;
Religião

14/03/2018 | domtotal.com

Vaticano despede-se de Hawking: 'Rezamos ao Senhor para que o receba na sua Glória'

Mesmo sendo ateu, Stephen Hawking era membro da Academia Pontifícia das Ciências.

Hawking, que morreu hoje, aos 76 anos, foi recebido por quatro Papas.
Hawking, que morreu hoje, aos 76 anos, foi recebido por quatro Papas. (Vatican Media)

O Vaticano assinalou nesta quarta-feira (14) a morte do físico e investigador britânico Stephen Hawking, falecido aos 76 anos.

Hawking, membro da Academia Pontifícia das Ciências (APC) desde 1986, é recordado pelo portal ‘Vatican News’ como “um dos cientistas mais conhecidos do mundo ao abordar temas como a natureza da gravidade e a origem do universo”.

LEIA TAMBÉM:

O cientista foi recebido ao longo da sua vida por quatro Papas: Paulo VI, em abril de 1975; João Paulo II, em outubro de 1981; Bento XVI, em outubro de 2008; e Francisco, em novembro de 2016.

A APS reagiu à notícia do falecimento através de uma mensagem na rede social Twitter.

“Estamos profundamente entristecidos pela morte do nosso notável académico Stephen Hawking, que foi tão fiel à nossa Academia. Disse aos 4 Papas que encontrou que queria avançar na relação entre Fé e Razão Científica. Rezamos ao Senhor para que o receba na sua Glória”, pode ler-se.

Hawking, físico destacado pelo trabalho na área da relatividade e dos buracos negros se destacou, morreu hoje na sua casa em Cambridge, anunciou a sua família.

O Observatório Astronómico do Vaticano publicou uma mensagem para unir-se ao “luto” da família, manifestando o apreço da instituição “pelo contributo científico” que Stephen Hawking deu “à cosmologia quântica” e agradecendo “a coragem que teve ao enfrentar a doença”.

Apesar de sofrer de esclerose lateral amiotrófica desde os 21 anos, Hawking conseguiu viver mais de 50 anos com esta doença.


Ecclesia

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas