar na noite de sábado para domingo, o candidato pode até dar uma lida em textos, mas não adianta ficar estudando muito nestas horas finais.

Na hora da prova

7 Chegue com antecedência ao local de prova

Segundo prevê o edital, os candidatos devem chegar ao local de prova 1h30 antes do início da prova.  Lembrando que se trata do horário oficial de Brasília.

8 Questão fácil? Responda logo

Logo na primeira leitura, pode aparecer uma questão de fácil resposta.  Em seguida, comece a elaboração da peça, e somente depois retorne às outras questões.

9 Atente aos termos jurídicos no enunciado da peça

A primeira leitura , geralmente, é assustadora e acompanhada por muitas interrogações. Por isso, sugiro que o examinando leia o enunciado, das questões mais de uma vez antes de responder. Nesta segunda leitura, circule os termos jurídicos que encontra no texto, uma vez que serão essas palavras que o examinando irá encontrar nos índices remissivos.

10 Jamais deixe uma questão em branco

Vale lembrar que, diferentemente da prova objetiva na primeira etapa, há a possibilidade de ser aferido nota àquilo que for escrito pelo examinando, mesmo que sejam “apenas” 0,25 pontos, já que essa pontuação poderá fazer a diferença e resultar em uma aprovação. Se não souber a resposta procure termos do enunciado no código, indique artigos, mas jamais deixe questão em branco.

Comentários