Economia

19/05/2017 | domtotal.com

Após dia de tensão no mercado, dólar abre em queda e Bolsa tem leve alta

Na quinta-feira, a Bovespa desabou 8,80% - maior queda desde outubro de 2008 - e a moeda americana subiu 8,07%, o terceiro maior ganho da história.

O principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo registrou alta de 1,53%, a 62.614 pontos.
O principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo registrou alta de 1,53%, a 62.614 pontos. (Divulgação)

O dólar comercial iniciou o dia em queda, e bolsa de valores mostrou valorização. Por volta das 10h20, o dólar era cotado para venda a R$ 3,30, com queda de 2,49%, depois da alta de ontem de 7,9%, a R$ 3,38, em relação à crise política instalada após divulgação de parte do conteúdo da delação dos empresários Joesley Batista e Wesley Batista, donos do grupo JBS.

Ontem, o Banco Central (BC) informou que fará leilões de swap cambial tradicional hoje (19), na segunda (22) e na terça-feira (23). A operação equivale à venda de dólares no mercado futuro e ajuda a segurar a alta ou a forçar a queda da moeda norte-americana. Ontem, o BC realizou quatro intervenções no mercado cambial.

O BC destacou, em comunicado que “permanece atento à condições de mercado e, sempre que julgar necessário, poderá realizar operações adicionais de swap”.

Bolsa de valores

O principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (BM&F Bovespa) – Ibovespa – registrou alta de 1,53%, a 62.614 pontos. Ontem, no primeiro dia de funcionamento do mercado financeiro depois da divulgação das delações premiadas, o índice fechou o dia com retração de 8,8%, aos 61.597 pontos. Às 10h21 de ontem, o pregão registrou queda de 10,47% e foi suspenso por meia hora, mecanismo conhecido como circuit breaker, que paralisa as negociações em momentos de fortes quedas.


Agência Brasil

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas