;
Meio Ambiente

11/10/2018 | domtotal.com

Pamela Anderson enjaulada para denunciar o sofrimento animal

'Viver trancado em uma jaula só é possível por alguns minutos por dia, mas estes animais vivem assim a vida toda. É desumano'.

A atriz Pamela Anderson e o bailarino francês Maxime Dereymez durante um protesto contra os maus-tratos aos animais.
A atriz Pamela Anderson e o bailarino francês Maxime Dereymez durante um protesto contra os maus-tratos aos animais. (AFP)

A atriz americana Pamela Anderson e o político ecologista francês Yannick Jadot foram trancados de maneira simbólica em uma jaula em Paris para denunciar os maus-tratos impostos aos animais criados em granjas.

"Vivo na França há pouco tempo, mas a defesa dos animais me afeta onde quer que esteja", disse a americana.

"Viver trancado em uma jaula só é possível por alguns minutos por dia, mas estes animais vivem assim a vida toda. É desumano. Não compreendo como os humanos podem ser tão cruéis", completou.

A atriz exibiu um cartaz com a frase "mais de 300 milhões de animais são criados em jaulas a cada ano na Europa".

"Precisamos de um milhão de assinaturas em um ano em sete Estados membros para acabar com o sofrimento animal" afirmou Léopoldine Charbonneaux, diretora da iniciativa CIWF (em inglês, Compaixão no Mundo das Fazendas).

Mais de 130 ONGs, incluindo a Fundação Brigitte Bardot e a Sociedade Protetora dos Animais, apoiam a campanha, que se conseguir as assinaturas necessárias será debatida pela Comissão Europeia.


AFP

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas