;
Esporte Futebol Mineiro

12/01/2018 | domtotal.com

Cruzeiro já tem R$ 10 milhões para pagar multa ao Atlético

Montante milionário se refere ao valor da transferência do atacante Fred para o clube azul.

De acordo com o distrato assinado por Fred com o Atlético, ele só poderia se transferir para o Cruzeiro, antes de 31 de dezembro de 2018, com o pagamento da multa.
De acordo com o distrato assinado por Fred com o Atlético, ele só poderia se transferir para o Cruzeiro, antes de 31 de dezembro de 2018, com o pagamento da multa. (Divulgação/Cruzeiro)

O dinheiro já está na conta. O Cruzeiro já viabilizou o montante para pagar a multa contratual imposta pelo Atlético na transferência do jogador para a Toca da Raposa II.

A situação ainda vai passar pelo jurídico da Toca da Raposa II. Mas, se caso os advogados do Cruzeiro entendam que, sim, é legal a cláusula "anti-Cruzeiro", a grana já está separada.

A Gazeta Esportiva apurou que o clube conta com um grupo de empresários que doaram o valor. O montante já está guardado. Caso o jurídico entenda que não deverá pagar, a verba será destinada a pagar outras dívidas do clube.

A situação ainda gera muito debate em Belo Horizonte entre os torcedores. A parte azul da cidade acha que a situação é ilegal. Já o grupo preto e branco entende que a diretoria do Atlético foi esperta ao inserir a cláusula evitando o "chapéu".

O Atlético colocou uma cláusula contratual para tentar evitar que o Cruzeiro contratasse o jogador até dezembro de 2018 - data que o vínculo do jogador encerraria com o Galo.

O Galo já previa a situação. Isso porque, ao contrário do que foi falado, os contatos entre Cruzeiro e Fred não começaram no sábado dia 23 de dezembro - dia que Fred assinou com a Raposa. Pelo menos 15 dias antes, um contato já havia sido feito.

Como o Galo antes do término do Campeonato Brasileiro já tinha avisado a Fred que não pretendia seguir com ele no grupo, por causa dos altos salários, as pessoas que cercam o jogador já buscavam outros clubes. Foi quando o Cruzeiro apareceu.

O clube mineiro ofereceu um contrato de três anos e valores parecidos com o que recebia na Cidade do Galo. Com isso, Fred deixou o Atlético, perdoou uma dívida do clube preto e branco com ele e ainda aceitou que a cláusula.

A possibilidade de retorno a Toca da Raposa II animou o jogador. Primeiro por já conhecer o clube e ser querido pelos torcedores - apesar de ter jogado no maior rival. Também por permanecer próximo aos familiares, em Belo Horizonte, e seguir com a esposa na capital mineira, em reta final de gravidez.

Fred já se apresentou na Toca da Raposa II. Ele declarou que o coração pesou no retorno para o Cruzeiro e disse que está "de volta pra casa". A fala contradiz seu comportamento ao chegar ao Atlético em junho de 2016. Na época, Fred se declarou atleticano e enfatizou que "a família inteira é Galo". 


Gazeta Esportiva/DomTotal

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas