;
ESDHC

10/08/2018 | domtotal.com

TRI-e promove aulão sobre tema da edição 2018

Atividade foi realizada na tarde desta quinta-feira (9) no auditório da Instituição.

Professores da Dom Helder conversam com os alunos sobre o Tribunal Internacional Estudantil
Professores da Dom Helder conversam com os alunos sobre o Tribunal Internacional Estudantil Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
Entrada dos alunos no auditório da Dom Helder
Entrada dos alunos no auditório da Dom Helder Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
Entrada dos alunos no auditório da Dom Helder
Entrada dos alunos no auditório da Dom Helder Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
Professores da Dom Helder e estudantes durante evento promovido pelo TRI-e
Professores da Dom Helder e estudantes durante evento promovido pelo TRI-e Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
Integrante do CSI e professora da Dom Helder, Camila Martins, recepciona os alunos.
Integrante do CSI e professora da Dom Helder, Camila Martins, recepciona os alunos. Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
Integrante do CSI e professora da Dom Helder, Camila Martins, recepciona os alunos.
Integrante do CSI e professora da Dom Helder, Camila Martins, recepciona os alunos. Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
Alunos que participam do projeto puderam entender mais sobre o tema do TRI-e deste ano.
Alunos que participam do projeto puderam entender mais sobre o tema do TRI-e deste ano. Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
Alunos que participam do projeto puderam entender mais sobre o tema do TRI-e deste ano.
Alunos que participam do projeto puderam entender mais sobre o tema do TRI-e deste ano. Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
Alunos participantes do CSI apresentam o DomLabs aos alunos.
Alunos participantes do CSI apresentam o DomLabs aos alunos. Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
Alunos participantes do CSI apresentam o DomLabs aos alunos.
Alunos participantes do CSI apresentam o DomLabs aos alunos. Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
Alunos que participam do projeto puderam entender mais sobre o tema do TRI-e deste ano.
Alunos que participam do projeto puderam entender mais sobre o tema do TRI-e deste ano. Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
Alunos que participam do projeto puderam entender mais sobre o tema do TRI-e deste ano.
Alunos que participam do projeto puderam entender mais sobre o tema do TRI-e deste ano. Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
Alunos que participam do projeto puderam entender mais sobre o tema do TRI-e deste ano.
Alunos que participam do projeto puderam entender mais sobre o tema do TRI-e deste ano. Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
O professor André de Paiva Toledo falou com os alunos sobre Direito Internacional de forma genérica.
O professor André de Paiva Toledo falou com os alunos sobre Direito Internacional de forma genérica. Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
O professor André de Paiva Toledo falou com os alunos sobre Direito Internacional de forma genérica.
O professor André de Paiva Toledo falou com os alunos sobre Direito Internacional de forma genérica. Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
O professor André de Paiva Toledo falou com os alunos sobre Direito Internacional de forma genérica.
O professor André de Paiva Toledo falou com os alunos sobre Direito Internacional de forma genérica. Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
Alunos que participam do projeto puderam entender mais sobre o tema do TRI-e deste ano.
Alunos que participam do projeto puderam entender mais sobre o tema do TRI-e deste ano. Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
Alunos que participam do projeto puderam entender mais sobre o tema do TRI-e deste ano.
Alunos que participam do projeto puderam entender mais sobre o tema do TRI-e deste ano. Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
Alunos que participam do projeto puderam entender mais sobre o tema do TRI-e deste ano.
Alunos que participam do projeto puderam entender mais sobre o tema do TRI-e deste ano. Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
Alunos que participam do projeto puderam entender mais sobre o tema do TRI-e deste ano.
Alunos que participam do projeto puderam entender mais sobre o tema do TRI-e deste ano. Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
Alunos que participam do projeto puderam entender mais sobre o tema do TRI-e deste ano.
Alunos que participam do projeto puderam entender mais sobre o tema do TRI-e deste ano. Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
O professor Pedro Gustavo Gomes Andrade falou sobre desarmamento.
O professor Pedro Gustavo Gomes Andrade falou sobre desarmamento. Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
O professor Pedro Gustavo Gomes Andrade falou sobre desarmamento.
O professor Pedro Gustavo Gomes Andrade falou sobre desarmamento. Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
O professor Pedro Gustavo Gomes Andrade falou sobre desarmamento.
O professor Pedro Gustavo Gomes Andrade falou sobre desarmamento. Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
O professor Pedro Gustavo Gomes Andrade falou sobre desarmamento.
O professor Pedro Gustavo Gomes Andrade falou sobre desarmamento. Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
Professora Camila realiza o sorteio de Kits aos alunos.
Professora Camila realiza o sorteio de Kits aos alunos. Foto (Patrícia Almada / DomTotal)
Kits sorteados durante o evento
Kits sorteados durante o evento Foto (Patrícia Almada / DomTotal)

Estudantes de Direito da Dom Helder e do ensino médio de Belo Horizonte se reuniram na tarde desta quinta-feira (9), no auditório da Instituição, para um ‘aulão’ sobre os temas do Tribunal Internacional Estudantil 2018 (TRI-e). Os professores André de Paiva Toledo e Pedro Gustavo Gomes Andrade falaram sobre Direito Internacional e desarmamento, núcleo central dos debates deste ano.

Com o tema “O direito do Estado de se armar face ao princípio da paz universal”, os alunos terão que responder ao seguinte questionamento: os estados detentores de armas nucleares são obrigados a se desarmarem independentemente de serem signatários das convenções internacionais que regulamentam o tema?

A abertura da atividade foi feita pela integrante do Centro de Simulação e Intercâmbio (CSI) e professora da Instituição, Camila Martins, que destacou os anos de sucesso do projeto. “O TRI-e está no quinto ano. É sucesso desde o início e agora em 2018 se consagra como um evento sólido. É claro que é um tribunal simulado. Porém, contribui para a formação dos nossos alunos e alunos de ensino médio também”.

Direito Internacional

O professor André de Paiva Toledo, entusiasta do TRI-e e que assume o papel de juiz nas apresentações finais, conversou com os alunos sobre temas relevantes do Direito Internacional. Conceituou a disciplina e explicou aspectos importantes para o trabalho dos grupos.

“O que é o Direito Internacional? Dogmaticamente o Direito Internacional é um conjunto de normas e associações consideradas jurídicas que colocam limites às ações individuais de determinados sujeitos que compõem uma sociedade internacional”, disse.

Desarmamento

Já o professor Pedro Gustavo Gomes Andrade explicou aos participantes o tema da edição deste ano. Ele falou sobre desarmamento, como os países se comportam frente a este desarmamento e como o Direito Internacional pode ajudar a criar normas sobre o assunto.

“O estado não pode ser obrigado a nada no Direito Internacional se não tiver uma norma que o desobrigue a desarmar. Porém, existem regras onde se pode controlar e obrigar os estados a se desarmarem. A primeira delas é relativa ao orçamento militar; a segunda é proibir os estados de comercializar armas; a terceira seria o controle no Direito Internacional para se proibir o tráfego de armas leves; a quarta seria coibir o armamento nuclear e a quinta é relativo às armas químicas e biológicas”, conta.

Além disso, o professor elogiou o Tribunal: “O TRI-e é uma iniciativa sensacional e única no Brasil. A questão de a equipe ganhadora ir ao Tribunal de Haia é incrível”.

Após as palestras dos professores houve sorteio de kits do CSI entre os alunos.

Dom Labs

Outra iniciativa de sucesso apresentada durante o aulão do TRI-e é o StartupDOM, idealizada pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE) e a Dom Helder. O projeto é aberto a toda comunidade acadêmica.

As quatro equipes vencedoras vão receber R$ 10 mil em prêmios e vão participar de uma feira de tecnologia em São Paulo.

 TRI-e

Criado em 2014, pela coordenação do Direito Integral, e tendo como patrono Juiz da Corte Internacional de Justiça, o Professor Doutor Antônio Augusto Cançado Trindade, o Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e) simula uma Corte Internacional visando à resolução de questões de extrema controvérsia no seio do Direito Internacional.

As equipes contam com composições mistas, contando com dois discentes da Escola Superior Dom Helder Câmara, matriculados até o quinto período, e três estudantes de instituições de Ensino Médio, especialmente convidadas. Os participantes atuam como delegados de algum país, definido por sorteio, devendo atuar com pertinência à posição política do mesmo.

O TRI-e tem como objetivo inteirar a comunidade acadêmica de temas de suma relevância, incentivando a pesquisa, estudo e debate, mormente no que toca à crimes contra a humanidade, contra o Estado Democrático de Direito, Direitos e Garantias de Minorias, violações de Direitos Humanos, conflitos entre os povos e agressões ao meio ambiente, dentre outras questões análogas.


Patrícia Almada / DomTotal

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas