Religião

18/01/2019 | domtotal.com

Museu israelense irá retirar escultura de palhaço do McDonald's crucificado

Os líderes da comunidade cristã apresentaram uma ação na Justiça de Haifa pedindo que a obra fosse retirada.

A ministra da Cultura, Miri Regev, também pediu a retirada da obra.
A ministra da Cultura, Miri Regev, também pediu a retirada da obra. Foto (AFP)
Um homem judeu passa pelo restaurante de fast food Kosher do McDonald's no centro da parte ocidental de Jerusalém em 5 de junho de 2015
Um homem judeu passa pelo restaurante de fast food Kosher do McDonald's no centro da parte ocidental de Jerusalém em 5 de junho de 2015 Foto (AFP/Arquivos)

A Prefeitura de Haifa irá retirar de uma exposição uma escultura que representa o palhaço da cadeia de fast-food McDonald's crucificado como Cristo, obra que indignou os cristãos, informou a municipalidade desta cidade do norte de Israel.

A obra intitulada "McJesus" será retirada o quanto antes do museu de arte, onde está exposta desde agosto em uma exposição que questiona a religião e o consumismo, declarou a prefeita de Haifa, Einat Kalisch Rotem.

"McJesus", do finlandês Jani Leinon, chocou os cristãos, que organizaram uma manifestação em frente ao museu em 11 de janeiro, durante a qual três policiais ficaram feridos.

Os líderes da comunidade cristã apresentaram uma ação na Justiça de Haifa pedindo que a obra fosse retirada.

A ministra da Cultura, Miri Regev, também pediu a retirada da obra.

"Lamentamos o sofrimento moral sentido pela comunidade cristã de Haifa, assim como as feridas físicas e a violência consecutiva", disse a ministra.

Wadie Abou Nassar, um porta-voz das Igrejas da Terra Santa, disse que a exposição não era apropriada para Israel e que era uma "ofensa" para os árabes e cristãos.

Entre 130.000 e 140.000 cristãos, integrantes da minoria árabe, vivem em Israel, segundo Nassar.

"Israel usa abertamente exposições de arte como esta e a cultura em geral como uma forma de propaganda para justificar o regime de ocupação, colonização e apartheid contra o povo palestino", declarou Nassar em um comunicado enviado à AFP.


AFP

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas