;
Esporte Futebol Nacional

15/04/2018 | domtotal.com

Corinthians vence o Fluminense com dois de Rodriguinho

Em jogo duro, Timão somou os três primeiros pontos do Brasileirão.

Meia Rodriguinho foi decisivo na vitória do Timão
Meia Rodriguinho foi decisivo na vitória do Timão (Rodrigo Coca/Agência Corinthians)

Na estreia do Corinthians na edição de 2018 do Campeonato Brasileiro, a festa foi completa na arena em Itaquera. Com dois gols de Rodriguinho, o time venceu o Fluminense por 2 a 1 e somou os três primeiros pontos no torneio. No final do jogo, os atletas permaneceram no gramado e deram a volta olímpica pela conquista do bicampeonato paulista.]

Na semana passada, o título foi assegurado no Allianz Parque, sem a presença da torcida corintiana. A festa fez ainda referência ao título brasileiro do ano passado. Antes da partida o ex-jogador Marcelinho Carioca, campeão brasileiro em 1998 e 1999, entrou no gramado e apresentou a taça do ano passado para a festa da torcida.

O técnico Fábio Carille fez mudanças na equipe e escalou os volantes Ralf e Renê Junior, deixando Maycon e Gabriel no banco de reservas. A principal razão foi o estilo de jogo do rival. Ralf e Renê são mais altos e levam vantagem no jogo aéreo. O treinador corintiano estava preocupado com os cruzamentos do rival, especialmente para Gum e Renato Chaves.

O caminho escolhido pelo Corinthians para chegar ao gol do Fluminense foi o lado direito, com Fagner e Romero. Por ali, o time realizou a costumeira pressão inicial, com vários cruzamentos para a área. O termo "pressão" significou apenas que o time paulista rondava a área do rival e ficava bastante com a bola (63%), mas os lances de perigo foram raros. O time conseguiu apenas duas finalizações de longe na etapa inicial. Bem equilibrado defensivamente, no esquema 5-4-1. o Fluminense ficou devendo na parte ofensiva. A estratégia era claramente segurar pelo menos um ponto. A tática funcionou até o final do primeiro tempo. Mas foi novamente pelo lado direito que o Corinthians conseguiu o gol.

Romero conseguiu driblar o seu marcador e cruzou na cabeça de Rodriguinho, que desviou para o gol. Detalhe: no lance, o corintiano de 1,77m ganhou a disputa com o zagueiro Gum, que tem um 1,89m de altura. Depois de fazer o gol decisivo na semifinal do Campeonato Paulista diante do São Paulo, Rodriguinho voltou a marcar um gol importante de cabeça.

A preocupação de Carille com o jogo aéreo se justificou no início do segundo tempo. O Fluminense saiu para buscar no empate. Fez isso encostando Sornoza nos atacantes. E apostando no jogo aéreo. Após cobrança de lateral de Ayrton, Pedro escorou e Richard encheu o pé na frente de Cássio: 1 a 1.

Mesmo com o empate do rival e as dificuldades para criar jogadas uma falha recorrente do campeão paulista em alguns jogos, a torcida continuou apoiando o time. No embalo de 28 mil corintianos, o time avançou. O jogo melhorou, tornou-se mais dinâmico e veloz.

Carille sentiu o momento ruim da equipe e mudou o time. Trocou Renê Junior por Maycon e colocou Emerson Sheik no lugar de Mateus Vital. O treinador do Corinthians mostrou que tem estrela: o gol da vitória do Corinthians saiu exatamente dos jogadores que saíram do banco reservas. Aos 40 minutos, Maycon tocou para Sheik na linha de fundo. Ele cruzou e Rodriguinho completou, desta vez, com o pé esquerdo, de primeira. Assim, Rodriguinho foi o grande protagonista da primeira festa corintiana do Brasileirão.

Na próxima quarta, o time estará na Argentina, onde enfrentará o Independiente, em Avellaneda, pela terceira rodada do Grupo 7 da Copa Libertadores. O Fluminense só voltará a jogar no domingo, pelo Brasileirão, contra o Cruzeiro, no Maracanã.

FICHA TÉCNICA:

CORINTHIANS 2 x 1 FLUMINENSE

CORINTHIANS - Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Ralf Renê Junior (Maycon), Mateus Vital (Emerson Sheik) e Rodriguinho; Clayson e Romero (Pedrinho). Técnico: Fabio Carille.

FLUMINENSE - Júlio César; Renato Chaves, Gum e Ibañez (Frazan); Gilberto, Richard, Jadson, Ayrton Lucas e Sornoza; Pedro (João Carlos) e Pablo Dyego. Técnico: Abel Braga

GOLS - Rodriguinho, aos 45 minutos do primeiro tempo; Richard, aos três, e Rodriguinho, aos 40 minutos do segundo tempo

ÁRBITRO - Anderson Daronco (RS)

RENDA - R$ 1.372.018,07.

PÚBLICO - 28.777.

LOCAL - Arena Corinthians, em São Paulo.


Agência Estado

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas