;
Brasil Cidades

22/03/2018 | domtotal.com

Não estou pronto ainda

Não pensei que fossemos dar nesse desfiladeiro barrento e pantanoso.

Não estou pronto ainda para viver numa cidade que é uma tsunami de gente deseducada e de shopping centers.
Não estou pronto ainda para viver numa cidade que é uma tsunami de gente deseducada e de shopping centers. (Reprodução)

Por Ricardo Soares*

Descobri que não estou pronto ainda para me calçar e sair correndo em busca de novas velhas oportunidades. Não estou pronto ainda para rifar minhas utopias nem entregar os pontos muito embora o cansaço assole não só as costas. Não estou pronto para voltar ao ano de 1968 e nem pra brigar de novo por direitos que imaginei conquistados. Está tudo dominado por uma falange do mal mas não estou pronto ainda para entregar-me resignado a essa escória sem a menor empatia com o próximo.

Não estou pronto ainda para viver numa cidade que é uma tsunami de gente deseducada e de shopping centers , uma profusão de acintes à cidadania, de violência gratuita, de falar alto , de consumir e não refletir, de desvalorizar a sabedoria, os professores, a boa música. Um lugar onde se fala de boca cheia de Deus, pátria e família mas que divide os seres humanos em castas.

Não estou pronto ainda pra falar de "coaching" , coaxar com os sapos do liberalismo, acreditar que fora disso tudo não há solução. Não estou pronto para ver méritos em mídia corporativa, linguagem corporativa, estrangeirismos que embalam emoções baratas. Não estou pronto para viagens a Miami e Cancun e nem para habitar "apertamentos" com varandas  gourmet e muito menos para ver moças velhotas de "tailleurzinhos" a desfiar mentiras nas Globo News da vida.  Não estou pronto para invasão militar, evasão de respeito ao próximo , fake news que são distribuídas pela grande mídia como se verdades incontestáveis fossem.

Não vai demorar muito e entro na terceira idade. Não estou pronto ainda para isso e muito menos para envelhecer num país que vai se "colombianizando" e acha que o perigo mora na Venezuela. Não pensei que fossemos dar nesse desfiladeiro barrento e pantanoso, uma república de assassinos e abutres que se alternam em todos os poderes. Não estou pronto ainda para desacreditar de tudo mas diante das evidências , descrente que fui, começo a me apegar cada vez mais no reino dos céus e seguro a mão de São Francisco mesmo achando que não é morrendo que se vive para a vida eterna.

*Ricardo Soares é escritor, diretor de tv, roteirista e jornalista. Publicou 8 livros e dirigiu 12 documentários

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas