;
ESDHC

16/08/2018 | domtotal.com

Pesquisadores destacam a importância dos debates sobre Direitos Humanos

Seminário Nacional teve início nesta quinta-feira (16), na Dom Helder.

Pesquisadores destacam a importância dos debates sobre Direitos Humanos.
Pesquisadores destacam a importância dos debates sobre Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Giuseppe Tosi (UFPB), Franclim Sobral de Brito, Anacélia Santos Rocha, Francisco Haas, Cácia Stumpf, Alexandre Bernardino Costa (UnB), Talita Troian, Lucas Magno, Lucas Kannoa Vieira, João Batista Moreira Pinto e Jose Luiz Quadros de Magalhães.
Giuseppe Tosi (UFPB), Franclim Sobral de Brito, Anacélia Santos Rocha, Francisco Haas, Cácia Stumpf, Alexandre Bernardino Costa (UnB), Talita Troian, Lucas Magno, Lucas Kannoa Vieira, João Batista Moreira Pinto e Jose Luiz Quadros de Magalhães. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Giuseppe Tosi (UFPB), Beatriz Souza Costa, Francisco Haas, José Luiz Quadros de Magalhães, Anacélia Santos Rocha, João Batista Moreira Pinto, Cácia Stumpf, Alexandre Bernardino Costa (UnB), Franclim Sobral de Brito e Paulo Stumpf, SJ.
Giuseppe Tosi (UFPB), Beatriz Souza Costa, Francisco Haas, José Luiz Quadros de Magalhães, Anacélia Santos Rocha, João Batista Moreira Pinto, Cácia Stumpf, Alexandre Bernardino Costa (UnB), Franclim Sobral de Brito e Paulo Stumpf, SJ. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Prof. José Luiz Quadros de Magalhães participou da fundação da Dom Helder e foi docente da instituição.
Prof. José Luiz Quadros de Magalhães participou da fundação da Dom Helder e foi docente da instituição. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Pesquisadores destacam a importância dos debates sobre Direitos Humanos.
Pesquisadores destacam a importância dos debates sobre Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Professor João Batista Moreira Pinto, coordenador geral do evento, durante o painel 'Os Direitos Humanos como um projeto de sociedade'.
Professor João Batista Moreira Pinto, coordenador geral do evento, durante o painel 'Os Direitos Humanos como um projeto de sociedade'. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Prof. Sébastien Kiwonghi Bizawu durante o painel 'Do processo sócio-histórico dos direitos humanos à institucionalização internacional e às lutas e resistências'
Prof. Sébastien Kiwonghi Bizawu durante o painel 'Do processo sócio-histórico dos direitos humanos à institucionalização internacional e às lutas e resistências' Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Prof. Msc. Lucas Augusto Tomé Kannoa Vieira (UNIPTAN) durante o painel 'Do processo sócio-histórico dos direitos humanos à institucionalização internacional e às lutas e resistências'
Prof. Msc. Lucas Augusto Tomé Kannoa Vieira (UNIPTAN) durante o painel 'Do processo sócio-histórico dos direitos humanos à institucionalização internacional e às lutas e resistências' Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Prof. Dr. Robson Sávio Reis Souza (PUC Minas) durante o painel 'Do processo sócio-histórico dos direitos humanos à institucionalização internacional e às lutas e resistências'
Prof. Dr. Robson Sávio Reis Souza (PUC Minas) durante o painel 'Do processo sócio-histórico dos direitos humanos à institucionalização internacional e às lutas e resistências' Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Prof.ª Msc. Maria Emília da Silva (Instituto DH) durante o painel 'Do processo sócio-histórico dos direitos humanos à institucionalização internacional e às lutas e resistências'.
Prof.ª Msc. Maria Emília da Silva (Instituto DH) durante o painel 'Do processo sócio-histórico dos direitos humanos à institucionalização internacional e às lutas e resistências'. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Francisco Haas, pró-reitor de Extensão, Cácia Stumpf, pró-reitora de Administração, e Anacélia Santos Rocha, pró-reitora de Ensino.
Francisco Haas, pró-reitor de Extensão, Cácia Stumpf, pró-reitora de Administração, e Anacélia Santos Rocha, pró-reitora de Ensino. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Cácia Stumpf, pró-reitora de Administração, e Thalita Troian, advogada da Dom Helder.
Cácia Stumpf, pró-reitora de Administração, e Thalita Troian, advogada da Dom Helder. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
José Luiz Quadros de Magalhães, Beatriz Souza Costa,  João Batista Moreira Pinto, Anacélia Santos Rocha, Franclim Sobral de Brito, Giuseppe Tosi, Francisco Haas  e Alexandre Bernardino Costa (UnB)
José Luiz Quadros de Magalhães, Beatriz Souza Costa, João Batista Moreira Pinto, Anacélia Santos Rocha, Franclim Sobral de Brito, Giuseppe Tosi, Francisco Haas e Alexandre Bernardino Costa (UnB) Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
"O conteúdo relativo aos Direitos Humanos deve configurar, sobretudo, atitudes e ações, comportamentos sociais, pessoais e institucionais", declarou o reitor, Prof. Dr. Paulo Umberto Stumpf, SJ. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Prof. Dr. Giuseppe Tosi (UFPB) fez a doação de livros para a biblioteca da Dom Helder.
Prof. Dr. Giuseppe Tosi (UFPB) fez a doação de livros para a biblioteca da Dom Helder. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Prof. Dr. Paulo Umberto Stumpf, SJ, reitor da Dom Helder e o Prof. Dr. Giuseppe Tosi (UFPB).
Prof. Dr. Paulo Umberto Stumpf, SJ, reitor da Dom Helder e o Prof. Dr. Giuseppe Tosi (UFPB). Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Prof. Dr. Giuseppe Tosi (UFPB) fez a doação de livros para a biblioteca da Dom Helder.
Prof. Dr. Giuseppe Tosi (UFPB) fez a doação de livros para a biblioteca da Dom Helder. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
"O conteúdo relativo aos Direitos Humanos deve configurar, sobretudo, atitudes e ações, comportamentos sociais, pessoais e institucionais", declarou o reitor, Prof. Dr. Paulo Umberto Stumpf, SJ. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Prof. Caio Augusto Souza Lara coordenou o painel ´: Do processo sócio-histórico dos direitos humanos à institucionalização internacional e às lutas e resistências na e pela sociedade civil´.
Prof. Caio Augusto Souza Lara coordenou o painel ´: Do processo sócio-histórico dos direitos humanos à institucionalização internacional e às lutas e resistências na e pela sociedade civil´. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos.
Objetivo do seminário é abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções de Direitos Humanos. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)

A Escola Superior Dom Helder Câmara (ESDHC) abriu, na manhã desta quinta-feira (16), o II Seminário Nacional Direitos Humanos como Projeto de Sociedade. O evento prosseguirá até a noite de sexta-feira (17), com a participação de autoridades de renome nacional. “Vivemos tempos difíceis na realidade dos Direitos Humanos no Brasil. Objetivo do seminário é exatamente abrir um espaço de discussão frente às diferentes concepções e também destacar a amplitude da temática em um momento de reducionismos, de visões estrategicamente equivocadas, que evidenciam interesses e perspectivas vinculadas a poderes não interessados na questão dos Direitos Humanos”, afirmou o professor João Batista Moreira Pinto, coordenador geral do evento, na solenidade de abertura.

📸 Clique na foto acima e veja  a galeria completa!

De acordo com o professor, a realização do evento é um indicativo inicial de resistência, e também de avaliação, de aprofundamento e de construção de novas estratégias na luta pelos Direitos Humanos. “Temos aqui um grande desafio. Os Direitos Humanos são uma utopia que exige um esforço continuado para ser efetivada. Nesse sentido, o seminário deseja permitir que os participantes compreendam e pensem novas formas de atuação frente a essa realidade, de forma a contribuir com o objetivo maior: que todos tenham acesso a todos os direitos”, ressaltou João Batista.

O professor Paulo Stumpf, reitor da Dom Helder, também discursou na solenidade de abertura, lembrando que o seminário integra o projeto pedagógico da Escola, abrangendo três dimensões: o reconhecimento, a tolerância/indignação e a valorização/ação. “O conteúdo relativo aos Direitos Humanos deve configurar, sobretudo, atitudes e ações, comportamentos sociais, pessoais e institucionais. Não basta apenas um conhecimento das normas, das legislações e convenções, é preciso em primeiro lugar desenvolver atitudes em coerência com este conteúdo”, afirmou Paulo Stumpf.

Tendo em vista a metodologia aplicada, a Dom Helder optou por não ter uma disciplina específica para Direitos Humanos na grade curricular, e sim abordá-lo como uma dimensão que deve perpassar todas as disciplinas e atividades. “Os Direitos Humanos não devem ser algo anexo, isolado, compartimentado. (...) Não basta apenas tolerar, porque a tolerância é como uma abstenção de agir frente a essa diversidade. É preciso também uma ação positiva, de defesa, de valorização, de reconhecimento dessa diversidade, desse pluralismo que enriquece nossa sociedade e faz parte da natureza humana”, defendeu Stumpf.

O reitor citou ainda algumas das iniciativas da Dom Helder voltadas especificamente para a promoção dos Direitos Humanos, como o apoio prestado a refugiados e imigrantes, o trabalho realizado pelo Núcleo de Prática Jurídica (NPJ), os grupos de pesquisas voltados à temática, como o AFRODOM, além de seminários, congressos e debates extraclasse.

Em seguida, o professor Franclim Brito, reitor da Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE), lembrou as ameaças que os Direitos Humanos sofrem atualmente, como a defesa do monoculturalismo e da extrema militarização, a letalidade policial alarmante, o feminicídio e o aumento no uso de agrotóxicos, entre outras. “São enormes retrocessos. Esse seminário se insere não como uma necessidade em nosso tempo, mas como uma urgência. São muitos os desafios e os trabalhos que vocês terão nesses dias. Acredito que, para pensar uma cartografia social dos Direitos Humanos, é necessário pensar uma nova cultura, um pluralismo saudável à democracia”, apontou Franclim.

A solenidade de abertura contou ainda com falas das professoras Anacélia Santos Rocha, pró-reitora de Ensino, e Beatriz Costa, pró-reitora de Pesquisa, que agradeceram o empenho dos professores, alunos e funcionários na realização do evento e desejaram pelo êxito aos trabalhos.

Painéis

O seminário contou com dois painéis na manhã desta quinta-feira (16). O primeiro deles abordou o tema ‘Os Direitos Humanos como um projeto de sociedade’, com palestras dos professores José Luiz Quadros de Magalhães, que participou da fundação da Dom Helder e foi docente da instituição, e do professor João Batista Moreira Pinto. A mediadora foi a professora, Mariza Rios, também da Dom Helder.

O segundo painel discutiu o processo sócio-histórico dos Direitos Humanos, a institucionalização internacional e as lutas e resistências empreendidas pela sociedade civil. Participaram os professores Lucas Augusto Tomé Kannoa Vieira, mestre em Direito pela Dom Helder e professor da UNIPTAN, Sébastien Kiwonghi Bizawu, pró-reitor de Pós-Graduação da Dom Helder, Robson Sávio Reis Souza, da PUC Minas, e Maria Emília da Silva, coordenadora no Instituto DH. Os debates foram coordenados pela professora Valdênia Geralda de Carvalho, da Dom Helder.


Patrícia Azevedo/Redação Dom Total

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!


Instituições Conveniadas