;
Economia

11/10/2017 | domtotal.com

IPC-Fipe avança 0,10% na 1ª quadrissemana de outubro

Na primeira leitura deste mês, ganharam força ou mostraram deflação mais contida os grupos Alimentação, Transporte, Despesas Pessoais, Vestuário e Educação.

Na primeira leitura deste mês, ganharam força ou mostraram deflação mais contida os grupos Alimentação, Transporte, Despesas Pessoais, Vestuário e Educação.
Na primeira leitura deste mês, ganharam força ou mostraram deflação mais contida os grupos Alimentação, Transporte, Despesas Pessoais, Vestuário e Educação. (Divulgação)

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,10% na primeira quadrissemana de outubro, após registrar avanço marginal de 0,02% em setembro, segundo dados publicados hoje pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Na primeira leitura deste mês, ganharam força ou mostraram deflação mais contida os grupos Alimentação (de -0,81% em setembro para -0,30% na primeira quadrissemana de outubro), Transportes (de 0,65% para 0,67%), Despesas Pessoais (de 0,45% para 0,53%), Vestuário (de -0,19 para -0,03%) e Educação (de estável para 0,04%).

Por outro lado, desaceleraram os grupos Habitação (de 0,18% para estável) e Saúde (de 0,30% para 0,12%).

Veja abaixo como ficaram os itens que compõem o IPC-Fipe na primeira quadrissemana de outubro:

- Habitação: 0,00%

- Alimentação: -0,30%

- Transportes: 0,67%

- Despesas Pessoais: 0,53%

- Saúde: 0,12%

- Vestuário: -0,03

- Educação: 0,04%

- Índice Geral: 0,10%


Agência Estado

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas