Brasil Cidades

17/02/2019 | domtotal.com

Em duas semanas, número de casos de dengue mais que dobra em SP

O aumento expressivo decorre da expansão da doença nas regiões norte e noroeste do estado, que já vivem situação de epidemia de dengue.

Boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde confirma 12.834 casos autóctones, em que os pacientes se contaminaram no próprio estado.
Boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde confirma 12.834 casos autóctones, em que os pacientes se contaminaram no próprio estado. (Agência Pará)

O número de casos de dengue confirmados mais do que dobrou no estado de São Paulo nas duas últimas semanas, em relação a todo mês de janeiro. Boletim divulgado nessa sexta-feira, 15, pela Secretaria de Estado da Saúde confirma 12.834 casos autóctones, em que os pacientes se contaminaram no próprio estado. No dia 31 de janeiro, o estado somava 4.595 casos confirmados.

O aumento expressivo decorre da expansão da doença nas regiões norte e noroeste do estado, que já vivem situação de epidemia de dengue. O número também cresceu porque muitos casos notificados em janeiro só foram confirmados este mês.

Com 875 novos casos confirmados pela Secretaria Municipal de Saúde, o município de Bauru, no interior de São Paulo, passou a liderar o ranking da dengue no estado. Em situação de emergência em razão da epidemia, a cidade totaliza 2.423 casos autóctones.

Bauru passou à frente de Andradina, que totaliza 2.083 casos, segundo a prefeitura. A cidade de Franca, com 2.016 casos, aparece em terceiro lugar, seguida por São José do Rio Preto, com 1.252, conforme os números mais atuais.

Entre os municípios de menor porte, a maior concentração de dengue está em São Joaquim da Barra, com 460 casos confirmados, seguida por Ipuã, com 396. As cidades de Palestina (331 casos), Pereira Barreto (238) e Castilho (219) também estão com níveis elevados de incidência.

Pelo menos 12 mortes suspeitas de terem sido causadas pelo vírus da dengue estão em investigação no estado. Nas regiões norte e noroeste, há grande circulação do vírus do sorotipo 2, que produz sintomas mais graves, quando são infectadas pessoas que já tiveram dengue de outro tipo.


Agência Estado

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas