;
Brasil Cidades

12/01/2018 | domtotal.com

'Sexta sem carro' fecha ruas do Centro Histórico de São Paulo

Somente ônibus, táxis, veículos escolares e bicicletas poderão circular.

Durante o mês de férias, serão interditadas as vias em duas sextas-feiras do mês.
Durante o mês de férias, serão interditadas as vias em duas sextas-feiras do mês. (Marcell Roncon/ Estadão Conteúdo)

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou que fecha, das 6h às 18h, nesta sexta-feira, 12, algumas vias do Centro Histórico de São Paulo para carros e motos particulares. Somente ônibus, táxis, veículos escolares e bicicletas poderão circular em toda a extensão da Rua Boa Vista, Ladeira Porto Geral, Largo de São Bento, Rua Líbero Badaró, Viaduto do Chá e em trecho da Rua Florêncio de Abreu (entre a Ladeira da Constituição e a Rua Boa Vista).

A ação integra o programa "Sexta sem Carro" da Secretaria de Mobilidade e Transportes (SMT). Em janeiro, a operação ocorre nesta sexta e também no dia 26. Segundo a CET, a iniciativa busca incentivar o debate sobre o uso de veículos na cidade e estimular o uso do transporte coletivo e as pequenas viagens a pé ou de bicicleta.

A primeira vez que a ação aconteceu foi no "Dia Mundial Sem Carro", em 22 de setembro de 2017. A CET colocou faixas na região alertando para os bloqueios.

Rodízio

A Secretaria informou também que o rodízio municipal de veículos será retomado na segunda-feira, 15. Nesse dia o rodízio vale para os veículos com placas final 1 e 2. Segundo a SMT, a volta da restrição é necessária por conta do aumento do fluxo de veículos na cidade e fim das férias escolares.

O rodízio ocorre em dias úteis, nos períodos da manhã, das 7h às 10h, e da tarde, das 17h às 20h. Não há rodízio aos sábados, domingos e feriados.

Bloqueios

- Praça da Sé com Rua Venceslau Brás;

- Praça da Sé com Rua Floriano Peixoto;

- Rua Coronel Xavier de Toledo com Viaduto do Chá;

- Rua Florêncio de Abreu com Ladeira da Constituição.


Agência Estado

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas