;
Mundo

21/04/2018 | domtotal.com

Mosca varejeira sopra bolhas de saliva para se resfriar, diz estudo

Embora o suor e a respiração ofegante sejam um método eficaz de resfriamento para mamíferos e aves, a evaporação da superfície do corpo é mais difícil para os insetos.

As moscas sopraram mais bolhas à medida que a temperatura do ar aumentava, mas menos em ambientes úmido.
As moscas sopraram mais bolhas à medida que a temperatura do ar aumentava, mas menos em ambientes úmido.
Foto da Universidade de São Paulo mostra uma mosca soprando um bolha de saliva para ajudar a baixar sua temperatura corporal.
Foto da Universidade de São Paulo mostra uma mosca soprando um bolha de saliva para ajudar a baixar sua temperatura corporal. Foto (University of Sao Paulo/AFP)

Os humanos suam, os cães ofegam, os gatos se lambem. Os animais adotaram uma gama interessante de técnicas para regular a temperatura corporal por meio da evaporação.

Já a mosca varejeira sopra bolhas com seu suco gástrico pela boca, e então os suga de volta, revelaram cientistas na quinta-feira (19).

"À medida que o fluido se move para fora, ocorre a evaporação, o que diminui a temperatura do fluido. A mosca então move a gotícula resfriada para dentro, o que diminui sua temperatura corporal", explicou Denis Andrade, da Universidade Estadual Paulista (Unesp), coautor de um estudo publicado na revista científica Nature Scientific Reports.

Ele disse à AFP que esse comportamento chamado "bubbling" parece ser "um meio muito eficaz para as moscas varejeiras promoverem o resfriamento evaporativo e, portanto, diminuírem sua temperatura corporal".

O sopro de bolhas de saliva da mosca já foi observado antes, mas sua função permanecia um mistério até agora.

Andrade e uma equipe usaram uma câmera termográfica, que capta a radiação infravermelha emitida por conta do calor, para procurar mudanças de temperatura no corpo da mosca durante o "comportamento bubbling".

Eles observaram que a bolha colorida avermelhada esfriou rapidamente, "para até oito graus Celsius abaixo da temperatura ambiente, em cerca de 15 segundos", escreveram os pesquisadores.

"As moscas varejeiras então voltam a ingerir a gotícula resfriada, o que reduz a temperatura da cabeça, tórax e abdômen em 1,0º C, 0,5º C e 0,2º C, respectivamente" - e mais após movimento repetidos.

As moscas sopraram mais bolhas à medida que a temperatura do ar aumentava, mas menos em ambientes úmidos, onde a umidade do ar dificulta a evaporação, observou a equipe.

As observações servem como "provas convincentes" de que o sopro de bolhas é usado, pelo menos em parte, para regular a temperatura corporal, disse Andrade. Outras funções podem incluir a digestão.

Embora o suor e a respiração ofegante sejam um método eficaz de resfriamento para mamíferos e aves, a evaporação da superfície do corpo é mais difícil para os insetos, devido aos seus esqueletos externos duros cobertos de cera.

Outros insetos podem usar o mesmo método que a mosca varejeira, sugeriu a equipe, mas apenas aqueles que são capazes de soprar uma bolha grande o suficiente em relação ao tamanho do corpo.

Um vídeo do comportamento "bubbling" da mosca pode ser visto em: 


AFP

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas