Esporte Futebol Nacional

18/01/2019 | domtotal.com

Corinthians terá de repassar 30% do que receber por Marquinhos Gabriel


O contrato entre Cruzeiro e Marquinhos Gabriel deve ser formalizado nessa sexta-feira ou, no máximo, no sábado. O jogador chegou ao Brasil na noite dessa quinta e agora se encaminhará a Belo Horizonte para acertar os últimos detalhes.

Conforme antecipou a Gazeta Esportiva, a negociação foi costurada da seguinte forma: O Corinthians, que tem vínculo ainda em vigência com o meia de 28 anos até maio de 2020, rescindirá 'amigavelmente' e manterá 40% de seus direitos econômicos.

A Raposa ficará com os outros 60% e assumirá o salário do jogador, que no clube do Parque São Jorge girava em torno de R$ 315 mil por mês.

Ao se referir sobre o desfecho das tratativas, Itair Machado, vice-presidente do Cruzeiro, comentou uma divisão diferente das porcentagens. "O Cruzeiro ficará com 60% dos direitos do jogador. O restante será dividido entre Al-Nasr, com 12%, e o Corinthians com 28%", afirmou o dirigente, à Espn.

Itair Machado acabou criando uma confusão entre times árabes. O Al-Nasr, na verdade, é o time de Dubai que Marquinhos Gabriel defendeu nos últimos meses, por empréstimo. Quem terá participação nos direitos do jogador a partir de agora será o Al-Nassr, da Arábia Saudita, justamente o clube negociou Marquinhos com o Corinthians em 2016, por R$ 13 milhões.

Sobre os números, o cartola cruzeirense apenas simplificou a conta. No acordo entre Corinthians e mineiros, a divisão é exatamente 60%/40%. Ou seja, no caso hipotético de Marquinhos Gabriel ser vendido por R$ 100,00, o Timão teria direito a R$ 40,00.

Há, porém, uma segunda parte da negociação, que não envolve a Raposa. O Corinthians se comprometeu a repassar 30% de tudo que receber ao Al-Nassr, no caso de uma venda de Marquinhos Gabriel nos próximos três anos.

Usando os mesmos números como exemplo, o Corinthians teria de repassar R$ 12,00 e ficaria com R$ 28,00 dos R$ 40,00 recebidos.

Antes de acertar com o atual campeão da Copa do Brasil, Marquinhos Gabriel recusou propostas de Athletico, Grêmio, Fluminense, além de clubes da China, dos Emirados e do México.


Gazeta Esportiva

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas