Esporte Futebol Internacional

03/03/2019 | domtotal.com

Liverpool empata com Everton e perde a liderança para o Manchester City


Com o resultado, o Liverpool caiu para a segunda colocação, ficando com 70 pontos, um a menos que o time de Pep Guardiola
Com o resultado, o Liverpool caiu para a segunda colocação, ficando com 70 pontos, um a menos que o time de Pep Guardiola (Oli Scarff / AFP)

Em jogo importante na briga pelo título do Campeonato Inglês, o Liverpool ficou em um empate sem gols contra o Everton jogando no Goodison Park neste domingo e deixou a ponta da tabela. O clássico da cidade homônima aos Reds ganhou ainda mais importância nesta rodada pelo crescimento do Manchester City, que assumiu a liderança do campeonato após vencer o Bournemouth neste sábado.

Com o resultado, o Liverpool caiu para a segunda colocação, ficando com 70 pontos, um a menos que o time de Pep Guardiola. Na próxima rodada, a equipe comandada por Jürgen Klopp receberá o Burnley, no domingo que vem, às 9h. Já o Everton permaneceu na décima posição com 37 pontos. O time treinado por Marco Silva visita o Newcastle na próxima rodada, no sábado, ao meio-dia.

O jogo

Mesmo que separados por mais de 30 pontos na tabela, os dois rivais mostraram logo de cara as credenciais de um jogo muito disputado, com faltas fortes e constantes disputas pela bola. A primeira oportunidade real de gol no jogo veio dos pés de Salah, que na entrada da área dominou, fintou a marcação e chutou para a defesa de Pickford.

Logo na sequência, o egípcio teve nova chance de abrir o placar, dessa vez ainda mais perigosa. O camisa 11 foi lançado nas costas da zaga pelo lateral-direito Alexander-Arnold e, de cara a cara com Pickford, finalizou cruzado de esquerda para ótima defesa do goleiro rival. Ao final dos 45 minutos iniciais, o Liverpool terminou com quatro finalizações, enquanto o Everton teve apenas uma, em chute despretensioso de Walcott.

Apesar da inoperância no primeiro tempo, foi o time mandante que começou levando perigo na etapa complementar. Em cobrança de escanteio da direita, Gueye subiu mais do que a zaga dos Reds e cabeceou à meia altura no canto esquerdo, obrigando Alisson a saltar e fazer bela defesa. Logo na sequência, foi o Liverpool que teve a chance, novamente com Salah. O atacante ficou de frente para Pickford após bela jogada e lançamento de Pickford, porém demorou para chutar e foi desarmado por Michael Keane.

No segundo tempo, Richarlison e Roberto Firmino saíram do banco de reservas para trazer mais poder de fogo às suas equipes. O primeiro não começou como titular por opção técnica, já o segundo não tinha condições de jogar por 90 minutos, já que acabou de se recuperar de lesão. Mas foi outro brasileiro que teve uma chance clara de fazer o gol: após cruzamento pra dentro da área, Van Dijk ajeitou para Fabinho, que na pequena área dominou na coxa e, assim como Salah, demorou demais para finalizar e acabou travado por Digne. Foi a última oportunidade perigosa da partida.


Gazeta Esportiva

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas