Esporte Futebol Internacional

13/03/2019 | domtotal.com

City faz 7 a 0 no Schalke, vai às quartas e se firma como um dos favoritos


O atacante argentino Sergio Aguero marcou dois gols na goleada do Manchester City sobre o Schalke 04
O atacante argentino Sergio Aguero marcou dois gols na goleada do Manchester City sobre o Schalke 04 (AFP)

O Manchester City garantiu sua classificação para as quartas de final da Liga dos Campeões com uma contundente vitória de 7 a 0 diante do alemão Schalke 04, com uma brilhante atuação do artilheiro Sergio Agüero, nesta terça-feira no Etihad Stadium.

Já com um pé nas quartas depois de vencer por 3 a 2 no jogo de ida em Gelsenkirchen, os ingleses abriram a contagem com dois do atacante argentino (35, de pênalti e 38). Depois vieram os gols do alemão Leroy Sané (42), Raheem Sterling (56), do português Bernardo Silva (71), do jovem Phil Foden (78) e, fechando o massacre, o brasileiro Gabriel Jesus (84).

Além de 'Kun', outro grande protagonista do duelo foi Leroy Sané, que marcou um gol diante de sua ex-equipe e teve outro anulado pelo VAR. Além disso, deu três assistências.

O jogo confirmou o que já havia sido visto na ida, durante a qual os ingleses, muito superiores, conseguiram a vitória apesar de jogar boa parte do segundo tempo com um menos um devido à expulsão de Nicolás Otamendi.

A equipe de Pep Guardiola teve a posse de bola e a partir daí construiu seu jogo e criou chances diante de um rival que parecia derrotado já antes da partida começar.

Agüero (autor de cinco dos sete chutes a gol dos Citizens no primeiro tempo) teve a primeira chance do jogo, com um desvio que foi parar na trave, aos 13 minutos.

O Manchester City abriu o placar com um gol de pênalti marcado depois que Bruma derrubou Bernardo Silva na área após um cruzamento de Gündogan. Na cobrança, Sergio Agüero deu uma cavadinha e enganou Ralf Fährmann.

Dois de 'Kun' Agüero

O gol abriu a porteira e desestabilizou o Schalke, que no momento é o 14º colocado na Bundesliga e luta para não cair. Aos 38, Sterling recebeu na ponta-direita e deu um toque de calcanhar para o argentino, que chutou entre as pernas do goleiro. O gol foi confirmado pelo assistente de vídeo (VAR).

Agüero, que aos 18 do segundo tempo foi substituído por Gabriel Jesus, soma cinco gols nesta temporada na Champions e segue aumentando sua marca como maior artilheiro da história do City.

Antes do intervalo o time inglês ainda fez o terceiro, por meio de Sané, ex-jogador do Schalke. Zinchenko deu um passe milimétrico para o alemão, que invadiu a área pela esquerda e chutou cruzado, por debaixo de Färhmann (42).

O segundo tempo foi jogado quase em ritmo de treino pelo atual líder do campeonato inglês. Sterling conseguiu marcar o quarto após um passe de Sané (56). O assistente assinalou impedimento mas o VAR corrigiu.

Sané voltou a dar uma assistência, desta vez ao português Bernardo Silva que chutou no canto direito (71).

O alemão brilhou mais uma vez ao fazer uma bela jogada e tocar para o jovem Foden estufar as redes (78). E fechando a goleada, Gabriel Jesus (84) recebeu um passe de Bernardo Silva na entrada da área e chutou no canto esquerdo.

O massacre confirma o status do Manchester City como um dos favoritos ao título com o qual sonha há anos.


AFP

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas