;
Religião

19/06/2017 | domtotal.com

Recuperada a relíquia de Dom Bosco: a alegria da Igreja de Turim


Após 13 dias de investigações foi encontrada pela polícia italiana, em uma casa na localidade de Pinerolo, a relíquia de Dom Bosco. Preso o responsável pelo roubo, enquanto a comunidade dos Salesianos e o Arcebispo de Turim, Dom Cesare Nosiglia expressam alegria e gratidão.

Foi finalmente recuperada pela polícia italiana em Pinerolo, perto de Turim, a ampola na qual são conservados os restos mortais de Dom Bosco, roubada da Basílica de Castelnuovo. Escondida em um bule de cobre, dentro de um armário da cozinha na casa de um homem de 42 anos de idade, a relíquia foi encontrada em perfeito estado de conservação, enquanto o homem depois de admitir a sua responsabilidade foi levado para a prisão de Asti. Segundo os investigadores por trás do roubo, que ocorreu entre as 18 e 20 horas do dia 02 de junho, quando o fluxo de peregrinos era reduzido, não haveria nem o desejo de pedir resgate, nem seria um crime sob comissão de um colecionador, mas apenas equivocada convicção de que a tampa do relicário fosse de valor.

Alívio para a comunidade salesiana e para os fiéis devotos do Santo dos jovens, mas também alegria e gratidão foram expressos pelo Arcebispo de Turim, Dom Cesare Nosiglia que agradeceu a polícia por ter resolvido a questão do furto, embora convencido de que a oração e a condenação unânime dos “amigos de Dom Bosco” fizeram a sua parte. “Espero - disse Dom Nosiglia - que os jovens de todo o mundo possam seguir seu exemplo e ter sentimentos de bondade e misericórdia, mesmo para com aqueles que cometem más ações, porque é isso que Jesus nos ensinou”.


Rádio Vaticano

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas