Esporte Futebol Mineiro

22/10/2017 | domtotal.com

Em momentos diferentes, Cruzeiro e Atlético fazem clássico em Belo Horizonte

Raposa entra em campo em situação confortável. Galo precisa se firmar na temporada.

Fred espera seguir fazendo gols em ex-clubes, embora sua fase seja ruim.
Fred espera seguir fazendo gols em ex-clubes, embora sua fase seja ruim. (Bruno Cantini / Atlético)

Os rivais mineiros vivem situações opostas. A Raposa é a campeã da Copa do Brasil e, mesmo com a vaga garantida, quer seguir entre os primeiros colocados. Já o Galo, vive um ano de decepções e luta para ficar perto do G6 do Brasileirão. Com essas realidades, celestes e alvinegros se enfrentam, na tarde deste domingo, às 17h (de Brasília), no Mineirão.

O Cruzeiro entra em campo em situação confortável. O time celeste está melhor posicionado na tabela e não tem responsabilidade. Além disso, joga diante de seu torcedor, o que facilita a situação segundo o meia Thiago Neves.

"É um clássico. São duas grandes equipes, mas a gente joga na frente do nosso torcedor. Temos que fazer a equipe do Atlético sentir a pressão", destacou.

Para o jogo contra o Galo, uma grande dúvida: no ataque. Antes presença certa, o atacante Rafael Sóbis foi poupado e ficou apenas na academia. Se ele não puder ir para a partida, a vaga ficará com Rafael Marques. Outra opção para a frente é Arrascaeta e deixar o time mais técnico no ataque. No entanto, Mano Menezes ressalta que o uruguaio está longe da equipe há algum tempo, pois, após se recuperar de contusão, foi liberado para servir sua seleção e desfalcou o grupo azul contra Ponte Preta e Grêmio. Certo é o retorno de Alisson ao time. O atacante ficou fora do jogo contra o Coritiba, no meio de semana, para se recuperar fisicamente e está preparado para a partida.

Do outro lado do clássico, o Atlético precisa se firmar na temporada. Um ano recheado de expectativas se transformou em uma temporada crítica, com derrotas em casa e luta para ficar na Libertadores - em algum momento com risco de queda para a série B.

Para o jogo, o técnico Oswaldo Oliveira terá um grande reforço. O zagueiro Leonardo Silva se recuperou de lesão na coxa esquerda e volta ao time. Ele ficou fora dos últimos quatro jogos. O volante Adilson, que estava com desgaste muscular, também entra para o jogo contra o Cruzeiro. A baixa, no entanto, será de Elias. O jogador foi expulso do duelo contra a Chape e não vai para o clássico.

FICHA TÉCNICA

 CRUZEIRO X ATLÉTICO

Local: Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Data: 22 de outubro de 2017, domingo

Hora: 17h00 (de Brasília)

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)

Assistentes: Rodrigo Henrique Correa (RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)

Cruzeiro: Fábio, Ezequiel, Murilo, Manoel, Diogo Barbosa, Hudson, Henrique, Thiago Neves, Alisson, Arrascaeta e Rafael Sóbis.

Técnico: Mano Menezes.

Atlético: Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel, Fábio Santos, Adilson, Roger Bernardo, Cazares (Otero), Robinho, Valdívia e Fred.

Técnico: Oswaldo Oliveira.


Gazeta Esportiva

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas