Esporte Futebol Internacional

14/11/2017 | domtotal.com

Brasil para em retranca inglesa e fica no 0 a 0 no último jogo do ano

O time brasileiro não conseguiu criar grandes chances de gol diante da equipe britânica.

Paulinho e Philippe Coutinho disputam com Livermore no jogo entre Inglaterra e Brasil
Paulinho e Philippe Coutinho disputam com Livermore no jogo entre Inglaterra e Brasil (Pedro Martins/MoWa Press)

A Seleção Brasileira se despediu da temporada 2017 com um empate. No primeiro jogo contra uma equipe europeia desde que Tite assumiu o cargo de técnico, o time canarinho não furou a retranca da Inglaterra e ficou no 0 a 0, na tarde desta terça-feira, no Estádio de Wembley.

Com sua formação considerada ideal, o Brasil dominou as ações ofensivas da partida. No entanto, com uma atuação burocrática, não conseguiu criar grandes chances de gol diante da equipe britânica, que foi a campo com oito desfalques e repleta de jogadores acostumados a servir as seleções de base.

Dando sequência à preparação para a Copa do Mundo, o Brasil tem dois amistosos já confirmados para o ano que vem. Em 23 e 27 de março, a Seleção enfrentará Rússia e Alemanha, em Moscou e Berlim, respectivamente – o Mundial da Rússia será disputado entre os dias 14 de junho e 15 de julho.

O Jogo

Diante do retrancado 3-5-2 inglês, o Brasil começou chutando de longa distância. O lateral direito Daniel Alves e o atacante Neymar foram os primeiros a arriscar, mas mandaram a bola longe do gol de Joe Hart.

A melhor chance do time canarinho no primeiro tempo ocorreu aos 12 minutos, quando Gabriel Jesus recebeu cruzamento de Daniel Alves na área e cabeceou. O goleiro Joe Hart caiu e fez a defesa sem grandes problemas.

Errando muitos passes na frente da área britânica, os comandados de Tite insistiram nos arremates de longe. Sem pontaria, os brasileiros isolaram a bola na maioria das vezes. Aos 45 minutos, Marcelo cruzou e achou Paulinho na marca do pênalti. O volante, porém, testou por cima do gol.

Já os donos da casa só fizeram Alisson trabalhar uma vez na primeira etapa, mas o goleiro brasileiro não teve dificuldades para encaixar a bola.

O panorama continuou o mesmo na etapa complementar. Logo no primeiro lance, a Seleção Brasileira quase abriu o placar, após passe de Neymar, que deixou Philippe Coutinho livre na área. O meia-atacante, contudo, bateu em cima do goleiro Hart.

Na tentativa de transpor o bloqueio inglês, Tite promoveu as entradas de Willian e Roberto Firmino nos lugares do apagado Philippe Coutinho e de Gabriel Jesus, que saiu com dores no joelho direito. Mas foi Fernandinho, que havia substituído Renato Augusto, quem chegou perto do gol, aos 31 minutos, quando bateu de longe, atingindo o pé da trave.

As mudanças não alteraram o rumo da partida e o Brasil continuou com dificuldades em passar pela defesa britânica. A última chance ocorreu aos 39 minutos, quando Paulinho recebeu de Neymar na direita, invadiu a área e bateu cruzado, exigindo grande defesa de Hart. Aos 43, Alisson salvou a Seleção após sair bem do gol e defender com a perna o chute de Lingard, que recebeu livre na área.

FICHA TÉCNICA:
INGLATERRA 0 X 0 BRASIL

Local: estádio Wembley, em Londres (Inglaterra)
Data: 14 de novembro de 2017, terça-feira
Hora: 18 horas (de Brasília)
Árbitro: Artur Soares Dias
Público: 84.595 pessoas
Cartão Amarelo: Livermore (Inglaterra); Daniel Alves (Brasil)
Cartão Vermelho: –
Gol: –

INGLATERRA: Hart; Gomez, Stones e Maguire; Walker, Livermore (Danny Rose), Dier, Bertrand (Ashley Young) e Loftus-Cheek (Lingard); Rashford (Abraham) e Vardy (Solanke)
Técnico: Gareth Southgate

BRASIL: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro; Paulinho, Renato Augusto (Fernandinho), Philippe Coutinho (Willian) e Neymar; Gabriel Jesus (Roberto Firmino)
Técnico: Tite


Gazeta Esportiva

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas