Brasil Política

18/01/2019 | domtotal.com

Transição na Previdência será maior que 12 anos, mas menor que 20 anos

Segundo uma segunda fonte que participa das discussões sobre a proposta, a economia em 10 anos com o texto deve ficar por volta de 1 trilhão de reais.

Originalmente, a proposta de Temer mirava um benefício fiscal de cerca de 800 bilhões de reais em uma década.
Originalmente, a proposta de Temer mirava um benefício fiscal de cerca de 800 bilhões de reais em uma década. (Fábio Rodrigues Pozzebom/ABr)

Por Marcela Ayres

BRASÍLIA - A proposta de reforma da Previdência do governo terá um tempo de transição maior que 12 anos, mas inferior aos 20 anos do texto enviado ao Congresso Nacional pelo ex-presidente Michel Temer, afirmou uma fonte a par das discussões nesta quinta-feira.

Os ministros da Economia, Paulo Guedes, e da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, estiveram com o presidente Jair Bolsonaro analisando os cenários para a Previdência e o tema da transição foi tratado no encontro.

A indicação, com isso, é que reforma será mais dura que a proposta pela administração anterior, buscando com isso um efeito fiscal mais forte.

Segundo uma segunda fonte que participa das discussões sobre a proposta, a economia em 10 anos com o texto deve ficar por volta de 1 trilhão de reais.

Originalmente, a proposta de Temer mirava um benefício fiscal de cerca de 800 bilhões de reais em uma década. Na última versão do texto após negociação com parlamentares, a economia em uma década caiu a 480 bilhões de reais.

Bolsonaro e Guedes participarão do Fórum Econômico Mundial, que acontece entre os dias 22 e 25 de janeiro em Davos, na Suíça. A ideia é que ambos usem a viagem para discutir o tema, para o presidente bater o martelo sobre a reforma na volta.


Reuters

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas