JESUÍTAS: 500 ANOS DE TRADIÇÃO E EXCELÊNCIA ASSINE NOSSA NEWSLETTER CONTATO

Colunas Juliano Paiva

16/04/2012  |  domtotal.com

Mais do mesmo

A primeira fase do Campeonato Mineiro finalmente chegou ao fim. Foram pouco mais de dois meses, mas pareciam dois anos. A competição literalmente se arrastou neste início de ano. Sem grandes times e sem público. Este é o triste resumo do Estadual.

Ficou claro mais uma vez que o Mineiro não acrescenta nada. A cada ano o nível técnico fica ainda mais baixo. Equipes do interior não são páreo para as da capital. E olha que neste ano de 2012, Atlético, Cruzeiro e América também estão devendo e muito.

Agora é o que vale. É como se o Mineiro só começasse realmente com as semifinais. Só espero que o campeão seja crítico o suficiente para admitir que precisará se reforçar para as competições que realmente importam. Seja quem for que leve o caneco. 

Chapecoense

O Cruzeiro jogou mal em Santa Catarina e decidirá sua sorte na Copa do Brasil em Sete Lagoas, contra a Chapecoense. Apesar de a Raposa estar longe de lembrar aquelas equipes que enchiam os olhos de seu torcedor, o time catarinense não deve ser um grande obstáculo.

Vai pesar a camisa. O Cruzeiro é tradicionalíssimo na Copa do Brasil, torneio que já faturou quatro vezes. Já a Chapecoense apenas participa desta edição. Tudo isso na teoria, claro, pois o grande barato deste torneio nacional são as zebras que, invariavelmente, surgem do nada. Mas, sinceramente, é difícil imaginar uma eliminação celeste.

Novo treinador de goleiros do Galo

O Atlético fechou com o treinador de goleiros da Seleção Brasileira, Chiquinho. Ele estava no Grêmio e chega para tentar resolver um problema sério no Alvinegro. Faz muito tempo que o Galo não tem um goleiro confiável.

Na última coluna listei os grande goleiros da história do Atlético. O internauta Fábio Foureaux me lembrou de um outro excelente goleiro que passou batido no texto: Velloso. É verdade. Velloso também honrou a camisa 1 do Galo.

Independência com Argentino Juniors

O adversário do América na reinauguração do Independência será o Argentinos Juniors, equipe tradicional em seu país e famosa, principalmente, por ter revelado Diego Maradona. Seu caneco mais importante é o da Taça Libertadores em 1985. A equipe tem ainda três campeonatos argentinos, os de 1984, 1985 e 2010.

Mas o adversário do Coelho não está nos seus melhores dias. A equipe está no meio da tabela do Campeonato Argentino, o Clausura, e longe do líder Boca Juniors. Ou seja, aconteceu o mais provável.  Vem time meia boca aí para reinaugurar o estádio.

Melhor mesmo seria trazer o próprio Boca Juniors ou outro grande sul-americano.

Rio Grande

No Rio Grande do Sul, o Grêmio enfrentará o Universidade na semifinal da Taça Farroupilha, enquanto o Internacional pega o Veranópolis. Bom, o mais provável, claro, é que tenhamos um Grenal na final da Farroupilha. Resta saber o quanto gremistas e colorados estarão interessados no Estadual já que ambos têm objetivos bem mais nobres na temporada. A Copa do Brasil e a Libertadores, respectivamente.

Rio de Janeiro

Na Taça Rio, o Flamengo, depois do vexame na Libertadores, terá pela frente o Vasco na semifinal. Já o Botafogo vai enfrentar o Bangu. O Fluminense ficou de fora, mas já está garantido na final do Campeonato Carioca por ter vencido a Taça Guanabara.

O Fluzão quer mesmo é o caneco da Libertadores. Ficar de fora neste momento não foi ruim, pois o time carioca ainda tem chances reais de ser o primeiro colocado geral na primeira fase do torneio continental.

São Paulo

Já o Paulistinha, acredite se quiser, terá quartas de final. Os quatro grandes estão classificados. Corinthians, São Paulo e Santos garantiram os três primeiros lugares nesta ordem. O Palmeiras ficou em quinto e pega o quarto colocado, Guarani, reeditando a final do Campeonato Brasileiro de 1978, vencida pelo Bugre.


Juliano Paiva é jornalista formado na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Atualmente editor do Dom Total, Paiva trabalhou nos jornais O Tempo, Hoje em Dia e no extinto Diário da Tarde, tradicional periódico de Belo horizonte fechado pelos Associados Minas em julho de 2007. No DT, começou como repórter da editoria Cidades, mas, na época do fechamento do jornal, fazia cobertura esportiva. Também foi responsável pela cobertura de jogos do Campeonato Brasileiro para a Folha de São Paulo no segundo semestre de 2007.






Comentários









Insira o código abaixo:


Doriva | 17/04/2012 20:10
O Campeonato Mineiro está morto e só a FMF não sabe disso. Culpa tb dos dirigentes dos grandes clubes que não batem o pé. Dis *** r um acompetição tão deficitária como essa é sinonimo de inconpetência. Não tem desculpa.
responder comentário Responder Doriva








Insira o código abaixo:





Outros artigos

Vídeos

ONU: escassez de alimentos nos países afetados pelo ebola
Acervo de Entrevistas

Agenda Cultural

Cinema  |  Teatro  |  Shows
Filmes Sex Tape: Perdido na Nuvem
"Sex Tape"
Comédia
1h37min.

Enquete

Qual time mineiro chegará mais longe na Copa do Brasil?

O Cruzeiro, pois tem o melhor time e elenco.
O Atlético, pois está com mais experiência em mata-mata.
Os dois clubes vão chegar à final, pois têm os melhores times.

Participe e concorra a prêmios.

TV DomTotal

Prof. Danilo Mondoni: Luzes do Cristianismo
Mais

Revista

Vol. 10 / Nº 19

CAPES: Qualis B1
Entre as melhores do Brasil