;
ESDHC

22/02/2018 | domtotal.com

Palestra convida alunos a refletir sobre as possibilidades do empreendedorismo

Evento foi promovido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE).

Professora Aline Oliveira, coordenadora do curso de Engenharia Civil, realiza a abertura da palestra.
Professora Aline Oliveira, coordenadora do curso de Engenharia Civil, realiza a abertura da palestra. Foto (Patrícia Azevedo/Dom Total)
Professora Aline Oliveira, coordenadora do curso de Engenharia Civil, realiza a abertura da palestra.
Professora Aline Oliveira, coordenadora do curso de Engenharia Civil, realiza a abertura da palestra. Foto (Patrícia Azevedo/Dom Total)
Professor Fábio Veras ministra palestra para os calouros da EMGE.
Professor Fábio Veras ministra palestra para os calouros da EMGE. Foto (Patrícia Azevedo/Dom Total)
Professor Fábio Veras ministra palestra para os calouros da EMGE.
Professor Fábio Veras ministra palestra para os calouros da EMGE. Foto (Patrícia Azevedo/Dom Total)
Professor Fábio Veras ministra palestra para os calouros da EMGE.
Professor Fábio Veras ministra palestra para os calouros da EMGE. Foto (Patrícia Azevedo/Dom Total)
Professor Fábio Veras ministra palestra para os calouros da EMGE.
Professor Fábio Veras ministra palestra para os calouros da EMGE. Foto (Patrícia Azevedo/Dom Total)
Professor Fábio Veras ministra palestra para os calouros da EMGE.
Professor Fábio Veras ministra palestra para os calouros da EMGE. Foto (Patrícia Azevedo/Dom Total)
Professor Fábio Veras ministra palestra para os calouros da EMGE.
Professor Fábio Veras ministra palestra para os calouros da EMGE. Foto (Patrícia Azevedo/Dom Total)
Professor Fábio Veras ministra palestra para os calouros da EMGE.
Professor Fábio Veras ministra palestra para os calouros da EMGE. Foto (Patrícia Azevedo/Dom Total)
Professor Fábio Veras ministra palestra para os calouros da EMGE.
Professor Fábio Veras ministra palestra para os calouros da EMGE. Foto (Patrícia Azevedo/Dom Total)
Professor Fábio Veras ministra palestra para os calouros da EMGE.
Professor Fábio Veras ministra palestra para os calouros da EMGE. Foto (Patrícia Azevedo/Dom Total)
Professor Fábio Veras ministra palestra para os calouros da EMGE.
Professor Fábio Veras ministra palestra para os calouros da EMGE. Foto (Patrícia Azevedo/Dom Total)
Professor Fábio Veras ministra palestra para os calouros da EMGE.
Professor Fábio Veras ministra palestra para os calouros da EMGE. Foto (Patrícia Azevedo/Dom Total)
Professora Aline Oliveira acompanha os debates.
Professora Aline Oliveira acompanha os debates. Foto (Patrícia Azevedo/Dom Total)

Pessoas comuns fazem coisas extraordinárias. Os calouros da Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE) certamente se recordam dessa frase, que foi apresentada pelo professor Fábio Veras na última segunda-feira (21), durante palestra sobre a inovação no mundo 4.0. Considerado um dos maiores especialistas em inovação e empreendedorismo de Minas Gerais, o professor convidou os alunos a refletir sobre a realização profissional e o futuro da engenharia.

“Tem coisas que só a gente pode fazer. Por mais que vocês tenham escolhido o curso superior, estejam em uma faculdade obcecada por excelência, é preciso dedicação. Viram como o segundo andar está fantástico? Não tem nada parecido em Minas Gerais, é a instituição que mais investe em tecnologia. Vocês fizeram uma ótima escolha, mas ela por si, não vai salvar vocês”, afirmou Veras.

De acordo com o professor, há dois caminhos possíveis: o conformismo e a originalidade. “Fomos criados para o conformismo. Passamos a acreditar que a nossa vida tem o nome de um curso superior e ficamos cegos para o planeta Terra, que hoje está muito além. Esperamos ter um certificado dourado – de médico, engenheiro, advogado – que vai abrir as portas do céu e nos dar emprego, apartamento, viagens. Só que hoje em dia todo mundo tem curso superior”, ponderou.

O próprio sistema de educação, apontou Veras, é voltado para a conformidade. “E mesmo as melhores instituições, que trazem propostas diferenciadas, não conseguem atualizar sua grade na velocidade da tecnologia, definitivamente”, completou.

Empreender

Neste cenário tecnológico e em constante transformação, o empreendedorismo desponta entre as melhores possibilidades. Após uma temporada na Fundação Kauffman, nos Estados Unidos, Fábio Veras mudou seus conceitos sobre o tema e conheceu a frase influenciou definitivamente sua forma de ver o mundo.

“Achava o empreendedorismo algo exagerado, superestimado, fruto daquela ganância americana. Não fui criado para isso. Mas em uma palestra na Fundação, uma das mais brilhantes que já vi, o professor Gary Schoeniger falou sobre a história do empreendedor negro Cleve, relatada no livro ‘Who Owns the Ice House’, e a sua convicção de que pessoas comuns fazem coisas extraordinárias”, contou Veras.

Pessoas como a mineira Mariana Vasconcelos, formada em administração pela Universidade Federal de Itajubá. Com apenas 23 anos, Mariana desenvolveu uma plataforma que ajuda a otimizar o uso de água na agricultura, reduzindo em até 60% o desperdício. O Agrosmart, nome dado ao projeto, venceu 562 finalistas do concurso Call to Innovation 2015. Como prêmio a estudante ganhou uma bolsa de estudos na Singularity University, localizada dentro de uma base da Nasa, a agência espacial norte-americana. “Uma estudante de administração aqui em Minas Gerais, uma pessoa comum, que formulou um projeto capaz de impactar a vida de mais de um bilhão de pessoas”, destacou Veras.

O professor falou também sobre o empreendedor chinês Jack Ma, dono do maior grupo de e-commerce do mundo, o Alibaba, que possui nove subsidiárias: Alibaba.com, Alipay, AliExpress.com, 1688.com, Alibaba Cloud Computing, Taobao Marketplace, Juhuasuan, Tmall, and eTao. “Ele teve uma infância difícil, ofereceu-se para ser guia num hotel em sua cidade para aprender inglês com os turistas. Trabalhou de graça, foi rejeitado 10 vezes como aluno pela Harvard. E hoje possui esse império que vale 30 bilhões”, afirmou.

E os exemplos não pararam por ai: a Warby Parker, que apostou na venda de óculos online, a Zappos, especializada na venda de sapatos, e o Airbnb, que conta hoje com mais de 2 milhões de quartos disponíveis em mais de 191 países, foram outras histórias de sucesso comentadas por Fábio Veras. O professor falou ainda sobre a Indústria 4.0 e a Internet das Coisas (IoT), que estão transformando os projetos de engenharia.

“O mundo se move por pessoas como nós”, reforçou.


Patrícia Azevedo/Redação Dom Total

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!


Instituições Conveniadas