;
Mundo

11/10/2017 | domtotal.com

Modelo negra de propaganda polêmica da Dove defende anúncio considerado racista

"Minha experiência com a equipe da Dove foi positiva", declarou.

A marca de cosméticos Dove, propriedade da gigante holandesa Unilever, pediu desculpas após a difusão online de um anúncio que ganhou muitas acusações de racismo
A marca de cosméticos Dove, propriedade da gigante holandesa Unilever, pediu desculpas após a difusão online de um anúncio que ganhou muitas acusações de racismo (AFP)

A jovem modelo negra que estrelou a propaganda da marca de cosméticos Dove considerada racista defendeu, nesta quarta-feira (11), o anúncio, afirmando que o objetivo do mesmo era mostrar que "todas as peles precisam de cuidados".

"Minha experiência com a equipe da Dove foi positiva", declarou Lola Ogunyemi em uma coluna publicada no jornal britânico The Guardian.

"Todas as mulheres que participaram do projeto entenderam o conceito e o objetivo principal: utilizar nossas diferenças para ilustrar o fato de que todas as peles precisam de cuidados", ressaltou.

Na propaganda em questão, um anúncio de três segundos para um sabão líquido, a mulher negra tira uma camiseta marrom para revelar uma mulher branca, que remove sua camiseta e revela uma terceira mulher branca.

O vídeo, originalmente transmitido na página Facebook da Dove Estados Unidos e pouco depois suprimido, foi amplamente denunciado pelos internautas em todo o mundo.

"Vejo como o material que circulou na rede pode ser mal interpretado, considerando que a Dove já foi atacada pelo mesmo assunto no passado" e que "há uma falta de confiança". Mas essas acusações trazem "muitas omissões" e não permitem que o público construa uma "opinião clara", continuou a modelo.

Para ela, a Dove, que se desculpou publicamente, "também poderia ter defendido sua visão criativa" e "o fato de que me incluíam como um dos rostos de sua campanha", insistiu.

Em 2011, a Dove (grupo Unilever) foi acusada de racismo por outro anúncio estrelado por três mulheres, uma negra, uma morena e uma branca. A mulher negra aparecia em frente ao cartaz "Antes", com pele seca, e a mulher branca carregava o cartaz "Depois", apresentando uma pele hidratada. A morena aparecia entre as duas.


AFP

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas