;
Esporte Futebol Internacional

13/02/2018 | domtotal.com

Com dois de Gundogan, City goleia Basel e está a um passo das quartas

Time massacrou no jogo de ida das oitavas, confirmando o favoritismo, com um placar de 4 a 0.

O time de Guardiola é tido como um dos que apresentam o melhor futebol no cenário europeu atualmente, ao lado do Paris Saint-Germain.
O time de Guardiola é tido como um dos que apresentam o melhor futebol no cenário europeu atualmente, ao lado do Paris Saint-Germain. (AFP)

O Manchester City está com mais do que um pé nas quartas de final da Liga dos Campeões. Visitando o Basel nesta terça-feira, no estádio St. Jakob Park, na Suíça, os comandados de Pep Guardiola massacraram os rivais no jogo de ida das oitavas, confirmando o favoritismo ao superá-los por nada mais, nada menos que 4 a 0, com direito a dois gols de Ilkay Gundogan, um de Bernardo Silva e outro de Aguero.

Tendo como melhor campanha na Liga dos Campeões uma semifinal na temporada 2015/16, quando foi eliminado pelo campeão Real Madrid, o Manchester City nunca esteve tão esperançoso de, enfim, erguer a "Orelhuda". Líder isolado do Campeonato Inglês com 16 pontos à frente do vice-colocado, o time de Guardiola é tido como um dos que apresentam o melhor futebol no cenário europeu atualmente, ao lado do Paris Saint-Germain.

Somente um verdadeiro desastre tirará o Manchester City das quartas de final da Liga dos Campeões. Precisando apenas segurar os adversários no jogo de volta, marcado para o dia sete de março, em Manchester, os Citizens vivem a expectativa de chegar com força à reta final do torneio pela primeira vez sob o comando de Guardiola, que viu sua equipe cair nas oitavas, para o Monaco, na temporada passada.

O jogo

Logo aos dois minutos de partida o Manchester City quase abriu o placar com Gundogan. O volante alemão recebeu ótimo cruzamento de Bernardo Silva pela direita e cabeceou firme, exigindo boa defesa de Vaclik, que estava esperto no lance. Passado o primeiro susto, o goleiro do Basel não conseguiu repetir a dose doze minutos depois, quando Gundogan, desta vez aproveitando escanteio de De Bruyne, novamente apareceu na área para escorar de cabeça no primeiro pau e estufar as redes.

Mais confortáveis na partida com a vantagem, os jogadores do Manchester City seguiram dominando a posse de bola e, aos 18 minutos, ampliaram o marcador com Bernardo Silva. O jovem português aproveitou o cruzamento de Sterling após passe em profundidade de De Bruyne para dominar de peito nas costas da zaga e bater sem deixar a bola cair no chão, mandando no ângulo de Vaclik.

O show dos comandados de Guardiola não parou por aí. Aos 23 minutos os Citizens se aproximaram ainda mais da classificação com Aguero. O atacante argentino aproveitou a sobra após Fernandinho ser desarmado e, de fora da área, soltou o pé, mandando no canto direito do goleiro rival, que sequer se mexeu para tentar buscar a bola.

Se enganou quem pensou que o Manchester ia voltar para o segundo tempo com o freio de mão puxado. Aos oito minutos, Gundogan, que já havia balançado as redes, recebeu na entrada da área de Aguero e bateu colocado, no ângulo esquerdo do goleiro Vaclik, que se esticou todo, mas não conseguiu alcançar a bola.

Sem mais nada a perder, o Basel decidiu ir ao ataque para tentar, ao menos, marcar seu gol de honra. Desta maneira, a equipe suíça obrigou Ederson a trabalhar aos 22 minutos, quando Oberlin aproveitou o cruzamento da esquerda e cabeceou com perigo, mandando pela linha de fundo. No minuto seguinte, foi a vez de Elyounoussi bater forte e ver o goleiro brasileiro aparecer muito bem novamente para fazer a defesa.

Como resposta, Gundogan quase garantiu seu hat-trick aos 29, quando apareceu dentro da área para completar cruzamento de Aguero. Porém, o bom arremate do volante foi incrivelmente defendido por Vaclik, que mostrou bastante reflexo para se jogar no canto esquerdo, espalmar para a linha de fundo e evitar uma derrota ainda mais elástica dos donos da casa.

FICHA TÉCNICA

BASEL-SUI 0 X 4 MANCHESTER CITY-ING

BASEL
Tomás Vaclík, Marek Suchy, Éder Balanta, Lacroix; Michael Lang, Frei, Serey Die e Riveros; Elyounoussi (Bua), Stocker e Oberlin. Técnico: Raphael Wicky

MANCHESTER CITY
Ederson, Walker, Otamendi, Kompany e Delph; Fernandinho, Gundogan e De Bruyne (David Silva); Sterling (Sané), Bernardo Silva e Aguero (Danilo). Técnico: Pep Guardiola.

Local: Estádio Jakob-Park, Basileia (Suíça)

Data: Terça-feira, 13 de fevereiro

Hora: 17h45 (horário de Brasília)

Árbitro: Jonas Eriksson (SUE)

Assistentes: Mathias Klasenius (SUE) e Daniel Wärnmark (SUE)

Gols: Gundogan, aos 14 do 1ºT e oito do 2ºT, Bernardo Silva, aos 18 do 1ºT e Aguero, aos 23 do 1ºT (City)

Cartões amarelos: Fernandinho (City); Xhaka (Basel)


Gazeta Esportiva

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas