;
Mundo

12/12/2018 | domtotal.com

Merkel diz que Governo Bolsonaro tornará mais difícil acordo entre UE e Mercosul

O acordo deve acontecer muito rapidamente, pois, do contrário, não será tão fácil alcançá-lo com o novo governo do Brasil.

'O tempo para um acordo entre a UE e Mercosul está se esgotando'
'O tempo para um acordo entre a UE e Mercosul está se esgotando' (Axel Schmidt/Reuters)

A chanceler alemã Angela Merkel disse nesta quarta-feira (12) que o tempo está se esgotando para alcançar um acordo comercial entre a União Europeia (UE) e o Mercosul. Para ela, o governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro, pode não facilitar as negociações. A reação dela foi em resposta a uma pergunta de um deputado durante uma sessão do Bundestag (Parlamento alemão).

"O tempo para um acordo entre a UE e Mercosul está se esgotando. O acordo deve acontecer muito rapidamente, pois, do contrário, não será tão fácil alcançá-lo com o novo governo do Brasil", disse Angela Merkel.

A equipe do futuro governo manifestou em algumas ocasiões que prefere negociações bilaterais, em vez de uma negociação que envolva blocos, como o Mercosul. Em novembro, Bolsonaro disse estar aberto a negociar. "Não é um 'não' em definitivo, nós vamos é negociar", disse o presidente eleito.

Durante a Cúpula dos Líderes do G20, em Buenos Aires, o presidente da França, Emmanuel Macron, condicionou os avanços do acordo UE-Mercosul à permanência do Brasil no Acordo Climático de Paris.

Há mais de duas décadas as negociações entre a UE e o Mercosul se arrastam. Há divergências envolvendo a indústria automobilística dos dois países e a circulação de produtos como carne bovina.


Agência Brasil

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas