ESDHC

21/10/2017 | domtotal.com

Equipe da Argélia vence edição 2017 do TRI-e ganha viagem à Holanda

Costa do Marfim e Argélia fizeram a final do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e), que lotou auditório da Dom Helder para simular julgamento de Direito Internacional.

Equipe da Argélia recebe certificado de 1º lugar das mãos do juiz federal Itelmar Raydan Evangelista.
Equipe da Argélia recebe certificado de 1º lugar das mãos do juiz federal Itelmar Raydan Evangelista. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Delegação da Costa do Marfim ganhou viagem para visitar o Supremo Tribunal Federal (STF).
Delegação da Costa do Marfim ganhou viagem para visitar o Supremo Tribunal Federal (STF). Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Presidente da sessão final do TRI-e e a delegação da Argélia.
Presidente da sessão final do TRI-e e a delegação da Argélia. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e).
Grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e). Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reitor da Dom Helder, prof. Paulo Stumpf SJ discursa na abertura dos trabalhos.
Reitor da Dom Helder, prof. Paulo Stumpf SJ discursa na abertura dos trabalhos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e).
Grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e). Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Os trabalhos foram iniciados pelo professor Franclim Brito, coordenador do curso de Direito Integral e reitor da Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE).
Os trabalhos foram iniciados pelo professor Franclim Brito, coordenador do curso de Direito Integral e reitor da Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e).
Grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e). Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e).
Grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e). Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
juiz federal Itelmar Raydan Evangelista e corpo de jurados na final do TRI-e.
juiz federal Itelmar Raydan Evangelista e corpo de jurados na final do TRI-e. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
A Costa do Marfim convocou  Abdoul Razack Fassassi, cidadão do Benin e estudante de Economia na UFMG
A Costa do Marfim convocou Abdoul Razack Fassassi, cidadão do Benin e estudante de Economia na UFMG Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Argélia convidou o professor e médico sanitarista Apolo Heringer Lisboa.
Argélia convidou o professor e médico sanitarista Apolo Heringer Lisboa. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Professor Renato Campos Andrade lista as regras de avaliação para os jurados do TRI-e.
Professor Renato Campos Andrade lista as regras de avaliação para os jurados do TRI-e. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Pró-reitora de Administração, prof.ª Cácia Rita Stumpf, e a prof.ª Camila Martins de Oliveira
Pró-reitora de Administração, prof.ª Cácia Rita Stumpf, e a prof.ª Camila Martins de Oliveira Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Equipe da Costa do Marfim: Leo Martins, Nathália Miranda, Luna Campos, Mariana Capanema e Bárbara Pawelkiewicz.
Equipe da Costa do Marfim: Leo Martins, Nathália Miranda, Luna Campos, Mariana Capanema e Bárbara Pawelkiewicz. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Equipe da Argélia: Laís Bitencourt, Ana Clara Fernandes, Augusto Sérgio, Camila Loureiro e Luíza Belém.
Equipe da Argélia: Laís Bitencourt, Ana Clara Fernandes, Augusto Sérgio, Camila Loureiro e Luíza Belém. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Pró-Reitora Administrativa, Rita Cácia Stumpf, e o reitor da Dom Helder, Paulo Stumpf, SJ.
Pró-Reitora Administrativa, Rita Cácia Stumpf, e o reitor da Dom Helder, Paulo Stumpf, SJ. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Professora Danielle Maciel Ladeia Wanderley, uma das juradas da final.
Professora Danielle Maciel Ladeia Wanderley, uma das juradas da final. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e).
Grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e). Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Professor Caio Augusto Souza Lara.
Professor Caio Augusto Souza Lara. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Fernanda Andrade, do corpo de jurados.
Fernanda Andrade, do corpo de jurados. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Flavio Henrique Rosa.
Flavio Henrique Rosa. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Bruno Fabricio da Costa.
Bruno Fabricio da Costa. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e).
Grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e). Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
juiz federal Itelmar Raydan Evangelista, da 20ª Vara Cível do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, presidente da plenária final do TRI-e.
juiz federal Itelmar Raydan Evangelista, da 20ª Vara Cível do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, presidente da plenária final do TRI-e. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Pró-Reitor de Pós-Graduação, professor Kiwonghi Bizawu, e Abdoul Razack Fassassi.
Pró-Reitor de Pós-Graduação, professor Kiwonghi Bizawu, e Abdoul Razack Fassassi. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Franclim Jorge Sobral de Brito, Kiwonghi Bizawu, Rita Cácia Stumpf e Abdoul Razack Fassassi.
Franclim Jorge Sobral de Brito, Kiwonghi Bizawu, Rita Cácia Stumpf e Abdoul Razack Fassassi. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Pró-reitora de Ensino, Anacélia Santos Rocha, e a pró-reitor Administrtiva, Cácia Rita Stumpf.
Pró-reitora de Ensino, Anacélia Santos Rocha, e a pró-reitor Administrtiva, Cácia Rita Stumpf. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Apolo Heringer Lisboa e os membros da equipe da Argélia.
Apolo Heringer Lisboa e os membros da equipe da Argélia. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Abdoul Razack Fassassi foi testemunha de defesa da Costa do Marfim.
Abdoul Razack Fassassi foi testemunha de defesa da Costa do Marfim. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Alunos receberam a menção Honrosa no TRI-e.
Alunos receberam a menção Honrosa no TRI-e. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Alunos receberam a menção Honrosa no TRI-e.
Alunos receberam a menção Honrosa no TRI-e. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Alunos receberam a menção Honrosa no TRI-e.
Alunos receberam a menção Honrosa no TRI-e. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Alunos receberam a menção Honrosa no TRI-e.
Alunos receberam a menção Honrosa no TRI-e. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Alunos receberam a menção Honrosa no TRI-e.
Alunos receberam a menção Honrosa no TRI-e. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Alunos receberam a menção Honrosa no TRI-e.
Alunos receberam a menção Honrosa no TRI-e. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
A estudante de Direito Carolinne Ferreira Viana foi sorteada entre os participantes para acompanhar o grupo na viagem à Haia.
A estudante de Direito Carolinne Ferreira Viana foi sorteada entre os participantes para acompanhar o grupo na viagem à Haia. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Professora Marina França Santos, juiz federal Itelmar Raydan Evangelista e os professores Caio Augusto Souza Lara e Renato Campos Andrade.
Professora Marina França Santos, juiz federal Itelmar Raydan Evangelista e os professores Caio Augusto Souza Lara e Renato Campos Andrade. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Vibração da equipe primeira colocada, que ganhou viagem à Haia.
Vibração da equipe primeira colocada, que ganhou viagem à Haia. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reitor da Dom Helder, prof. Paulo Stumpf SJ ao lado de convidados e jurados do TRI-e.
Reitor da Dom Helder, prof. Paulo Stumpf SJ ao lado de convidados e jurados do TRI-e. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e).
Grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e). Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Professora Marina França Santos, jurada na final do TRI-e.
Professora Marina França Santos, jurada na final do TRI-e. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Ana Luíza Cabral, jurada da Grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e).
Ana Luíza Cabral, jurada da Grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e). Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Fernando Barotti, jurado na grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e).
Fernando Barotti, jurado na grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e). Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Elisa Resende, jurada da grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e).
Elisa Resende, jurada da grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e). Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e).
Grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e). Foto (Thiago Ventura/Domtotal)
Grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e).
Grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e). Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e).
Grande Final da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e). Foto (Thiago Ventura/DomTotal)

Por Thiago Ventura
Repórter DomTotal


“Pode um Estado construir um muro em suas fronteiras como medida protetiva de combate à imigração ilegal e refúgio?” Com tese contrária à essa ideia, a equipe que representa a República Democrática Popular da Argélia foi a vencedora da edição 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e), promovido pela Dom Helder Escola de Direito, na final realizada neste sábado (21), em Belo Horizonte. Eles levaram a preferência do corpo de juízes, com placar de 7x2 em relação à equipe da República da Costa do Marfim, que ficou com a segunda colocação.

Como prêmio, a equipe formada pelos acadêmicos de Direito da Dom Helder Augusto Sérgio e Ana Clara Fernandes e das alunas do Colégio Santo Agostinho (Contagem), Camila Loureiro, Laís Bitencourt e Luíza Belém ganhou uma viagem para conhecer o Corte Internacional de Justiça, na Holanda, no Reino dos Países Baixos.

Já a Delegação da Costa do Marfim leva como prêmio uma viagem para visitar o Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília (DF). O grupo é composto pelas estudantes de Direito da Dom Helder Bárbara Pawelkiewicz e Nathalia Silva Miranda e dos alunos do Ensino Médio Leo Martins, Luana Campos e Mariana Capanema, do Colégio Loyola. Nos dois casos, os estudantes ganham passagens aéreas e diárias de hotel. Além deles, a estudante de Direito Carolinne Ferreira Viana foi sorteada entre os participantes para acompanhar o grupo na viagem à Haia.

A Câmara de Julgamento foi presidida pelo juiz federal Itelmar Raydan Evangelista, da 20ª Vara Cível do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região. O corpo de jurados foi composto por Marina França, Danielle Wanderlei, Bruno Fabricio da Costa, Elisa Resende, Fernanda Andrade, Ana Luiza Cabral, Leandro Ferreira, Fernando Barotti, Adriano Mendonça, Flavio Henrique Rosa e Caio Augusto Souza Lara.

"Parabenizo a escola por esse tipo de atividade, pois transcende o ambiente de sala de aula e desenvolve tanto aspectos pragmáticos, como a investigação sobre fatos relevantes da atualidade. Isso desperta na acadêmico, ainda no começo de sua formação, para a importância de habilidades como pesquisa, oratória, comprometimento e postura. Enriquece o aluno, pois vai se tornar um profissional diferenciado e também a escola", comentou o juiz federal Itelmar Raydan Evangelista.

Equipes finalistas encararam nove jurados no última sessão plenária.Os trabalhos foram iniciados pelo professor Franclim Brito, coordenador do curso de Direito Integral e reitor da Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE), que representa o Centro de Simulação e Intercâmbio (CSI), que coordena a atividade. O reitor da Dom Helder, professor Paulo Umberto Stumpf SJ., proferiu a mensagem inicial aos participantes, jurados e convidados.

Após um período de exposição de argumentos, favoráveis ou contrários ao estabelecimento de muros nas fronteiras, cada equipe finalista convidou uma testemunha para corroborar sua tese. A Costa do Marfim convocou  Abdoul Razack Fassassi, cidadão do Benin e estudante de Economia na UFMG. Abdoul contou sua trajetória de vida, tendo percorrido vários países da África francófona, até estabelecer-se no Brasil para os estudos, além de desenvolver projetos de ensino da língua francesa em comunidades de baixa renda da capital mineira.

Já a Argélia convidou o professor e médico sanitarista Apolo Heringer Lisboa. Nos anos 70, Apolo foi perseguido pelo Regime Militar brasileiro e buscou refúgio no Chile, Argentina e por fim na Argélia. “Por defender ideais de justiça social para os pobres,  fui perseguido num país cristão e quem me acolheu foi justamente um país muçulmano”, comentou. A sessão plenária seguiu com um debate entre as duas equipes.

Após um intervalo para a avaliação do desempenho, o TRI-e voltou com homenagens. Os alunos Liam Antom Corradi, Laura Gripp Rosas, Thaís Teixeira Nunes, Juan Oliveira da Silva,  Thayná Laís da Silva e Bernardo Costa Leal receberam menção honrosa de autoridades acadêmicas e representantes do CSI.

No final da sessão, cada um dos nove jurados proferiu seu voto com as devidas justificativas. A maioria dos convidados pontuou que ambas as equipes poderiam ser consideradas vencedoras pelo esforço demonstrado. Contudo, o  placar ficou em 7x2 a favor da Argélia. O presidente da sessão, o juiz federal Itelmar Raydan Evangelista leu o resultado e conferiu diplomas de primeiro e segundo colocado às equipes finalistas.

O estudante do 2º período de Direito Integral Augusto Sérgio destacou que vencer o TRI-e foi uma realização pessoal. Em 2015, ele assistiu à semifinal do evento e pode nessa edição chegar ao 'título'. "Nós trabalhamos basante, revisando cada ponto. Além disso, fizemos contatos com os governos da Argélia e mesmo da Costa do Marfim para obter mais informações e embasar nossa defesa oral. Ganhar hoje, foi uma das melhores coisas do ano", comemora o estudante.

A aluna do Colégio Santo Agostinho Contagem Laís Bitencourt revelou o segredo para o sucesso no TRI-e: "Nós estudamos e tivemos apoio do colégio e dos alunos da Dom Helder. Treinamos muito e priorizamos dirigir nossas falas para os juízes e evitar ficar tensos na hora", disse a garoto.



Reveja vídeos (gravados ao vivo) dos votos finais para revelar os vencedores do TRI-e:


Redação DomTotal

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas