Brasil Política

17/01/2019 | domtotal.com

Governador do Mato Grosso vai declarar estado de calamidade financeira

Mauro Mendes se reuniu com o ministro Paulo Guedes, para quem pediu a liberação do Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX).

A calamidade, contudo, ainda deve ser aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado.
A calamidade, contudo, ainda deve ser aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado. (Gcom - MT)

BRASÍLIA - O governador do Estado do Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), afirmou nesta quarta-feira que declarará amanhã estado de calamidade financeira após se reunir com o ministro da Economia, Paulo Guedes, para quem pediu a liberação do Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX), que ajudaria em 500 milhões de reais as contas do Estado.

"Amanhã nós estaremos, definitivamente, decretando estado de calamidade financeira das finanças no âmbito do governo do Estado", disse.

A calamidade, contudo, ainda deve ser aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado. O Mato Grosso é o maior produtor de milho e soja do Brasil.

Guedes não sinalizou prontamente com a liberação de recursos, afinal, estes não constam no Orçamento aprovado para 2019.

"Nós estamos tomando medidas para também melhorar a performance da receita, tributando o agronegócio através de fundos, criando mecanismos para que possamos diminuir despesas e aumentar receitas, mas precisamos sobreviver", completou Mendes.

Para ele, os recursos do FEX seriam um "canudinho" para que o Estado não morra afogado financeiramente.



Reuters

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas