;
Esporte Futebol Nacional

19/11/2018 | domtotal.com

Grêmio vence a Chapecoense em Porto Alegre e se mantém no G4


Na noite deste domingo, o Grêmio conseguiu uma importante vitória para se manter no G4 do Campeonato Brasileiro. Jogando em casa, na Arena, pela 35ª rodada da competição, a equipe de Renato Gaúcho não teve dificuldades para dominar e vencer a Chapecoense por 2 a 0, com gols de Everton e Cícero.

Com o resultado, o Tricolor Gaúcho segue dono da quarta colocação com os mesmos 62 pontos do São Paulo, que venceu o Cruzeiro e continua em quinto por conta do número de vitórias (17 a 16 para os gaúchos). A Chape, por sua vez, estaciona nos 37 pontos, cai para o 18º lugar e fica em situação complicada na zona de rebaixamento.

O Grêmio volta aos gramados pela competição nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), quando faz confronto da parte de cima da tabela com o Flamengo, no Maracanã. No dia seguinte, ás 19 horas (de Brasília), o Verdão do Oeste recebe o Sport na Arena Condá em duelo direto contra o rebaixamento.

Chape dá sopa para o azar e sai em desvantagem

Sem Paulo Miranda e Maicon contundidos, Renato Gaúcho optou por colocar Marcelo Oliveira na zaga e Cícero no meio-de-campo. Por opção do treinador, Jael e Ramiro, titulares no empate contra o São Paulo, foram para o banco de reservas, dando espaço para as entradas de Alisson, na ponta direita, e André no comando de ataque.

Com Alisson e Everton abertos nas extremidades do gramado, os mandantes buscaram criar suas jogadas aproveitando as dobradinhas pelo setor, já que os laterais Bruno Cortez, na esquerda, e Léo Moura, na direita, passavam constantemente. A Chape, com dificuldades para brecar o ímpeto gremista, abusava das faltas pelo lado do campo.

Em uma dessas faltas, o Grêmio contou com sua força na bola aérea para abrir o placar. Alisson cobrou infração na medida para Cícero subir mais alto que o zagueiro Douglas e cabecear para o fundo das redes, sem chances de defesa para Jandrei. Menos de um minuto depois, o garoto Jean Pyerre acertou belo chute e marcou, mas o bandeira viu impedimento e o árbitro anulou o tento de forma correta.

Mesmo com o gol, os gremistas, confortáveis na partida diante de uma Chape que pouco agrediu ofensivamente, seguiram no ataque, criando ao menos duas boas oportunidades para ampliar antes do intervalo. Na principal delas, Jean Pyerre, que fazia boa partida na armação dos donos da casa, arriscou de fora da área, mas a bola passou rente à trave.

Grêmio segue melhor, amplia e garante vitória

Querendo deixar Porto Alegre ao menos com um empate, a Chape voltou com outra postura do intervalo e equilibrava a posse de bola, estatística que foi toda do Grêmio no primeiro tempo. Os comandados de Claudinei Oliveira, entretanto, sofriam para construir boas jogadas, e só assustaram Paulo Victor na individualidade de Wellington Paulista. O atacante recebeu bola na entrada da área, girou e bateu, obrigando o goleiro a fazer boa intervenção.

Mesmo com o ímpeto ofensivo dos vistantes, o Tricolor Gaúcho se mantinha superior, mas não conseguia penetrar na área rival para ter uma oportunidade clara de gol. Assim, os chutes de média e longa distância se tornaram a principal arma do time de Renato Gaúcho. Jean Pyerre, Alisson e Everton tentaram, porém, pararam em Jandrei.

Depois de tanto insistir, o Grêmio chegou ao segundo gol através de boa jogada do 'garçom' Jael. Minutos após sair do banco para entrar na vaga do apagado André, o centroavante deu bela enfiada para Everton. O camisa 11 teve frieza, tocou de cobertura na saída do arqueiro e ampliou a vantagem gremista na Arena.

Na reta final, a Chape teve a chance de ao menos diminuir com Bruno Silva. O atacante acertou belo chute de fora da área e carimbou a trave, para tristeza dos catarinenses e alegria dos gaúchos, que garantiram importante triunfo na busca por uma vaga direta na Fase de Grupos da Copa Libertadores de 2019.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 2X0 CHAPECOENSE

GRÊMIO: Paulo Victor, Léo Moura, Geromel, Marcelo Oliveira e Cortez; Cicero, Michel, Jean Pyerre (Douglas) e Alisson; Everton (Marinho) e André (Jael).

Técnico: Renato Gaúcho

CHAPECOENSE: Jandrei, Eduardo, Fabrício Bruno, Douglas e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Elicarlos (Bruno Silva) e Canteros (Barreto); Doffo (Capixaba), Wellington Paulista e Leandro Pereira.

Técnico: Claudinei Oliveira

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS

Data: 18 de novembro(domingo)

Horário: 19h(de Brasília)

Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)

Assistentes: Daniel Luís Marques (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

Cartões amarelos: Marcelo Oliveira e André (Grêmio). Canteros e Bruno Pacheco (Chapecoense)

Público total: 14.982 pessoas

Renda: R$ 380.708,00

Gols:

GRÊMIO: Cícero aos 24 minutos do 1ºT e Everton aos 29 minutos do 2ºT.


Gazeta Esportiva

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas