;
Esporte Copa 2018

22/06/2018 | domtotal.com

Suíça busca virada sobre a Sérvia e deixa Brasil na liderança de grupo


Com a vitória, Suíça precisa apenas de uma empate para seguir na Copa
Com a vitória, Suíça precisa apenas de uma empate para seguir na Copa (Reuters)

Abandonando de vez a fama de retranqueira, a Suíça foi para o ataque nesta sexta-feira e conquistou suada vitória de virada sobre a Sérvia, por 2 a 1, em Kaliningrado. O resultado deixou embolado o Grupo E, com chances de classificação para as duas equipes e também para a seleção brasileira, que segue na primeira colocação.

Como aconteceu na estreia, contra o Brasil, a Suíça saiu atrás no placar. A Sérvia abriu o placar aos 4 minutos de um primeiro tempo marcado por certa cautela e poucas chances de gol. Mas, na etapa final, a Suíça foi para cima, deixou a retranca para trás e buscou o empate e a virada, com um gol heroico de Shaqiri aos 44 minutos.

O resultado manteve o Brasil na primeira colocação da chave, com os mesmos quatro pontos da Suíça, mas com saldo de gols superior. A Sérvia caiu para o terceiro lugar, com três. E a Costa Rica, ainda sem pontuar, já está eliminada. No embalo grupo, o Brasil só precisa de um empate na rodada final para assegurar vaga nas oitavas de final.

Os classificados da chave serão conhecidos na próxima quarta-feira. O Brasil vai duelar com a Sérvia, de olho também na primeira colocação do grupo, no Spartak Stadium, em Moscou. A Suíça enfrentará a Costa Rica em Nizhny Novgorod. Ambos os jogos serão disputados às 15 horas (horário de Brasília).

O JOGO - Enquanto a Suíça entrou em campo nesta sexta com a mesma escalação que empatou com o Brasil na estreia, a Sérvia reforçou seu meio-campo com a entrada de Kostic. A mudança tinha uma meta clara: evitar os avanços da Suíça pela direita, os mesmos que assustaram a defesa brasileira no domingo passado.

Mas a preocupação dos sérvios com a defesa foi rapidamente ofuscada pelo seu próprio ataque. Logo aos 4 minutos, Tadic avançou pela direita, cruzou com precisão e Mitrovic cabeceou para as redes. Foi o 13º gol do atacante nos últimos 15 jogos.

O gol precoce acelerou e abriu rapidamente o jogo, uma vez que os suíços ficaram ainda mais pressionados, agora em busca da virada - um empate já não serviria para o time dos Alpes. A resposta, então, veio com um chute rasteiro de Dzemaili, aos 9, rente à trave esquerda do goleiro Stojkovic.

A Sérvia, porém, não abdicou de atacar após abrir vantagem. O lateral-direito Ivanovic (ex-Chelsea) era uma das principais armas ofensivas da equipe, quase sempre buscando Mitrovic na área. Aos 18, o atacante acertou bela bicicleta, para fora, a partir do passe do lateral.

E, logo, a Suíça já provava do próprio veneno, diante da boa defesa da Sérvia. Shaqiri, que levou perigo contra o Brasil, estava bem marcado justamente por Kostic. A melhor opção, então, era Dzemaili, responsável por duas boas chances suíças.

Diante da falta de maior perigo do ataque rival, a Sérvia passou a buscar mais o ataque nos minutos finais da etapa inicial. Tosic, de cabeça, aos 43, e Tadic, aos 45, desperdiçaram oportunidades claras de gol.

O segundo tempo começou com a Sérvia no ataque, mantendo o ritmo do fim da etapa inicial. Mas foi a Suíça quem balançou as redes. Aos 7, a defesa sérvia permitiu a sobra pela esquerda e Xhaka chegou enchendo o pé. A bola estufou as redes e deixou tudo igual no placar.

Mais confiante, o time suíço partiu para o ataque e quase virou o marcador cinco minutos depois. Shaqiri acertou belo chute da direita e carimbou o travessão. Mais cautelosa, a Sérvia também teve chance para empatar. Mas o árbitro não assinalou pênalti claro sobre Mitrovic, aos 22 minutos.

Sem se assustar, a Suíça partiu para cima e deixou a retranca de lado. Diante de uma Sérvia um tanto perdida, diante da postura mais ofensiva do rival, os suíços encontraram brechas nos dois lados do ataque e o gol acabou saindo aos 44 minutos do segundo tempo. quando Shaqiri disparou pelo meio, conteve o marcador e bateu na saída do goleiro Stojkovic, cravando a virada suíça em Kaliningrado.

FICHA TÉCNICA:

SÉRVIA 1 x 2 SUÍÇA

SÉRVIA - Stojkovic; Ivanovic, Milenkovic, Tosic e Kolarov; Matic Tadic, Kostic (Ljajic), Milinkovic-Savic e Milivojevic (Radonjic); Mitrovic. Técnico: Mladen Krstajic.

SUÍÇA - Yann Sommer; Lichtsteiner, Schär, Akanji e Ricardo Rodriguez; Behrami, Xhaka, Dzemaili (Embolo), Shaqiri e Zuber (Drmic); Seferovic (Gavranovic). Técnico: Vladimir Petkovic.

GOLS - Mitrovic, aos 4 minutos do primeiro tempo. Xhaka, aos 7, e Shaqiri, aos 44 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Milinkovic-Savic, Milivojevic, Matic, Mitrovic, Shaqiri.

ÁRBITRO - Felix Brych (Fifa/Alemanha).

RENDA - Não disponível.

PÚBLICO - 33.167 pagantes.

LOCAL - Arena Kaliningrado, em Kaliningrado (Rússia).


Agência Estado

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas