Esporte Futebol Nacional

17/07/2017 | domtotal.com

Aranha critica vaias da torcida gremista: "É triste o conceito de vida deles"

Apesar de elogiar um cartaz de desculpas carregado por dois indivíduos, ele se mostrou magoado e lamentou as vaias.

Em 2014, atleta já havia sofrido injúrias raciais, sendo chamado, inclusive, de “macaco”, pelos gremistas.
Em 2014, atleta já havia sofrido injúrias raciais, sendo chamado, inclusive, de “macaco”, pelos gremistas. (PontePress/RodrigoCeregatti.)
Três anos após o grave episódio de racismo que sofreu na Arena de Porto Alegre, Aranha se reencontrou com a torcida gremista neste domingo e voltou a ter problemas. O goleiro da Ponte Preta foi vaiado por diversas vezes pelos espectadores e fez duras críticas às atitudes.

Logo após a derrota da equipe de Campinas por 3 a 1, na saída do gramado, Aranha foi questionado sobre a recepção por parte dos tricolores. Apesar de elogiar um cartaz de desculpas carregado por dois indivíduos, ele se mostrou magoado e lamentou as vaias.

Não que eles não esquecem desse episódio, eles são assim aqui. Agora não diretamente, mas são assim”, declarou o arqueiro, à SporTV, que completou.

“Não deu para ler (o cartaz), mas sempre tem as exceções. É triste o conceito de vida que eles têm aqui”.

O conflito do goleiro com os torcedores do Grêmio começou em 2014, quando ainda defendia o Santos. À época, o Peixe visitou o Tricolor e Aranha sofreu injúrias raciais, sendo chamado, inclusive, de “macaco”. Por conta do lamentável episódio, o time de Porto Alegre foi punido com perda de pontos na Copa do Brasil, o que gerou a eliminação da equipe.


Gazeta Esportiva

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!


Instituições Conveniadas