Mundo

19/02/2019 | domtotal.com

Bernie Sanders anuncia que irá concorrer à Presidência dos EUA em 2020

'Nossa campanha é sobre criar um governo e uma economia que funcionem para a maioria e não só para uma minoria'.

Sanders tem sido um crítico de Trump e, em seu e-mail, chama o republicano de
Sanders tem sido um crítico de Trump e, em seu e-mail, chama o republicano de "o presidente mais perigoso na história moderna norte-americana." (Yuri Gripas / Reuters)

Por John Whitesides e James Oliphant

WASHINGTON - O senador norte-americano Bernie Sanders, o populista progressista que desafiou Hillary Clinton na campanha para a Casa Branca em 2016, anunciou que buscará novamente a indicação do Partido Democrata à Presidência em 2020.

Sanders, de 77 anos, anunciou sua candidatura em resposta a e-mails de apoiadores, comprometendo-se a construir um vasto movimento de base para confrontar os interesses particulares que, segundo ele, dominam o governo e a política.

"Nossa campanha é sobre criar um governo e uma economia que funcionem para a maioria e não só para uma minoria", disse Sanders no e-mail ao pedir 1 milhão de assinaturas para iniciar o processo.

Em 2016, o senador do Vermont lançou sua candidatura contra Hillary como uma chance remota, mas acabou por angariar 23 indicações estaduais e pressionar o partido para a esquerda, o que gerou tensão entre seu establishment e as alas liberais que ainda não se retraíram por completo.

Desta vez, Sanders figura entre os favoritos nas apostas para candidatos em 2020, mas enfrenta uma concorrência ampla, composta por outros progressistas liberais com ideias semelhantes às que trouxe ao partido. Isso pode dificultar a repetição do mesmo nível de apoio que recebeu há quatro anos.

Ele também deve enfrentar questionamentos sobre sua idade e sua relevância em um partido que avança gradativamente em termos de diversidade e novas vozes, o que inclui mulheres e minorias --parcelas que Sanders teve dificuldade para alcançar em 2016.

As primárias e caucus que definem a indicação de cada partido têm início em fevereiro de 2020, em Iowa, e é provável que o vencedor pelos democratas enfrente o presidente Donald Trump, um republicano, nas eleições gerais em Novembro.

Sanders tem sido um crítico de Trump e, em seu e-mail, chama o republicano de "o presidente mais perigoso na história moderna norte-americana."

"Estamos concorrendo contra um presidente que é um mentiroso patológico, uma fraude, um racista, sexista, xenofóbico e alguém que ameaça a democracia norte-americana ao nos governar com um direcionamento autoritário", disse Sanders.


Reuters

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas